Escola de Redes

RJ tem R$ 4,5 mi para levar banda larga grátis ao subúrbio

Rio de Janeiro - Copacabana, Ipanema, Leblon e Favelas de Dona Marta e Cidade de Deus já contam com o serviço.

Por REDAÇÃO DO COMPUTERWORLD*

29 de junho de 2009

O governo do Estado do Rio de Janeiro dispõe de 4,5 milhões de reais para levar acesso gratuito à internet sem fio para o subúrbio da capital, a partir da Avenida Brasil, via com 58km de extensão e que corta 28 bairros da cidade. A rodovia liga, por exemplo, a Baixada Fluminense, ao centro da cidade e à Zona Sul.

“É uma alegria muito grande que o Rio de Janeiro possa se transformar muito rapidamente na cidade da inclusão digital. E o Estado também, com a Baixada Fluminense e o interior. É uma revolução”, afirmou o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, nesta sexta-feira (26/06), ao inaugurar o serviço nos bairros de Ipanema e do Leblon, acompanhado do secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso.

Cabral declarou que o Estado será o primeiro totalmente coberto com internet banda larga gratuita. Atualmente, além de Leblon e Ipanema, os moradores de Copacabana, das Favelas Dona Marta e da Cidade de Deus têm acesso à internet banda larga gratuita. Segundo Cabral, em pouco tempo, o serviço será estendido à Rocinha e à Baixada Fluminense.

Na avaliação do governador, o Rio vem fazendo uma revolução silenciosa, ao promover a inclusão digital gratuita. “Hoje as nossas escolas já estão quase todas com acesso gratuito ao serviço da internet banda larga e são ícones de inclusão digital”, disse durante solenidade realizada na Praia de Ipanema, na zona sul da cidade.

A Coordenadoria dos Programas de Pós-Graduação e Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ) é responsável pela parte técnica do programa Orla Digital.

*Com informações da Agência Brasil

Exibições: 35

Comentar

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço