Escola de Redes

Comentários de YÊDA SILVEIRA

Caixa de Recados (21 comentários)

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Às 11:35 em 17 fevereiro 2020, joanjoan disse...

Dia bom,

Como está tudo com você, peguei interesse em você depois de passar por seu pequeno perfil e achei necessário escrever imediatamente. Eu tenho algo muito vital para divulgar para você, mas achei difícil me expressar aqui, já que é um site público. Você pode entrar em contato comigo em: (raphaeljoan11@gmail.com) para obter todos os detalhes.

Tenha um bom dia

Graças a Deus abençoe.

Às 19:36 em 18 janeiro 2010, Amanda Barral** disse...
oi, Yêda. COmo vai? Estou lendo seu depoimento na pg do ning e vc diz que tentou formar uma rede social numa comunidade rural e não deu certo. Gostaria muito de ouvir sua experiência. Eu sou formada em geografia,mas tenho grande interesse na área de comunicação. Atuei com educomunicação em alguns projetos e especialmente num assentamento do mst no processo de conversão dos agricultores para a agroecologia. Neste momento estou em São Paulo, na capital, desenvolvendo um trabalho com agentes de saúde da família voltado às questões ambientais, mas minha segunda grande paixão é o meio rural, a agroecologia e quero muito colocar essas tecnologias "modernas" a favor dessa luta - tenho idéias... mas atualmente me limito a viver minha primeira paixão que é trabalhar com gente!
Vc irá a Curitiba?
Me conte de seus trabalhos!
Abraços!
Às 17:08 em 26 novembro 2009, Maria Juliana Leopoldino Vilar disse...
Obrigada pelas flores. São lindas!!!!!!!
Sou formada em Geografia pela UEPB e fiz especialização em Gestão e Analise Ambiental - UEPB. Trabalho como professora no SESI e sou consultora da ONG - Arribaçã de Remigio. Trabalho com educação do campo no territorio da borborema, faço parte da RESAB ( Rede de educação do semiárido brasileiro), e agora estou tentando fazer um levantamento das ações de educação em 21municipios.
Ufa! Já falei demais!!! rsrsrsrrs

E seu interesse pela agricultura familiar? Achei interessante.
Gostaria de fazer uma análise de rede de educação.

Um forte abraço.

Juliana Vilar
Às 9:13 em 25 novembro 2009, Lileane Praia disse...
Olá Yêda! Obrigada pela atenção. De fato, tenho colegas que estão fazendo doutorado na Argentina e vivem este problema. o investimento é grande e o entrave é a não garantia da Capes. Vou procurar sensibilizá-los quanto à rede. Um abraço amazônico,
Lileane.
Às 12:35 em 23 novembro 2009, Maria Juliana Leopoldino Vilar disse...
Boa tarde Yêda Silveira.

Sou também de Campina Grande.
Você é professora de qual curso?

Gostaria de manter contato.

Abraço.


Juliana
Às 6:22 em 29 setembro 2009, Delmo Lima de Araújo disse...
Obrigado! Estou no aguardo.
Às 22:06 em 23 agosto 2009, saul ignacio fuks disse...
oi yeda obrigado por seu acolhimento
Às 18:06 em 23 julho 2009, Lucas Frasão disse...
Olá Yeda, tudo bem? Encontrei seu perfil por aqui e seu email no google. Mandei uma mensagem para yedasilveira@oi.com.br convidando para uma reportagem do Estadão. Quero saber se tens interesse em participar. Deixe um número para conversarmos, por favor. Meu email é lfrasao@gmail.com.

Um abraço,
Lucas
Às 10:39 em 28 maio 2009, Lía Goren disse...
Hola Yêda.
Gracias por la invitación ("convite" en portugués?)
En mi caso no curso ni poseo certificación con nivel de doctorado ni tampoco de maestría, tengo la certificación de lo que aquí se designa como "licenciatura". Creo que no es lo mismo.
De todos modos, no me queda muy claro que aspectos de las experiencias académicas imaginás compartir en el blog doutorados no melcosul, quizás así me haga una mejor idea de desde donde podría "enredarme" en en este espacio.
Saludos cordiales,
Lía
Às 11:40 em 8 maio 2009, Ismael de M. Azevedo disse...
Yêda, acredito ter terminado a parte de fundamentação teória.
Não sei quantas páginas vc prefere. Por isso digo acreditar ter terminado. Tenho feito cerca de 18 páginas. Ao fim do dia estarei enviando essas danadinhas de tanto trabalho para vc poder fazer sua leitura, e revisão, ver o que está errado e certo. E me encaminhar. Vou ver a questão da pesquisa, e te ligo marcando o encontro na faculdade para comentarmos... Certo "fiia"??
Às 13:01 em 5 maio 2009, Ismael de M. Azevedo disse...
REDES SOCIAIS DE MIGRAÇÃO DO CAPITAL INTELECTUAL COMO CRÍTICA SOCIAL ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS: ESTUDOS DE CASOS EM PARELHAS-RN .... O que vc acha disso? Dentre muitas pesquisas que andei fazendo na net, encontrei uma falando sobre migração, daí pensei em adaptar a migração dos estudantes de minha região, para buscar fora da cidade (assim com eu) graduações, cursos, e afins... o que vc acha disso?
Às 12:14 em 26 abril 2009, Ismael de M. Azevedo disse...
Yêda irei ficar doidoooo! Já pesquisei e revisei milhares de vezes...
Às 9:06 em 26 fevereiro 2009, Fabio Ignácio disse...
Olá Yeda, tentou contato com o SEBRAE? Lá eles tem uma metodologia para formação e capacitação de redes. Embora a metodologia esteja voltada para questões empresarias, pode ser adequada às necessidades do grupo atendido. Eu sou de São Paulo e aqui sou gestor do Projeto que estou lhe falando. Paralelamente também trabalho com projetos de desenvolvimento local. Em São Paulo temos alguns casos da aplicação da metodologia com produtores rurais. Temos casos em produtores de leite, apicultura e psicultura. Um abraço
Às 19:02 em 31 janeiro 2009, Lucineide Vito Lopes Gambarra disse...
Yêda, conheço seus amigos. Corrinha trabalha na 11ª Gerência Regional de Educação e Ielson na agência do INSS. No momento estou estudando, me aprofundando no tema das redes. Tenho um trabalho em andamento no Educandário São José - Recanto Natureza e Vida, instituição que atende 178 crianças e adolescentes aqui em Princesa. O Educandário realiza diversas atividades com os educandos e o Recanto Natureza e Vida acompanha suas famílias com formação cristã e cidadã. As Irmãs Missionárias Carmelitas desempenham esse trabalho com muito empenho e contam com voluntários que as ajudam nas suas atividades. Trabalhei com elas durante dois anos e atualmente sou voluntária. O Recanto trabalha na orientação da medicina alternativa, com remédios caseiros e aproveitamento total dos alimentos. Um grande abraço,
Neide
Às 13:31 em 23 janeiro 2009, Lucineide Vito Lopes Gambarra disse...
Yêda, sou de Princesa Isabel, alto sertão da Paraíba e estou muito feliz em encontrar uma paraibana na rede. Por aqui, minha atuação é tímida, como tímido é o campo de desenvolvimento de trabalho com a rede. As pessoas ainda pouco se interessam pelo assunto, mas continuo estudando e agora, ainda mais motivada.
Abraços,
Neide
Às 20:50 em 22 janeiro 2009, Carlos Lopes disse...
Yeda
Essencialmente meu trabalho consiste em buscar estratégias para formar redes sociais voltadas para as mais diversas atividades. No Senac SP, nosso foco é fomentar redes nas cidades onde a instituição mantem unidades e promover processos de desenvolvimento local.
Além disso, tenho desenvolvido trabalhos para que empresas e instituições possam estabelecer estratégias de relacionamento com a sociedade.
Voce trabalha para o Senac PB??
Não quero me alongar muito, e lhe indico que leia um texto de minha autoria onde conto um pouco nossa metodologia e estratégias. Voce pode retira-lo no meu blog pessoal em: http://carloslopes1.blogspot.com/2008/09/desenvolvimento-local-um-processo.html
Voce tb. poderá ver outros textos que pode lhe interessar.
Se for possivel, nesta sexta a tarde ligo pra voce para conversarmos um pouco melhor, ou podemos ir trocando por este canal. Assim voce pode contar um pouco como quer criar a "rede de desenvolvimento" que citou abaixo.
Pode ser??
Às 13:50 em 1 dezembro 2008, Carlos Lopes disse...
Yeda
Fico a dispoosiçào para conversarmos. Pode ligar no 9776.4408 e falamos
Às 18:20 em 28 novembro 2008, Jorge Silveira Duarte disse...
Olá Yêda pode contatar-me por e-mail jduarte@sp.senac.br ou telefone 11 3236.75.35 vamos falar sobre o assunto sim, um abraço
Jorge

© 2020   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço