Escola de Redes

WEB da Energia = criando uma contrapartida, COLABORATIVA e DISTRIBUÍDA ao modelo atual - AUTORITÁRIO e CENTRALIZADO (Ex.: Eletrobrás e Petrobrás)

As reflexões deste tópico decorrem de uma leitura comparada dos seguintes textos:

> HIERARQUIA: A MATRIX REALMENTE EXISTENTE  Augusto de Franco


> Você é o que você compartilha  Gil Giardelli

> A TERCEIRA REVOLUÇAO INDUSTRIAL Como o Poder Lateral está Transform...   Jeremy Rifkin

   SUMÁRIO

Já estamos criando uma contrapartida ao broadcast, no setor de comunicações e informações - Blogs, Redes Sociais, Wikis, etc. Com ela estamos enfrentando os "defensores do direito editorial de proibir compartilhamento do conhecimento ou copyright (maliciosamente confundido com direito autoral)" RECONSTRUINDO A BIBLIOTECA DA ESCOLA-DE-REDES

Precisamos de uma contrapartida aos Poderes, às Elites - Econômicas, Políticas e Sociais - que se nutrem nos Modelos Autoritários e Centralizados de Geração e Distribuição de Energia.

Duas iniciativas atuais demonstram os enormes interesses que fazem lobby junto à todas as esferas de Governo, seja nos Entes Federados (União, Estados e Municípios) , seja nos 3 Poderes da República (Executivo, Legislativo e Judiciário):

> Pré-Sal: "Novo Milagre Economico Brasileiro"? Estamos satisfeitos com a Economia, a Política e a Sociedade que o "Milagre Economico", da Década de 70, nos legou?

    Queremos ser a "Arábia Saudita dos Trópicos". Informe-se sobre como funciona a Econômia, Política e Sociedade Saudita....

> As hidroelétricas polêmicas (Belo Monte, Jirau, Santo Antônio, na Amazônia e no Pantanal, etc.): Nova "corrida do ouro", sobre a "mina" do Tesouro Nacional, das empreiteiras, políticos e funcionários públicos dependentes do Sistema Eletrobrás.

   Estas duas iniciativas exemplificam a versão brasileira da luta entre Energias Renováveis centralizadas e dependentes de grandes investimentos - em sua construção e distribuição da energia gerada - que geram grandes lucros e concentrações de riquezas.

   VERSUS

   A visão da Terceira Revolução Industrial : a WEB Energética, onde todos os edificios são produtores e consumidores de energia, gerando uma economia energética colaborativa e distribuída, como na WEB Informacional.

 

Ver também:

 "Com a energia "faz por ti’ se criarão milhões de novos postos". As casas se transformarão em mini-centrais com um fluxo contínuo: não se deverá mais depender dos oligopólios, mas haverá uma troca entre produtores". A aposta de Jeremy Rifkin, o teórico da terceira revolução industrial, em entrevista concedida a Antonio Cianciullo e publicada pelo jornal La Repubblica, 23-01-2011. A tradução é de Benno Dischinger.

             A democracia energética, segundo Jeremy Rifkin

 

 

Exibições: 333

Respostas a este tópico

A visão da Terceira Revolução Industrial : a WEB Energética, onde todos os edificios são produtores e consumidores de energia, gerando uma economia energética colaborativa e distribuída, como na WEB Informacional.

 

Milhões de construções (casas, escritórios, prédios...) que, para sua energia consumida:

conservem (isolamento térmico, eficiência energética, telhado verde, ...)

produzam (turbinas eólicas domésticas / comunitárias, aquecedores e painés fotovoltaicos (solares), biomassas (biocombustíveis, energia do lixo, dos restos agricolas e orgânicos domésticos, ...), geotérmica, etc.)

armazenem excedentes (as energias renovaveis são intermitentes, sujeitas ao clima) - (bateriais eficientes, hidrogênio, ....)

e comercializem estes excedentes energéticos entre as comunidades da WEB-Energética  (Rede Inteligente BIDIRECIONAL de Distribuição de Energia - a "Mídia" da WEB-Energética - que permitirá que todos sejamos Produtores e Consumidores de Energia - como já ocorre com as informações.

 

Assim poderemos descontruir o atual Modelo AUTORITÁRIO e CENTRALIZADO de Produção e Distribuição de Energia => Fonte de boa parte do Poder Economico, Político e Social da MATRIX que realmente existe.  Com tantas novas possilidades de desdobramentos futuros na DEMOCRACIA REAL, como os provocados pela evolução da WEB Informacional.

Referências:

domingo, 25 de março de 2012


Diagrama / Excertos de idéias (2003) - Rifkin, Jeremy - A Economia do Hidrogênio - A Criação do Web Energética em Escala Mundial e a Redistribuição do Poder na Terra

http://reflexeseconmicas.blogspot.com.br/2012/03/diagrama-excertos-...

domingo, 25 de março de 2012

Rifkin, Jeremy - A Economia do Hidrogênio - A Criação do Web Energética em Escala Mundial e a Redistribuição do Poder na Terra

http://reflexeseconmicas.blogspot.com.br/2012/03/rifkin-jeremy-econ...

quarta-feira, 21 de março de 2012

Jeremy Rifkin - A Terceira Revolução industrial: Como o Poder Lateral (dos pares?) está Transformando a Energia, a Economia e o Mundo

Tradução de:
Excerpted from Jeremy Rifkin's The Third Industrial Revolution: How Lateral Power is Transforming Energy, the Economy, and the World, Palgrave Macmillan 2011.

http://reflexeseconmicas.blogspot.com.br/2012/03/jeremy-rifkin-terc...

Questão de hoje no Facebook:

PRÉ-SAL: um investimento desejável ou indução à erro para lucro do Lobby do Petróleo? Investir na Economia Fóssil quando o Mundo cria NOVA INFRAESTRUTURA DE ENERGIA: WEB Energética?

https://www.facebook.com/questions/346080868816072/?ref=notif&n...

Asked By

Como estão as respostas:

Sim, com lucros direcionados à implantar Terceira Revolução Industiral (Rifkin)  (4 concordam)


Não, é um investimento muito alto, com grande risco de causar desastre ambiental (3 concordam)


Ruim, a prioridade atual tem de ser sustentável e ecologica!  (1 concordam)


"Indução à erro "seria ótimo,pois de desejável só p/ lobistas & politicofósseis (1 concordam)


Sim, com lucros para pagar Dívida Social  (0 concordam)


Sim, os Combustíveis Fósseis devem ser A PRIORIDADE (0 concordam)


Não, investimento apenas na Terceira Revolução Industrial (Rifkin) (0 concordam)

Olá Claudio,

Interessante proposta.

Neste ano não tive muito tempo para ficar mais perto das conversas aquí, na E=R, mas agora vou tentar ler um pouco mais e menos facebook.

Grande abraço,

Lía

RSS

© 2021   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço