Escola de Redes

Wellington Bernardino Parreiras
  • Masculino
  • Belo Horizonte, MG
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos (1)
  • Eventos
  • Grupos (12)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Wellington Bernardino Parreiras

  • Tályta Henya Alencar Silva
  • Denise Alves dos Santos
  • Lidia Eliane
  • Joana Freire
  • Ignacio Muñoz Cristi
  • Valéria Araujo Drigo
  • Rodrigo Marcos de Jesus
  • Ana Celia Minuto de Campos
  • salomao ferreira de souza
  • Heloísa Bueno de Moraes
  • Angela Regina Pilon Vivarelli
  • Carolina Sudati
  • Juliana Rocha Barroso
  • Nilce
  • Lígia Dutra

Grupos de Wellington Bernardino Parreiras

 

Página de Wellington Bernardino Parreiras

Informações do Perfil

Você está disposto(a) a ler até o fim o texto Sobre a constituição da Escola-de-Redes?
Sim!
Este não é um site de relacionamentos. Você está ciente dos objetivos da Escola-de-Redes?
Sim!

Caixa de Recados (4 comentários)

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Às 14:39 em 30 novembro 2011, Tályta Henya Alencar Silva disse...

Obrigada Wellington! Estou aqui tentando reconhecer o espaço de aprendizagem..hehehe

Às 18:50 em 2 maio 2010, Joana Freire disse...
Obrigada!
Às 9:05 em 7 março 2010, Mila San disse...
Muito grata pela mensagem, tão personalizada, Wellington.

Acredito que todo mundo está apenas tentando ser feliz, mesmo quem se equivoca. Realmente, é triste que nem todos enxerguem a sua própria saúde na felicidade dos próximos, ou na coexistência pacífica com a natureza e as outras espécies. As pessoas competem demais o tempo todo e agindo assim acreditam que ganham quando os outros perdem. Mas o todo perde a cada vez que um perde. É a grande ignorância do capitalismo.
O que me tranquiliza e motiva, é que a tendência a todo o planeta se organizar cada vez mais em rede vai equilibrar muito rápido isso. É o que venho identificando em meus estudos. Acho que a humanidade está melhorando e cada vez mais pessoas aprenderão a ver um mundo sem concorrências.
De qualquer maneira, a diversidade está aí cada vez mais soberana, e na escala da evolução, quem deixa os outros pra trás, acabará ficando pra trás.

Portanto, é só a gente continuar aprendendo e sendo do jeitinho que somos, que seremos cada vez mais pessoas com espírito elevado.

Prazer em conhecer uma delas.
Às 6:18 em 17 fevereiro 2010, Angela Regina Pilon Vivarelli disse...

 
 
 

© 2017   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço