Escola de Redes

Olá a todos,

Continuando o processo de apresentação de cada um de nós, posto um breve relato de meu trajeto recente e interesses:

Sou um dos fundadores da Moleque de Idéias, um ambiente de aprendizagem onde, há 13 anos, crianças e adolescentes desenvolvem seus próprios projetos, partindo dos seus desejos e ideías. Cada criança na Moleque de Idéias tem o direito de escolher o que quer aprender e qual projeto quer desenvolver. Por acreditarmos que as tecnologias digitais são fortes ferramentas de empoderamento dos indíviduos, na Moleque de Idéias as crianças tem acesso a uma ampla gama de possibilidades de expressão em meio digital.

Obviamente como não há hierarquias nas redes de aprendizagem que ocorrem na Moleque, a organização que naturalmente emerge é baseada em interesses: crianças mais velhas interagindo com mais novas; adultos interagindo com elas e por aí vai.

Com o florescimento das redes sociais digitais (ex: Orkut), da qual as crianças naturalmente e espontaneamente se apoderaram, surgiu nosso interesse em aproveitar o potencial destas redes para catalizar o fluxo de idéias entre as crianças que por questões logísticas típicas da idade, não se conheciam e não poderiam interagir e trocar idéias.

A Moleque de Idéias também participa ativamente de um grupo de reflexão sobre novas formas de articulação de ambientes de aprendizagem, o Românticos Conspiradores. Neste grupo contamos com a participação ativa, sempre inspiradora, do Prof José Pacheco, ex-Diretor da Escola da Ponte. O Blog do Núcleo RJ encontra-se aqui.

Finalizando a breve apresentação, a Moleque tem um núcleo de engenharia de software que desenvolve sistemas de informação com foco em gestão do conhecimento, e tecnologias de criação em meio digital. e nossos principais parceiros são a UnB, a UFF, a Fiocruz, a FIRJAN e o sistema SENAI. Um dos sistemas desenvolvidos, por exemplo, é o Sistema de Gerenciamento de Tesauros, o qual estamos adaptando a tecnologia para desenvolver uma ferramenta que possibilite à rede de crianças/pais/educadores/etc mais facilidades para disseminação de idéias e projetos nas redes sociais digitais "genéricas"(Orkut, Facebook, etc).

Concluindo, integrei-me à Escola de Redes para aprofundar meus conhecimentos teóricos sobre redes sociais e, quem sabe, encontrar pares que estejam interessados em desenvolver ações concretas dentro das minhas áreas específicas de atuação.

Exibições: 33

Comentar

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço