Escola de Redes


parte 2/3: 17min15 (total: 54min30), legendado em português

Connected: The Power of Six Degrees, 2008

- Direção: Annamaria Talas
- Participações: Nyaloka Auma, Kevin Bacon, Albert-László Barabási, Lori Benson, Richard Boskey, Linda Cropper (narradora), Iain Cruckshank, Deedee Halleck, Robert Lee, Kenji Maeji, Frederick Moxley, Margaret Owino, Steve Strogatz, Florian Thomas, Phillipp Thomas, Brett Tjaden, Alessandro Vespignani, Marc Vidal e Duncan Watts.
- Roteiro: Simon Nasht.
- Produtores: Chris Hilton, Aline Jacques, Simon Nasht e Samantha Szillich.
- Fotografia: Max Bourke, Tibor Klöpfler e Sándor Várkonyi.
- Música original: Llaszlo Kiss e Sean Rigney.
- Edição: Zen Rosenthal.
- Produção: British Broadcasting Corporation (BBC) - TV ABC / DISCOVERY / SCIENCE CHANNEL
- Distribuição: DV1 (2008) - Australia (DVD)

Classificação:
  • Atualmente, 5/5 estrelas.

Exibições: 510

Favorito de 2 pessoas

Comentar

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Comentário de rafael ferreira de paula em 6 julho 2017 às 8:37

Ele chama hubs de ligações aleatórias?

Comentário de Raquel Marques em 7 maio 2010 às 9:48
Será que este reconhecido significa "ser conhecido" + "ser acessível" + "reputação adequada"?
Comentário de Augusto de Franco em 7 maio 2010 às 8:24
Pois é, Raquel... Mas talvez a principal característica do hub como novo papel na sociedade em rede não seja ser conhecido e sim ser reconhecido. Pessoas famosas, muito conhecidas (via broadcasting), não são necessariamente hubs.
Comentário de Raquel Marques em 7 maio 2010 às 7:38
Este vídeo é ótimo e a teoria eu já conhecia, mas está apresentada aqui de forma história e muito ilustrada.

Desde que tomei contato com este conceito, dirigi conscientemente meus caminhos para me tornar um hub. Dar aulas, palestras, participar de associações, conhecer pessoas e,PRINCIPALMENTE, ser conhecido. No ser conhecido é onde reside a mágica das coisas inesperadas acontecerem. Como, no filme, receber um pacote de um contato antigo. Ou, na vida real, receber um convite ou indicação de alguém que você não conhece pessoalmente ou há muito tempo não encontra.

É interessante, divertido e útil.

© 2017   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço