Escola de Redes

Comentários de Sisi

Caixa de Recados (11 comentários)

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Às 19:29 em 8 abril 2010, Miguel Isoni Filho disse...
Caro Amigo,

Acabo de enviar um convite para se tornar seu amigo.
Contamos com sua participação na pesquisa que estamos desenvolvendo sobre Gestão de Comunidades Mediadas pela Internet – Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Abraços,
Às 11:17 em 3 janeiro 2010, Rafael Dias Moreira Pais disse...
Sisi, acabei de me formar no ensino médio no ano de 2009 pelo Colégio Pedro II. Procuro sempre buscar valorizar o tão comumente subestimado ponto de vista do aluno, inclusive através de projeto que gostaria compartilhar. Tenho interesse tanto em aprender conceitos que são novos para mim relativos à redes, como o de capital social, quanto em aprofundar uma discussão acerca da educação.
Gostaria de saber se, daqui pra frente, tu continuarás a utilizar o site da escola de redes como plataforma para aprendizagem do primeiro tema e se utilizarás outra ferramenta na web, afim de concentrar esforços na construção de uma prática diferenciada de educação.
Abraços, aguardo resposta
Às 8:46 em 23 dezembro 2009, Sisi disse...
Que pena,
acredito que vou decidir excluir o grupo então.
Este não é o momento adequado para eu levar um proposta dessas adiante sozinha.
Um grupo dentro desta rede separa o assunto sem isolar as pessoas de outras já alinhadas com a idéia.
Confesso que estou me sentindo meio expulsa rsrsr, como se aqui não fosse um espaço democrático, sinto-me como uma aluna que infringiu as regras. Devo ter interpretado mal todos os materiais que li sobre sugestões de ações aqui dentro. Tive a impressão de que este grupo seria de grande utilidade no processo de conscientização e localização de ações de sucesso no sentido "a escola é a rede". E também que todas as iniciativas ligadas a isso de alguma maneira fossem bem vindas.

Certamente que preciso reler TUDO para tentar compreender melhor.
Prometo retornar assim que terminar a lição, e desta vez vou submeter a idéia para sua aprovação antes de me expor ao ridículo da censura mais uma vez. rsrsrs

Abraços,
sucesso e
Boas Festas!
Às 6:09 em 23 dezembro 2009, Augusto de Franco disse...
Acho que o melhor, Sisi, seria criar um novo Ning ou criar um grupo em uma plataforma interativa já existente alinhada com os seus objetivos e dos demais que se interessaram pelo tema que você propôs. Não tenho certeza se é possível migrar um grupo em uma plataforma Ning para outra. De qualquer modo você sempre pode criar uma nova e enviar mensagem a todos os que se conectaram ao grupo para que passem para lá. E pode também copiar e colar os conteúdos que já aportou aqui. Como é pouca coisa, não dará tanto trabalho. Abraços.
Às 18:26 em 22 dezembro 2009, Sisi disse...
Augusto?
Às 9:49 em 21 dezembro 2009, Sisi disse...
Certo Augusto, ninguém melhor do que você para perceber o que melhor se encaixa no contexto da rede que criou. Parti da premissa que o assunto primeiros passos aliado ao conceito "aprender a aprender" e a realidade atual em salas de aula pudesse despertar interesse em alguns personagens de minha lista de contatos, ligados a Educação.

Desta maneira, trazendo a todos um primeiro contato com "A escola é a rede", seus objetivos, propostas e soluções.

Mas certamente que sua visão do todo pode indicar uma solução mais adequada.
Qual sua sugestão? Existe uma maneira de "migrar" o que já foi criado aqui, incluindo membros e demais? Devo apagar/excluir o grupo que criei? Até porque nem faz muito sentido criar mais um grupo só sobre escola e ações em salas de aula FORA do "A escola é a rede". Eles já existem as centenas por ações do próprio MEC, Microsoft ou Revista Nova Escola. Seguem uma linha de raciocínio bem alinhada entre eles.

Também por este motivo me incomodou a idéia de criar este grupo dentro de uma iniciativa da Vivo. Apesar de acreditar no enorme valor de todas as ações providas por estes grandes grupos, incentivar pessoas a conhecê-los, aprender e usufruir dos recursos que oferecem, senti que algo mais intimista pudesse desinibir os envolvidos.

Aguardo sua orientação.
Abraços
Às 5:31 em 21 dezembro 2009, Augusto de Franco disse...
Mais uma vez Sisi: dê uma olhada nas Orientações para a abertura de Grupos.
Às 15:13 em 20 dezembro 2009, Augusto de Franco disse...
A Rede Vivo Educação não cria nenhum vínculo com a marca Vivo, Sisi. É uma iniciativa da Vivo da qual podem participar quaisquer pessoas. Mas foi apenas um exemplo. Existem vários outras plataformas virtuais na Internet dedicadas a animar e articular redes para discutir e promover ações de educação. Esta (E=R) com certeza, não é. A menos que queiramos tratar do tema do ponto de vista das redes (o que não é exatamente a mesma coisa do que uso de computador). Quem sabe você não deva abrir uma rede aqui no Ning para discutir o assunto do grupo que você inaugurou. Pense nisso.

Esta é uma rede para quem quer estudar, investigar, vivenciar e compartilhar conhecimentos e experiências sobre redes sociais (não propriamente sobre o uso de computadores, muito menos na escola ou em sala de aula). Se você ainda não leu, é bom dar uma espiada no texto Sobre a constituição da Escola-de-Redes e veja se é isso mesmo que você procura. Abraços.
Às 19:15 em 19 dezembro 2009, Sisi disse...
Meu objetivo neste grupo é perceber a realidade atual nas escolas, entender como os processos aconteceram e replicar as soluções e caminhos nos locais ainda sem desenvoltura tanto na proposta "Aprender a Aprender" quanto na utilização de computadores e internet neste processo.
Às 18:26 em 19 dezembro 2009, Sisi disse...
Olá Augusto,
obrigada pela indicação.
Pensei em abrir um novo grupo por vários motivos, entre eles: ter menos distração inicialmente, a fim de focar em soluções práticas e rápidas, não criar um possível vínculo com a marca Vivo e principalmente manter os assuntos voltados para a estrutura atual na grande maioria das escolas de minha região =
1) a grande maioria não possui computadores
2) os poucos existentes não estão conectados
3) os professores mal sabem ler emails
4) os gestores tb tem grandes dificuldades em computadores, internet e mais ainda em abrir possibilidades para mudar este cenário

Como vê, aprender a aprender é urgente em todos os níveis da educação.
Estou ministrando aulas de 5a a 8a série e quero muito descobrir como quebrar estas barreiras, pois mesmo como uma profissional da área de TI sequer consegui chegar perto dos pcs na escola.

Sinto que este assunto é bem específico e muito direcionado. Temo que as pessoas se percam num grupo maior e com tantos outros focos. O que você acha?
Às 15:12 em 19 dezembro 2009, Augusto de Franco disse...
Oi Sisi, bem-vinda à Escola-de-Redes. Talvez o grupo que você abriu caiba melhor em outra rede aqui do Ning, da qual também participo e ajudo a animar: a Rede Vivo Educação. A menos que você esteja pensando em tratar do assunto do ponto de vista das redes sociais (mas mesmo assim, coisas diretamente ligadas a educação, cabem melhor lá). Este é um convite para que você também entre na Rede Vivo Educação.

© 2021   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço