Escola de Redes

"Hoje em dia, não é possível obtermos uma boa representação da inteligência coletiva da internet [...]


[...] Por exemplo, há uma imagem bastante famosa que tenta representar a internet por meio de diversos pontos ligados por traços coloridos brilhantes (veja ilustração ao lado). As pessoas olham e pensam: "ah, a internet é como um cérebro". Mas, na verdade, essa imagem representa apenas os nós físicos da estrutura da rede, e como é o fluxo quantitativo de informação entre esses nós.
Mas, pra mim, a representação real da inteligência coletiva não pode ser feita dessa forma, e sim por um mapa qualitativo, que mostre o fluxo de conceitos, ideias, assuntos e tópicos pela rede, e que tipo de relação semântica as pessoas estão criando - por meio de seu comportamento coletivo na internet [...]"


Íntegra da entrevista com o filósofo Pierre Lévy (29/08/09):
Estudioso da cibercultura propõe utilização de linguagem universal na rede.
Projeto faz parte de desenvolvimento da chamada 'web semântica'.


Link enviado via twitter pelo André - @astangl (RT: @oonacastro @plevy @cnepomuceno)


TRECHO: Pierre Lévy apresenta o projeto IEML



TRECHO: Pierre Lévy fala sobre o profissional do futuro


Exibições: 306

Comentar

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Comentário de Augusto de Franco em 3 setembro 2009 às 13:50
Bacana, Luiz. Há vários artigos de Pierre Levy sobre o tema, já pendurados aqui na BIBLI.E=R:

LÉVY, Pierre (2009): From social computing to reflexive collective intelligence

LÉVY, Pierre (2009): Algebraic structure of IEML semantic space

LÉVY, Pierre (2008): La mutation inachevée de la sphère publique

LÉVY, Pierre (2008): L'espace sémantique IEML présenté au "World Knowledge Dialogue"

LÉVY, Pierre (2008): IEML: bilan et perspectives

LÉVY, Pierre (2008): IEML présenté à la Conférence Balisage 2008

LÉVY, Pierre (2008): Architecture of a Semantic Networking Language

LÉVY, Pierre (2008): Service-based IEML

LÉVY, Pierre (2006): Un programme de recherche pour l'économie de l'information
Comentário de Clara Pelaez Alvarez em 3 setembro 2009 às 12:18
Interessante idéia: é um cyber-esperanto. Acho que vai pegar.
Comentário de Carlos Boyle em 3 setembro 2009 às 9:12
No creo que haya que inventar nada nuevo

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço