Escola de Redes

Gilséia Baraniuk
  • Feminino
  • Curitiba, Paraná
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos
  • Eventos
  • Grupos (2)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Gilséia Baraniuk

  • Maria Cristina Ferreira
  • Bia de Paula
  • Mariana Malanski Magalhães
  • Lorena Mota Negreti
  • Louise Francine Garcia Pereira
  • Vanessa Souza Santos
  • Carolina Campos
  • Adriana Alves Dias
  • Lucas Gabriel de Marins
  • Vinícius Vieira Dias
  • luiz carlos boriollo
  • Gislane Aparecida de Syllos
  • Lissia Stinghen Chagas
  • Nathália Oliani
  • Flávia Louise Assis Padilha

Grupos de Gilséia Baraniuk

 

Página de Gilséia Baraniuk

Caixa de Recados (5 comentários)

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Às 9:55 em 4 janeiro 2010, Ana Maria Ferreira Ribas disse...
Ola Gilseia, vou falar com a Clemir e assim que decidirmos mais ou menos a data e a sua disponibilidade, daremos retorno.
Abraços
Ana Ribas
Às 7:30 em 4 janeiro 2010, Ana Maria Ferreira Ribas disse...
ola Gilseia, tudo bem? Feliz 2010. Estamos te esperando para o nosso Projeto!
Um abraço Ana Ribas
Às 14:39 em 20 agosto 2009, Ana Maria Ferreira Ribas disse...
Ola tudo bem? Ate que enfim encontrei uma pessoa que a conheço além do Augusto de Franco.
Abr Ana Ribas
Às 20:19 em 26 janeiro 2009, Clovis Coelho disse...
Ola Gilséia,tudo bem, que bom encontrar voce na rede , espero poder contribuir e aprender bastante com voces.
abraços
Clovis.
Às 9:40 em 26 janeiro 2009, José Celso Carbonar disse...
Bom. Vamos sim repensar que desenvolvimento e que Brasil queremos. Estamos diante de oportunidade ímpar em que a Economia Volátil, financeira, especulativo que os próprios Estados terão que auxiliar (infelizmente). Defendo sim que uma nova sociedade possível se novos seres humanos se conscientizarem para isso. Qualquer transformação social há que passar primeiro pelo indivíduo, caso contrário terá tempo de duração e as gerações atuais e futuras sofrerão as consequências de nossa ignorância a respeito do que realmente seja um desenvolvimento humano, integral, evolutivo de forma ascendente, equilibrado, em todos os apectos (materiais, sociais, espirituais, morais, psicológicos, culturais, amibientais...) enfim, ter (o indivíduo) a conquista da almejada felicidade humana. Vamos dialogar muito sobre uma economia mais humana, equilibrada, mais solidária. Veja nossas construções coletivas no www.fbes.org.br
 
 
 

© 2017   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço