Escola de Redes

Reunião festiva, em Novembro, dos membros do Nodo São Paulo

Detalhes do evento

Reunião festiva, em Novembro, dos membros do Nodo São Paulo

Horário: 16 novembro 2009 de 19:00 a 22:00
Local: Santa Etienne Bagueteria & Bar - Jd Paulista
Rua: Al Joaquim Eugênio De Lima 1417 Jd Paulista
Cidade: São Paulo, SP
Telefone: 55 (11) 3885-0691 55 (11) 3885-0691.
Tipo de evento: reunião, festiva, de, amigos, interessados, em, redes, sociais
Organizado por: Claudio Estevam Próspero
Última atividade: 16 Nov, 2009

Exportar para Outlook ou iCal (.ics)

Descrição do evento

Reunião festiva, em Novembro, dos membros do Nodo São Paulo

Uma das desculpas para beber, comer e conversarmos [1] pode ser Criatividade e Inovação.

Para entender o significado da imagem associada ao evento:

http://www.revistamuseu.com.br/artigos/art_.asp?id=6514

[1] Significado original de Simpósio, conforme nos ensinou o Augusto.

Ver algumas pesquisas sobre Criatividade e Inovação:
https://escoladeredes.ning.com/group/nodosaopaulo/forum/topics/sugestoes-de-datas-locais-e

Caixa de Recados

Comentar

RSVP para Reunião festiva, em Novembro, dos membros do Nodo São Paulo para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Comentário de Clara Pelaez Alvarez em 16 novembro 2009 às 10:33
Chegando tarde! Só descobri hoje esta articulação!
Vou fazer força pra ir!

Abraços
Comentário de Claudio Estevam Próspero em 13 novembro 2009 às 22:15
Augusto, seria esta sua sugestão?

Santa Etienne Bagueteria & Bar - Jd Paulista
55 (11) 3885-0691 55 (11) 3885-0691.
Al Joaquim Eugênio De Lima 1417 Jd Paulista; São Paulo, SP

Lorena esquina com Joaquim Eugênio de Lima
Comentário de Augusto de Franco em 12 novembro 2009 às 7:31
Vou ver o endereço correto da minha indicação e daqui a pouco tuito aqui. Mas gostaria de propor um outro tema, que pode ser aduzido ao que o Cláudio Próspero propôs ou pode ser tratado em outra oportunidade ou, ainda, pode ser tratado no lugar daquele sobre Criatividade e Inovação proposto pelo Cláudio. Ele nasceu da leitura dos seguintes excertos do COMUNICADO 6 de Hakim Bey, escrito no Solstício de Verão de 1986 e publicado na coletânea "Caos" (São Paulo: Conrad, 2003):

"Devemos ser salvos de todas as salvações que querem salvar-nos de nós mesmos... A Babilônia ensinou-nos que a nossa carne é imunda - escravizou-nos com esse argumento e a promessa de salvação. Mas se a carne já estiver "salva", já for luz - e se até mesmo a própria consciência for um tipo de carne, um éter simultaneamente palpável e vivo -, então não precisamos de nenhum poder para interceder a nosso favor. A selva, como diz Omar, é o paraíso agora mesmo.

A verdadeira posse do assassinato pertence ao Império, pois apenas a liberdade é vida completa. A guerra também é babilônica - nenhuma pessoa livre morrerá pelo engrandecimento de uma outra. A fome passa a existir apenas com a civilização dos salvadores, os reis-padres - não foi José quem ensinou ao faraó a especular sobre as colheitas futuras? A ganância - pela terra, pela riqueza simbólica, pelo poder de deformar os corpos e as almas dos outros para sua própria salvação - a ganância tampouco surge da "natureza natural", mas do represamento e da canalização de todas as energias para a glória do Império".

Que tal? A meu ver tem tudo a ver com nossos temas aqui na Escola-de-Redes...
Comentário de Augusto de Franco em 12 novembro 2009 às 7:13
Parece que o bar que mencionei abaixo não é na José Maria Lisboa, mas na Lorena esquina com Joaquim Eugênio de Lima. Um baguetterie (mas inda não tenho certeza 100%).
Comentário de Augusto de Franco em 12 novembro 2009 às 7:11
E então vou alimentando aqui uma temática:

RT @augustodefranco Hakim Bey (1986): "Devemos ser salvos de todas as salvações que querem salvar-nos de nós mesmos"
Comentário de Augusto de Franco em 11 novembro 2009 às 15:52
Olá pessoal, que tal fazer num lugar aberto (inclusive em razão do calor paulistano destes dias e também porque os fumantes como eu podem ficar na rua, próximos). Outro dia vi um bar assim na José Maria Lisboa esquina com..., vou lembrar e já digo).

Não, não sou politicamente correto. E tenho aversão por essa gente que quer salvar o nosso corpo (contra nossa vontade) para ficar com a nossa alma.

Deixo aqui para vocês a foto irreverente e provocadora de nossa querida Hannah Arendt (que não troco por 100 corretinhos arautos da sociedade disciplinar):

Comentário de Augusto de Franco em 10 novembro 2009 às 5:47
Devo chegar bem mais tarde...

Comparecer (7)

Poderá comparecer (2)

Não comparecer (1)

© 2021   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço