Escola de Redes

fevereiro 2009 Posts no Blog (75)

Encontro Presencial do Nodo SP de 12/02/2009

Em 12/02, fizemos o encontro presencial do Nodo SP. Conforme prometi, segue abaixo fotos editadas do nosso encontro.

Quem quiser baixar as fotos no formato original, pode acessar o meu perfil público do picasa.

Esta tambem criado um tópico de discussão chamado Comentarios Encontro… Continuar

Adicionado por Carlos Lopes em 13 fevereiro 2009 às 23:30 — 1 Comentário

Apresentação

Fiz essa apresentação em outro local, mas, pensando bem, acredito que esse seria o local correto.

Estou participando de três redes dentro do Ning. Não posso dizer que tenha procurado, mas que fui encontrado. BDR em ação, Rede de participação pública do empresariado e a Rede social do bambú.

O BDR veio por conta de minha militância no PPS.

A Rede do empresariado por conta de meu interesse no trabalho de mobilização que vem sendo feito pela Federação das Indústrias do Paraná em… Continuar

Adicionado por Demetrio Carneiro em 13 fevereiro 2009 às 12:03 — Sem comentários

Memória do Lançamento do Nodo São Paulo da Escola de Redes

Reproduzo abaixo post adicionado na ocasião do lançamento do Nodo São Paulo da Escola de Redes.

Originalmente esse post estava na página do Nodo SP, mas como estava tomando um espaço grande, dificultando de certa maneira a vizualização do Fórum e das mensagens dos membros do grupo, resolvi (seguindo inclusive sugestão de alguns membros do grupo) recoloca-lo neste espaço, para ficar na mémoria.

Este evento ocorreu em 26/09/08 na Fecomercio.

Aproveitando, acrescentei mais 6 fotos… Continuar

Adicionado por Carlos Lopes em 12 fevereiro 2009 às 23:43 — Sem comentários

Pertenecer tiene su costo-benefico



Acá citábamos a Humberto Maturana que definía los sistemas sociales así:



“Cada vez que los miembros de un conjunto de seres vivos constituyen con su conducta una red de interacciones que opera en ellos como un medio en el que ellos se realizan como seres vivos y en el que ellos, por lo tanto, conservan…

Continuar

Adicionado por Carlos Boyle em 12 fevereiro 2009 às 14:30 — 1 Comentário

500 DIAS: UMA META PARA A ESCOLA-DE-REDES?



Esta ferramenta de netweaving que estamos usando na Escola-de-Redes – o Ning – completou hoje seus primeiros 90 dias de uso, registrando, até o momento em que escrevo este artigo, 918 pessoas.



Se a média diária de registros for mantida, teremos, ao final dos próximos 410 dias, 5 mil conectados. Mas o que isso tem a ver com a escola? De que serve essa quantidade “bruta”, essa pequena multidão de conectados, cuja maioria é… Continuar

Adicionado por Augusto de Franco em 12 fevereiro 2009 às 11:24 — 11 Comentários

Uma breve apresentação

Já estamos em rede desde sempre! Foi como num estalo que eu acordei para esta idéia. Em 1999, trabalhando no desenho de um projeto de fortalecimento institucional para 25 ONGs do estado de São Paulo, no então nascente Instituto Fonte - www.fonte.org.br - discutíamos a importância do diálogo, do conhecimento mútuo, da colaboração e da sinergia entre organismos afins a uma causa, a um território, etc. Na época, fazendo um MBA de Recursos Humanos na FEA-USP, decidi me aprofundar no tema. Foi amor… Continuar

Adicionado por Marina de Magalhães Carneiro de Oliveira em 11 fevereiro 2009 às 19:00 — 2 Comentários

Por uma web "mais social"

Caros colegas da Escola de Redes, vi esta notícia publicada no AdNews e achei interessante compartilhar com vocês.



Por uma web "mais social"

11/02/09



Com o objetivo de agregar pessoas que queiram tornar a web 'mais social', o Google estreiou seu novo blog “Social Web Blog”. Como o próprio slogan diz, o blog trará “novidades e atualizações sobre produtos do Google que estão ajudando a fazer a web mais social”.



Para aqueles que ainda não entenderam… Continuar

Adicionado por Luis Fernando Guggenberger em 11 fevereiro 2009 às 9:30 — Sem comentários

Do jornalismo em rede a uma rede de jornalismo, ou algo que o substitua na era da desintermediação

Provocado a pensar sobre minha relação com o tema das redes, vi minha carreira reduzida a uma imagem daquelas em que um macaco se arrasta, vai ficando ereto e vê as estrelas, um conjunto inominável de possibilidades.



Escrevo poemas desde os 8 e, também cedo, fantasiei e decidi, dentro de minhas possibilidades, ser jornalista. Fantasiei a vida de repórter, conhecendo gente interessante, viajando e mudando o curso das histórias. Com o impulso dos pais, tracei um caminho certeiro nessa… Continuar

Adicionado por Mário Salimon em 11 fevereiro 2009 às 7:16 — 1 Comentário

Olhar para além

Um Olhar para Além da Crise ________________________________________

Jane Patrícia Haddad –Pedagoga,Psicopedagoga e em formação Psicanalítica

Consultora Educacional, Palestrante e autora do livro:Educação e Psicanálise:Vazio existencial lançado pela editora WAK em abril de 2008

janepati@terra.com.br

www.janehaddad.com.br





Ser ou não ser? Eis a questão. Aprender para quê? Onde vou usar o que aprendo na Escola e na… Continuar

Adicionado por Jane Patricia Haddad em 11 fevereiro 2009 às 6:57 — 2 Comentários

Antônio Sales Rios Neto

¿Antônio Sales Rios Neto donde estás? Desconectado ? y el grupo Frotaleza? El grupo sobre complexidade?

Adicionado por Carlos Boyle em 10 fevereiro 2009 às 7:08 — Sem comentários

O Memex, o Xanadu e o Hipertexto

A origem formal do termo hipertexto remete ao período final da Segunda Guerra Mundial, quando houve a formação do “esforço de guerra dos cientistas americanos”, cujo coordenador era Vanevar Bush, que já nos anos 30 havia concebido a calculadora analógica que propiciou o financiamento do projeto Eniac, que viria a ser a primeira calculadora eletrônica digital. No texto “As we may think” (Bush 2002 (1945)), Bush propõe imaginariamente um dispositivo chamado Memex, que funcionaria por associações… Continuar

Adicionado por Amauri Lobo em 10 fevereiro 2009 às 6:30 — 1 Comentário

CLAY SHIRKY

Creio que vale a pena assistir o vídeo do Clay Shirky (entrevista on crowd sourcing): foi uma dica da Fabs. Está com legendas em português. Mas para assistir tem que clicar em dotsub pois não estou conseguindo postá-lo aqui.



José Murilo, em Ecologia Digital faz o seguinte comentário sobre o novo livro de… Continuar

Adicionado por Augusto de Franco em 9 fevereiro 2009 às 7:00 — 1 Comentário

Análise de Rede e Desenvolvimento Rural Sustentável da Agricultura Familiar: Um Estudo no Distrito de Galante-PB.2008

Autores : Yêda Silveira Martins Lacerda

Ricardo Luiz Martins Lacerda

José Ivson de L Martins Júnior

Israel de Freitas Silva



RESUMO



A análise de rede não é um fim em si mesma, mas um instrumento de avaliação crítica das estruturas ou ambiente estrutural e sua relação com os atores. “A estrutura é considerada tanto como uma rede de relações quanto um constrangimento” que opera sobre as preferências pessoais, padrões de comportamento, opiniões individuais,… Continuar

Adicionado por YÊDA SILVEIRA em 8 fevereiro 2009 às 15:50 — 4 Comentários

Deixai o saber sobre o saber, ó vós que entrais!

"Na entrada do inferno de Dante está escrito:



DEIXAI A ESPERANÇA, Ó VÓS QUE ENTRAIS.



No ponto de partida desta viagem deveria estar escrito:



DEIXAI O SABER SOBRE O SABER, Ó VOS QUE ENTRAIS."





Creio que cabe aqui uma apreciação das colocações do Bruno Latour, autor do livro "Ciência em Ação: como seguir cientistas e engenheiros sociedade afora". O autor faz um estudo da construção das verdades e do discurso tido como científico. Um dos pontos… Continuar

Adicionado por Clara Pelaez Alvarez em 8 fevereiro 2009 às 13:30 — Sem comentários

Gestor de redes sociais: conheça uma das carreiras quentes em tecnologia

Cargo é aposta para profissionais familiarizados com redes sociais e conectados com novas tecnologias de interação na rede.



Por Rodrigo Afonso, repórter do COMPUTERWORLD

30 de janeiro de 2009 - 07h00



Hoje, é impossível para uma empresa ignorar a web. Muitas companhias, no entanto, ainda estão distantes das redes sociais e comunidades on-line,… Continuar

Adicionado por Cláudia Amaral em 8 fevereiro 2009 às 9:23 — 3 Comentários

Finding control in chaos

Esta matéria da Scientific American aborda uma questão muito pertinente... Aliás, vivenciamos isso por aqui!



Finding Control in Chaos

Feeling helpless leads us to see nonexistent patterns

By Siri Carpenter





Even the most laid back among us crave a sense of control, and when we feel helpless we scour our surroundings for anything that will restore predictability. New research shows that when we lack control we don’t simply wait for order to return: we impose… Continuar

Adicionado por Clara Pelaez Alvarez em 8 fevereiro 2009 às 8:39 — Sem comentários

EDUCAÇÃO PARA A DEMOCRACIA

Aprender democracia é desaprender autocracia



Estou reeditando meu Itinerário de Leituras Fundamentais. A parte final, dedicada às leituras sobre política, ainda está desatualizada. Por enquanto vou complementando aqui, com um texto relativamente completo sobre o assunto, que publiquei no início de setembro de 2008, intitulado



EDUCAÇÃO PARA A… Continuar

Adicionado por Augusto de Franco em 8 fevereiro 2009 às 5:00 — 4 Comentários

MEU ITINERÁRIO DE LEITURAS FUNDAMENTAIS

Meu Itinerário de Leituras Fundamentais está ficando pronto. Hoje trabalhei um pouco nele, colocando fotos. Falta atualizar a parte final. Mas creio que já vale uma olhada. Basta clicar aqui.

Adicionado por Augusto de Franco em 7 fevereiro 2009 às 18:00 — Sem comentários

Para Deleuze e Guatari, rizoma é...

“Diferentemente das árvores ou de suas raízes, o rizoma conecta um ponto qualquer com outro ponto qualquer e cada um de seus traços não remete necessariamente a traços de mesma natureza; ele põe em jogo regimes de signos muito diferentes, inclusive estados de não signos. O rizoma não se deixa reconduzir nem ao Uno nem ao múltiplo.”

Gilles Deleuze e Felix Guatari
(Deleuze 1996) pp. 32

Adicionado por Amauri Lobo em 7 fevereiro 2009 às 15:42 — Sem comentários

A BOA SÍNTESE DE CAPRA (2007)



Desde que publicou O Tao da Física em 1975, Fritjof Capra vem cumprindo um importante papel no questionamento do velho paradigma (mecanicista) e na investigação dos elementos que poderiam compor um novo paradigma (sistêmico). As corporações acadêmicas, é claro, torceram o nariz. Elas não gostam muito de gente que publica para leigos. Os livros de Capra fazem o que os seus pares não podem - ou querem - fazer: apresentam visões de conjunto… Continuar

Adicionado por Augusto de Franco em 7 fevereiro 2009 às 7:00 — 3 Comentários

Arquivos mensais

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

1999

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço