Escola de Redes

Comentários de Augusto de Franco

Caixa de Recados (160 comentários)

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Às 11:44 em 1 setembro 2017, Rochelle Cysne Frota D'Abreu disse...

Estou dando um curso de Filosofia Política Gratuito, em que leremos os principais clássicos da Filosofia Política. Sou bacharel, mestre e doutora em Filosofia pela Unicamp. Segue o link de inscrição do curso, caso alguém se interesse: https://www.imub.org/course/filosofia-politica-curso-online-gratuito/

Às 1:49 em 10 agosto 2015, hiram roman ayala disse...

Você conhece o trabalho de Pier Luigi Luisi , que tem uma tese semelhante RALPH ABRAHAM a partir de um campo diferente da ciência.
Gostaria de saber a sua opinião

Às 18:12 em 24 fevereiro 2014, Ricardo Freitas disse...

Fernanda desculpe de antemão a a irrupção da prosa entre vc e o Augusto. É possível criar uma topologia de redes distribuídas?

Às 16:40 em 24 fevereiro 2014, Fernanda Venturini disse...
  • olá Augusto? tudo bem contigo? Estes tempos fiz alguns questionamentos via face, sobre topologia de redes. Minha dissertação de mestrado em extensão rural trata do que estou chamando de rede socio produtiva (pessoas que relacionam em torno da cadeia da uva/vinho de determinada localidade. Pois bem, lendo tuas publicações me vieram muitos conflitos, pois quando começar a fazer leituras entrei um pouco na lógica da sociologia economica e tenho como foco de pesquisa comprender o processo de constituição desta rede que é informal, e que se perguntar para os agricultores em questão se fazem parte de alguma Rede, vão dizer que não, mas possuem interesses compartilhados, ações coletivas por hora, vivem em comunidade, compartilham mão de obra, equipamentos, interesses culturais, entre outros. Mas minha questão agora é que não tô sabendo como apresentar meus dados, quando fiz a coleta dos dados perguntei a todos os "atores" com quem da vizinhança na comunidade era melhor de se relacionar para:

  • comprar equipamentos, trocar mão de obra e organizar as festas locais.

  • Então solicitei que respondessem em uma escala de 1 á 10 do a grau de facilidade de se relacionar de acordo com cada categoria listada acima, sendo que nota 1 quanto mais proximo e 10 mais distante, ou melhor, mais dificil de se relacionar.
  • tenho a planilha onde todos se cruzam em algum grau com todos, só que não tô sabendo organizar estes dados pra montar um sociograma, que se aproxima da topologia de rede distribuída. Enfim... não sei se ficou claro, posso mandar o arquivo com os dados, mas se tiver alguma dica tô aceitando. 
  • Abç
Às 12:58 em 23 janeiro 2013, Fábio Otuzi Brotto disse...

Oi, Augusto! Nossa Pós em Pedagogia da Cooperação já está sendo divulgada.

A Lili nossa Coordenadora está precisando falar comn vc para combinar sua presença conforme o email que trocamos há um tempinho atrás, lembra?

Assim que possível, por favor, faça com-tato!

Até já!

Abração

Às 14:18 em 19 abril 2012, JOSE PEDRO RENZI disse...

obrigado prezado educador Augusto...estou lendo com prazer...

Às 0:14 em 7 outubro 2011, Abraão Antunes Silva disse...

Se puder, comente algo sobre a experiência da RBBC, prof. Augusto, será muito bom ter suas considerações na sua construção.

Um abraço,

Abraão 

Às 10:21 em 2 outubro 2011, Josué de Menezes disse...
Caro Augusto, já faz dois anos que estou direcionando minha carreira profissional na área de Planejamento Digital, mais especificamente em Gestão Netweaver. Trabalho na Prefeitura de Campinas, na Secretaria de Comércio, Indústria, Serviços e Turismo. O pessoal está desenhando um grande evento a respeito da Região do Conhecimento. Coloquei todas as minhas pesquisas à disposição. A motivação dos meus estudos são as mesmas que despertaram o seu interesse por este assunto. Ou seja, estudo o porque algumas comunidades são mais protagonistas da inovação do que outras. Pasme... O pessoal da Secretaria desconsidera totalmente os conteúdos e informações que tenho disponível. Estou constatando na prática o motivo pelo qual cidades como Campinas, com todo o potencial de desenvolvimento de inovação, está perdendo terreno para outros centros com bem menos estrutura de universidades e pesquisa. É um "case" interessante... Campinas não tem uma política pública com foco no Empreendedorismo Digital. Prá dizer a verdade, acho que eles nem sabem o que é isso. Quem está em posição de comando parece que está preocupado em fazer política de faz de contas.
Às 10:13 em 2 outubro 2011, Josué de Menezes disse...
Oi Augusto, a Ladface estará apresentando um projeto de Crowdsourcing avaliado em U$ 1 milhão, A estratégia de monetização é CrowdAngels, ou seja, contempla pequenos investidores. O lançamento do sistema está previsto para o dia 3 de outubro. O projeto conta com suporte de um escritório no Vale do Silício. Ou seja, é um projeto global. Será lançado em duas versões: portugues e inglês. Confira no post http://www.mercadosdofuturo.com.br/inteligencia-coletiva-no-mundo-real/ O CEO da Ledface, Horácio Poblete, estará apresentando o modelo de negócios no III Encontro de Empreendedorismo Digital de Campinas.  Acredito que seja um "case" muito interessante para empreendedores de "startups". Valeu...
Às 19:38 em 11 junho 2011, Ricardo Semealuz Bortolato disse...

Caro Augusto, segue abaixo uma mensagem da minha tia que mora em Natal e pareçe que foi excluida da rede,

 

Ricardo,

Acho que cometi um erro involuntário giganteeeeeeeeeeeeeeeeee e fui excluída da rede !
Achei que tinha lido TODOS os conteúdos, mas não percebi que não é permitido fazer divulgação de caráter comercial na rede...e eu estava na maior boa fé...achando o assunto super pertinente...Especialização em Mídias Sociais...nossa, fiquei arrasada, estou chorando até agora...essa rede era muito importante pra mim...tenho todo um trabalho em redes sociais pela frente e sei que essa rede é uma das melhores...
Não sei se seria abusar muito de vc, mas o que vc acha de passar uma mensagem pro Augusto de Franco explicando este meu erro involuntário?...pode incluir na mensagem que eu não trabalho para a instituição, que esse trabalho de divulgação do curso é voluntário, no intuito exclusivo de fazer o curso acontecer!...que eu e muitos interessados no assunto dependemos do fechamento da turma para o curso ter início...que não é todo dia que temos uma oferta de curso de pós na área de mídias sociais aqui em Natal...que eles podem falar diretamente com o coordenador do curso, Prof. Antonio Condorelli.
Grato pela atenção,
Ricardo Bortolato
Às 12:49 em 4 junho 2011, Julio Carvalho disse...

Olá Profº Augusto!

Aquelas imagens da Lilo.Tv serão disponibilizadas?

Abss

 

Às 18:56 em 3 maio 2011, Cacau Guarnieri disse...
Valeu! Vc tem razão sobre o Meluga (parece me aluga mesmo hehehe). Vamos pensar abraço
Às 22:12 em 4 abril 2011, Sérgio Luis Langer disse...

Prezado Augusto. Olá.

Estive ausente por um período devido ao fato que estou fazendo mestrado em Asunción (Paraguay), pela Universidad Autónoma de Asunción - Curso: Maestria en Ciencias Biológicas con enfasis en Enfermedades Parasitárias.

Devo retornar em quatro momentos (presenciais) entre 2011 e 2013.

Ao deparar-me com a cultura e a educação, compartilhadas como formas de geração opinativas, observo que as idéias acrescentam quando aproximadas de processos em formação complementares e ajustáveis às necessidades pertinentes.

Uma rede social deve ter como compromisso o aperfeiçoamento de identidades, que dimensionam a sua intensidade de ação, segundo o ajustamento de posturas, comprometimento e visão que estão constituídas para objetivar uma eqüidade sistemática de colaboração.

Por isso, devemos ter presente que somos independentes biologicamente; porém, intercomunicáveis fisiologicamente e, principalmente, movidos pela preocupação para com os rumos de compreensão, assimilação e verificação de perguntas ... que possam direcionar as orientações para os horizontes que venhamos a partilhar. Esse é o nosso futuro que ... ironicamente ... já tornou-se passado. A mágica da vida fundamenta-se, não em compreender ... mas sim interpretar a utilização e a otimização do nosso percurso temporal para dinamizar o significado e o propósito da formação de nossa juventude ... para que possamos dignificar a consciência perante os nossos feitos.

Um abraço.

Às 19:47 em 10 março 2011, Lilian Langer disse...
Augusto,
O Fluzz e-book  como um presente 6000 faz a Escola de Redes mais forte, complexa e cocriadora, como diz sua natureza! A rede agradece ao seu notório netweaver, que também é um hub e um inovador. O book está um espetáculo. Parabéns! Abraços Fluzz.
Às 15:47 em 11 fevereiro 2011, Daniella Costantini disse...
Olá, Augusto, também gostaria de saber se há vagas para apresentação.
Às 8:18 em 10 fevereiro 2011, Joyce Fettermann disse...
Augusto, ainda há vagas para apresentações?
Às 11:20 em 12 dezembro 2010, Clara Pelaez Alvarez disse...

Ok! Melhor! Assisti em inglês e não sabia que já tinha tradução. Ótimo!

Às 12:14 em 10 outubro 2010, José Pacheco disse...
Caro Augusto, há pouco mais de meia hora, citei-te, num encontro com o Celso, o Luís e outros amigos. E eis que chega o teu email. Não será por acaso...
Na tarde de 6 de Novembro, estarei em Joanópolis. Poderemos encontrar-nos por lá? Se quiseres, poderás pernoitar (de Sábado para Domingo) no "meu" sítio.
Aguardarei as tuas ordens.
Abraço fraterno!
Às 14:51 em 14 agosto 2010, Julio Carvalho disse...
Hehe! Essa é boa hein Augusto?!! rs...

Às 14:16 em 28 julho 2010, Eduardo Albuquerque disse...
Prezado Augusto,
Trabalho na Visão Mundial (World Vision International) como Diretor de Operaçoes para Amércia Latina e Caribe. Estamos profundamente interessados e engajados na construção de redes, principalemtne de Criancás, Adolescentes e Jovens). Por isto sua experiência e visão nos são muito inspiradores.
Gostaria de saber como poderíamos trazê-lo para compartilhar esta visão/experiência no Congresso da Visão Mundial, no Brasil, que ocorrerá no final de Setembro deste ano, próximo a Recife.
Atenciosamente
Eduardo Nunes (eduardo_nunes@wvi.org; bigduda@usp.br)

© 2017   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço