Escola de Redes

Comentários de Haroldo Vilhena

Caixa de Recados (13 comentários)

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Às 1:37 em 31 agosto 2010, Egeu Laus disse...

Às 4:19 em 26 maio 2010, Ederval araujo Xavier disse...
Sim Haroldo vamos nos tornar amigos.
Às 14:55 em 8 abril 2010, Miguel Isoni Filho disse...
Caro Amigo,

Acabo de enviar um convite para se tornar seu amigo.
Contamos com sua participação na pesquisa que estamos desenvolvendo sobre Gestão de Comunidades Mediadas pela Internet pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Abraços,
Às 19:22 em 3 janeiro 2010, Vera Maria dos Santos Moreira disse...
Oi Haroldo
Gostei do chapeuzinho de Papai Noel. Tenho lido o Bert Hellinger e estou adorando.
Bom Ano Novo pra você!
Vera
Às 20:08 em 2 outubro 2009, Vera Maria dos Santos Moreira disse...
Oi Haroldo
Falei com a Luciana. Ela está aqui no Rio promovendo um documentário que fez sobre violência urbana- Entre a Luz e a Sombra- mas vai mandar um link para aquele outro sobre economia solidária.
Isso mesmo, faça o grupo pul-sar. Isso é vida
Bjk
Vera
Às 17:30 em 6 setembro 2009, Vivianne Amaral disse...
Olá, Haroldo, transcrevo aqui a resposta ao teu comentário no meu blog. Abraços

Haroldo, vejo que há muitas visões de redes, muitas teorias sobre redes. O importante é que, seja qual for a que adote, ela tenha sentido para vc e seja coerente com tua trajetória. Pelo que tenho encontrado no mundo real das redes, não teórico, a comunicação distribuída é tendência; a auto-organização está em potência, pois depende de certas condições; a horizontalidade nas relações é um emergente que resulta do acontecimento simultâneo de diversas característas nas interações humanas: autonomia, co-responsabilidade, pertença,cooperação, consciência da interdependência, cooperação, acolhimento. Quando conseguimos criar um ambiente de comunicação com estas características estamos realmente numa relação de aprendizagem e interação distribuída, todos-todos. Mas como tudo é dinâmico, esta situação também é instável: qualquer movimento na malha da rede pode criar um ponto de verticalização, um novo agrupamento, uma nova configuração, desarmando aquilo que parecia estar num ponto ótimo.
Às 8:10 em 5 setembro 2009, Cida Medeiros disse...
Olá,
obrigada pelo convite. Adorei sua página e as informações. Vou digerir aos poucos e gosto de falar sobre tudo o que você está mencionando aqui.
Vi que você é o mestre em IT, e no momento estou tentando aprender a lidar com o NodeXL http://www.codeplex.com/NodeXL. Se você tiver umas dicas de como usar eu agradeço, pois estou achando este treco 'da Nasa' hahahaha. Abraço. Cida
Às 9:30 em 24 julho 2009, Clara Pelaez Alvarez disse...
Haroldo, obrigada!
Às 18:20 em 19 julho 2009, Claudio Estevam Próspero disse...
Haroldo.

Parabéns pelo grupo criado, que acabo de divulgar por e-mail. Já estou participando do grupo.

---------- Forwarded message ----------
From: Claudio Estevam Próspero
Date: 2009/7/19
Subject: [E=R] O futuro é GRÁTIS? Descubramos juntos?
To:

Nova Economia: Intangível, Gratuita e Participativa.
Criado por Haroldo Vilhena
http://escoladeredes.ning.com/group/novaeconomia
Às 21:34 em 2 julho 2009, Fabiano Morais disse...
valeu Haroldo! ótimo te conhecer.. lançamento discreto.. em camadas.. veja em www.moov.com.br ;)
graaande abraço e viva a abundância !
Às 8:19 em 2 julho 2009, Vivianne Amaral disse...
Haroldo, um abraço
Às 8:40 em 6 abril 2009, Clara Pelaez Alvarez disse...
Interessante Haroldo, você se refere à circulação de ativos intangíveis que são transformados em ativos tangíveis. Você conhece a VNA (Value Network Analysis)? É um método, criado pela Verna Alee, que permite perceber a circulação de ativos intangíveis/tangíveis entre as entidades estudadas. Creio que pode ajudar no seu trabalho!

Abraço
Às 18:53 em 5 abril 2009, Clara Pelaez Alvarez disse...
Olá Haroldo!

Gostei dessa história de "Sociedade Auto-sustentável, onde muitos produtos e serviços não precisariam mais ser pagos."

Como seria isso?

Abraços

© 2020   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço