Escola de Redes

Essa discussão nasceu de debate em outro lugar da Escola sobre se faz sentido falar em gestão do conhecimento numa organização em rede distribuída. Em vez de continuar argumentando, prefiro desdobrar a discussão em questões específicas, que, penso eu, levarão à conclusão de que numa rede distribuída há, sim, gestão, e de que gestão do conhecimento é uma dimensão fundamental para a inteligência coletiva.

Tese para discussão: Nem todos os participantes de uma rede têm os mesmos papéis. há determinados papéis que, se não forem exercidos por alguém (ou alguéns), comprometem o desenvolvimento da rede.

Listo aqui, só como pontapé inicial, alguns desses papéis. Convido os amigos a acrescentarem como comentários outros papéis que lembrem, e que criem novos tópicos para discutir cada um deles.

- o jardineiro (gardener), bastante discutido na literatura sobre wikis. É o cara que pega um conteúdo e discussão que está fora de lugar, e leva, como se fosse uma plantinha, para um lugar onde ele pode tomar mais sol e ar, ou seja, onde ele esteja em contexto no qual seja visto e discutido, ou seja, não definhe, como acontece comumente em foruns de discussão.

- o "moderador". Este todos conhecem, mas coloquei entre aspas porque o termo é muito ambíguo. Sua multiplicidade de significados faz necessário, a meu ver, desdobrá-lo em papéis mais específicos que deixem menos margem a mal entendidos.

- o líder de um tema. É o cara tão envolvido com um determinado tema, que passa a ser centro gravitacional daquele tema, sempre apontando as novidades, novas referências, fronteiras etc, sempre relacionadas a aquele tema. Uma rede de conhecimento pode comportar centenas ou milhares de líderes de temas, e mesmo vários líderes para cada tema, pois nada obriga a haver uma única liderança. O líder de tema pode ser um papel exercido simultaneamente, rotativamente, conforme a governança da rede.

- o líder, que pode ser o fundador, ou outros com quem ele divida algumas atribuições

- o técnico do time, discutido no tópico linkado.

- os líderesque puxam a rede para a frente. Podem ser vários: alguns fundadores, outros emergentes. Nada obriga a que os líderes sejam permanentes. Podem ser como a gaivota que puxa o bando, e é substituída por outra quando fica cansada e resolve relaxar e ir no vácuo das demais.

- bibliotecários e gestores da informação.. O que fazer para que toda a riqueza de conteúdos gerados ou trazidos para uma rede seja encontrável através de busca ou navegação? Esse papel merece ser bem destrinchado, e criei um tópico para ele.

- netweavers - certamente UM dos papéis mais importantes, e certamente o mais discutido até agora na ER. No tópico "netweavers" poderemos certamente incluir dezenas de links para material já existente, mas disperso, aqui na Escola de Redes.

- recepcionistas /coaches (que a Amy Kim chamou de Greeters).

- legisladores. Vamos detalhar isso?

Certamente é ainda uma lista incompleta. Mas é pontapé inicial para a discussão.

Abri e vou abrindo vários tópicos linkados acima, à medida que tenhamos gás para discuti-los. Quem pode nos alimentar com bibliografia nova ou que já esteja na Biblioteca E=R?

Me ajudem a enriquecer isso? Acham que essa discussão faz sentido?

Exibições: 101

Respostas a este tópico

Apenas como munição inicial para essa discussão, trago aqui uma lista de papéis sociais numa comunidade virtual, que peguei no livro "Building community on the Web", de Amy Jo Kim.
Haverá certamente objeções quanto a essa lista de papéis, apontando que eles apontam uma organização hierárquica. Desde já concordo, e também concordo que "redes sociais" e "comunidades virtuais" não são a mesma coisa. Mas podemos fazer paralelos, e identificar papéis completamente diferentes. O principal, do ponto de vista da discussão que proponho, é a importância de reconhecer a DIVERSIDADE E RECORRÊNCIA DE PAPÉIS SOCIAIS numa rede, qualquer que seja o seu grau de distribuição.

No post seguinte proporei uma outra lista de papéis que acho que se aplicam ao nosso universo, para que cada um seja discutido em maior profundidade em outros tópicos.

Não quis que minha escassez de tempo para traduzir prejudicasse o compartilhamento. Traduzo portanto apenas os títulos de cada um dos papéis definidos pela Amy.

Greeter (Welcome Newcomers): (QUEM SAÚDA)

* Greet newcomers upon arrival
* Conduct system tours
* Answer basic questions
* Help people get into conversation, find courses, other activities
* Seek and participate in external and related community events

Host (Facilitate the core activities): (ANFITRIÃO)

* Stimulate a conversation, keep it on topic, create and prune topics or threads
* Lead players in learning quests and content creation
* Ensure content is correctly categorized and currated
* Answer activity-related questions (eg, how to use chat tools)

Editor (Evaluate content): (EDITOR)

* Select high-quality content to highlight
* Suggest improvement
* Encourage use of quality framework
* Develop quality framework
* Mark inappropriate content for possible removal
* Identify contributor merits

Curator (Care for content): (CURADOR)

* Select high-quality content to highlight
* Categorize content
* Librarianship duties
* Find and link to related resources
* Mark inappropriate content for possible removal
* Identify contributor merits

Cops (Remove people and/or content that violate the community standards): (GUARDAS, ZELADORES ETC.)

* Judge and remove content
* Ban a member from the system for a particular length of time
* Develop community engagement standards
* Enforce standards

Teacher (Teach members to become leaders):(MESTRES)

* Develop OER
* Provide mentorship, support student lead OER development
* Help select leader recruits
* Conduct classes and training sessions
* Offer one-to-one tutoring
* Evaluate students (through written exams, interactive sessions, peer evaluations)
* Identify contributor merits

Events Coordinator (Plan and run events): COORDENADORES DE EVENTOS

* Coordinate the time, place and participants in an event
* Coordinate rich media infrastructure
* Develop and promote tagging, feeds, etc.
* Promote the event (calendar, email, web)
* Host or referee the event
* Post transcript or winners, participate in follow-up conversation
* Identify contributor merits

Support (Answer questions about the system): SUPORTE

* Answer technical or social questions
* Request changes or upgrades to the system
* Update frequently Asked Questions (FAQ) list

Manager (Support leaders): LÍDERES DE SUPORTE

* Define and promote working groups
* facilitate work group meetings and discussions
* Identify contributor merits
* Recommend leaders for commendation
* Identify categories and assist curation

Director (Create and maintain the leader program): DIRETOR

* Define roles and responsibilities of leader positions
* Create and update leader documents (application, manual, code of conduct, NDA, weekly report template, etc.)
* Identify, encourage and consumate partnerships
* Make policy changes as needed
* Keep leadership positions staffed


Um abraço
Sérgio
Sérgio, deixo também aqui um link para minha resposta a outra discussão que você propôs neste mesmo grupo. Por que creio que o que tinha a dizer já está ali.

Por ora acrescento apenas uma coisa: os novos papéis sociais em uma rede, os que forem mesmo necessários, emergirão da dinâmica da rede. Se começarmos a criar funções fixas - como essa de conduzir o neófito "na sua fase de iniciação" - teremos logo, logo, vários problemas. Aliás, esse é o papel do mestre => do instrutor => do preceptor => do professor... que deu no que deu. Funções atribuídas (por alguém que acha que elas são "necessárias": é sempre assim) vão sulcando caminhos para fazer por eles escorrer as coisas que ainda virão. As instituições da nossa civilização de predadores eco-sociais surgiram assim.

RSS

© 2021   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço