Escola de Redes

Minha tradução de um artigo do Michel Bauwens

Estou deixando aqui na E=R um link para quem quiser conferir a minha tradução do artigo: "Em direção à democratização dos meios de monetização" do Michel Bauwens, teórico P2P que está trabalhando com o governo do Equador no esforço de acelerar a transição para uma economia aberta, em rede (pelo menos mais distribuída do que hoje). 

Publiquei essa tradução na P2P Foundation e lá tem muito material bom sobre o assunto. Esse artigo que eu traduzi ainda tem muitos termos que eu deixei em inglês e que talvez eu ainda mude. Na verdade ainda falta uma revisão final e toda ajuda é bem vinda. No post tem um link para o documento no google drive onde você pode comentar suas revisões e alterações.

Já agradeço todos que quiserem/ṕuderem colaborar e vou deixar o resumo do artigo aqui com mo link no final.

A PROBLEMÁTICA: A CRISE DE VALOR

No século 19, as forças contra-hegemônicas de trabalho concentraram na democratização do estado assim como focaram na redistribuição do valor excedente criado pelo trabalho. Ambas tarefas são de maneira alguma obsoletas dada a evolução em direção à modelos de estado mercado os quais tem esvaziado a democracia popular, assim como o papel aumentado do débito em exploração humana1. Entretanto, o que é preciso em adição, para e por movimentos sociais do século 21, é a democratização dos meios de monetização. Em uma economia contributiva, valor de uso se torna chave, e enfraquece mecanismos baseados apenas em valor de trabalho; valor precisa então se tornar plurarístico e diverso, e também precisam os meios monetários; enquanto indubitávelmente, desmonetização será uma coisa boa em muitos setores sob o regime de dominação civíl, nós também vamos precisar de novas formas de monetização, e restaurar o ciclo de retroalimentação entre a criação de valor e a captura de valor. Assim como vamos discutir, o regime de valor atual, o qual nós chamamos 'capitalismo cognitivo sob a emergência do capitalismo netárquico' (ver infra), é incapaz de redistribuir valor de maneira justa, e está criando não apenas uma crise de reprodução social para pessoas trabalhadoras, mas também uma crise de acumulação de capital. Em nosso artigo, regimes de valor e de dinheiro são colocados no contexto da evolução da economia política geral em direção à uma crescente importância de modelos baseados em produção colaborativa (em pares). Nós vamos olhar para qual tipo de sistema social e política de transição, que pode resolver essa crise de valor.


http://p2pfoundation.net/Em_Dire%C3%A7%C3%A3o_%C3%A0_Democratiza%C3...

Exibições: 110

Comentar

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço