Escola de Redes

Celebridades fazem "manifesto secreto" no Twitter na noite de hoje

MARINA LANG
colaboração para a Folha Online
29/06/2009 - 21h46
Atualizado em 30/06/2009 às 00h00.

As celebridades e as estrelas aderiram ao Twitter (que nada mais é do que uma mistura de rede de relacionamentos com microblogs cujas postagens não ultrapassam os 140 caracteres) com fervor.

Agora, o lema de algumas delas é fazer mobilizações, por meio de postagens que sejam redistribuídas (ou "retwittadas", no jargão do site) pelas pessoas, a fim de que se espalhem por todo o Twitter. A primeira ação deste grupo ocorre às 22h30 desta segunda-feira (29).

Desse coletivo de estrelas que pretendem movimentar o site, participam o ator Bruno Gagliasso, o cantor Junior Lima (da extinta dupla Sandy & Junior), o apresentador do "CQC" Marco Luque, o também apresentador do programa "Pânico" Rodrigo Vesgo, e o amigo Pedro Tourinho. Além deles, há o VJ da MTV Felipe Solari, que conversou com a reportagem da Folha Online na noite de hoje.

Fotomontagem/Folha Online
Em sentido horário: Bruno Gagliasso, Júnior Lima, Marco Luque, Rodrigo Vesgo e Felipe Solari
Ele não quis revelar, exatamente, qual é o teor da mobilização --apenas disse que será algo relacionado à política ou a outro tema, que estava sendo deliberado entre os membros do "clã", denominado "Os Piratas" (o endereço oficial e mais informações podem ser vistas em http://twitter.com/twpirata).


"Queríamos fazer algo juntando pessoas de todas as áreas: novela, música, programas de TV, para ver qual a repercussão disso. É o início de um movimento. Coincidentemente, aconteceu aquilo com o [ator norte-americano] Ashton Kutcher", relata o VJ (leia mais sobre o assunto de Kutcher abaixo).

Segundo ele, o movimento não "é nada formal. Somos todos amigos. Saímos para jantar, com a mesma turma. Sempre pensávamos em fazer algo juntos", observa Solari. Tudo foi combinado entre eles por intermédio de e-mail.

"Talvez [o manifesto das 22h30] seja uma vontade do povo, mesmo, talvez não seja à toa que todo mundo esteja encabeçando o mesmo pensamento", diz ele, dando pistas de que o manifesto pode vir a ser político.

Ashton Kutcher

Além de celebridades nacionais, o Twitter também mantém as estrelas internacionais. É o caso do ator norte-americano Ashton Kutcher, cujo perfil ultrapassa os 2,5 milhões de seguidores. Kutcher é casado com a atriz Demi Moore (que, por sua vez, também possui um perfil no Twitter).

Ontem, ele se arriscou a tecer comentários no site, a respeito do jogo entre Brasil e Estados Unidos, pela Copa das Confederações. Com o desenrolar do jogo (uma virada de placar favorável ao Brasil, de 2x0 para 3x2), Kutcher foi "bombardeado" pelos brasileiros.

Reprodução
Reprodução de mensagem do ator Ashton Kutcher, que respondeu às provocações de internautas brasileiros

A mensagem foi clara: um palavrão para o perfil do artista. A manifestação foi encabeçada pelo perfil falso de Christian Pior, um personagem do programa de TV Pânico. O ator norte-americano respondeu às provocações dos brasileiros --e chegou a dizer que se tratava da sua palavra favorita. Em poucos minutos, era uma das palavras mais reproduzidas no serviço de microblogs.

Animados por isso, o coletivo de celebridades brasileiras --que, de acordo com o Felipe Solari, foi um dos responsáveis pela alçada do verbo ao topo das palavras mais faladas do Twitter-- resolveu começar "Os Piratas".

Será que, dessa vez, Ashton Kutcher participa?

"Uma das ideias é fazer com que o Ashton siga a gente, fazer com que ele twitte também. Acho que o Twitter consegue te aproximar das pessoas. A gente, com um número grande de apoiadores desse movimento pirata, pode chegar nos gringos ali. De repente, a gente pode trazer uma banda. Fazer um movimento para o Lenny Kravitz vir ao Brasil", empolga-se Solari.

Exibições: 97

Comentar

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço