Escola de Redes

MIL

 

Atingimos ontem de manhã, 10 de março de 2011, a marca de 6 MIL pessoas conectadas à Escola-de-Redes. Enviei a todos a seguinte mensagem geral.

 

Caros amigos e amigas da Escola-de-Redes,

A E=R chegou na manhã de hoje a 6 mil pessoas conectadas. Considerando que não somos um site de relacionamentos, nem uma plataforma genérica de trivialidades, mas uma rede de pessoas dedicadas à investigação das redes sociais (com um foco, portanto, bem definido), acho que é um fato para comemorar. Se alguém me dissesse, no final de 2008, quando inauguramos esta plataforma, que tantas pessoas assim poderiam se interessar pela proposta, provavelmente não acreditaria.

Mantenho uma espécie de registro desse interesse crescente. Atingimos na manhã de 23 de fevereiro de 2009 a marca de 1 mil conectados. E na noite de 19 de julho de 2009, a marca de 2 mil conectados. E na tarde de 04 de janeiro de 2010, a marca de 3 mil conectados. E na manhã de 04 de março de 2010, a marca de 4 mil conectados. E ao meio dia de 22 de julho de 2010 a marca de 5 mil conectados. E na manhã de 10 de março de 2011 a E=R atingiu 6 mil pessoas conectadas. 

É claro que a maioria das pessoas não-participa. No início isso nos incomodava um pouco. Agora não incomoda mais, na medida em que fomos compreendendo que redes sociais não são ambientes de participação mas de interação. Quando as pessoas participam, em geral participam nos termos estabelecidos por alguém. Quando interagem, interagem nos seus próprios termos, na ocasião que escolhem e como querem.

Penso que estamos todos de parabéns, não pelos 6 mil (um número, em si, significa pouca coisa), mas pela persistência em continuar interagindo e, sobretudo, pela interatividade que alcançamos. Difícil é ver - nas plataformas de rede existentes, semelhantes a nossa - alguma que tenha uma timeline tão caudalosa e tão diversa por tanto tempo. Eu mesmo, que ajudo a articular vários Nings, posso testemunhar que nenhum deles jamais alcançou, nem de longe, o ritmo que verificamos aqui, sem fugir do seu escopo.

Na E=R acontecem coisas surpreendentes: grupos que, ao que tudo indicava, estavam mortos, renascem com novas discussões; pessoas que se afastaram e que imaginávamos que haviam perdido o interesse, retomam suas postagens e comentários com vigor e empolgação. Além disso, estamos, não sei bem se a palavra está correta, "construindo" um acervo significativo sobre o tema. Dadas as limitações de uma plataforma participation-based como a nossa (ainda não temos, infelizmente, nenhuma ferramenta interaction-based, mais adequada aonetweaving) creio que já alcançamos muita coisa: uma biblioteca com 823 textos para download sobre redes sociais e temas correlatos; vários eventos convocados por pessoas da E=R para pessoas da E=R, realizados de modo distribuído (até onde isso é possível com as ferramentas disponíveis) - inclusive uma grande Conferência Internacional sobre Redes Sociais (a CIRS) e uma outra maior ainda (a CIRS2) em preparação - dois simpósios pequenos porém interessantes, vários encontros locais. E muita, muita conversação inovadora (infelizmente o Ning não tem um sistema mais inteligente de busca e as coisas vão ficando escondidas em camadas sobre camadas de conteúdo). Mas é reconhecível que acrescentamos conhecimento novo ao tema.

Para mim, posso dizer a vocês, foi e está sendo uma experiência única e muito gratificante atuar como um dosnetweavers da Escola-de-Redes.

Depois de 10 anos usinando as idéias, 1 ano escrevendo as 350 páginas do texto e 4 dias full montando a apresentação, terminei hoje o meu primeiro e-book com o conteúdo de Fluzz (clique no link para assistir). Tem muito a ver com o que aprendi e exercitei aqui. Envio como um presente a todos os 6 mil conectados e conectadas à Escola-de-Redes.

Forte abraço a todos,

Augusto de Franco

Exibições: 202

Comentar

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Comentário de Oliveira, E em 6 junho 2012 às 14:48

Confesso que sou novata e tenho aprendido muito com todos. Agora pretendo aprender ainda mais quando estudo educação/comunicação pensando nessa interatividade que a rede disponibiliza. Parabéns a todos.

Elda

© 2017   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço