Escola de Redes

Dirceu Melo
  • Masculino
  • Augustinópolis, TO
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Amigos de Dirceu Melo

  • Ana Silva
  • Silvia Lacerda
  • Raphael Leonard de Oliveira
  • Antonio José Roveroni
  • Luiz de Campos Jr
  • Sergio Storch
  • Maria Thereza do Amaral
  • Julio Carvalho
  • Augusto de Franco

Grupos de Dirceu Melo

 

Página de Dirceu Melo

Quem sou eu?

Apesar de não estar conseguindo muito tempo para acessar a Escola-de-Redes, eu pude observar que várias pessoas estão reclamando que muitos se conectam à E=R e não se apresentam, não compartilham sua caminhada até aqui, seus propósitos, planos, etc. Em outras palavras, elas se conectam à E=R, mas não mostram o desejo de se conectar às pessoas. Eu, por exemplo, poderia me encaixar nesse grupo, pois já estou conectado há algum tempo e praticamente não realizei nenhuma atividade. Por este motivo, resolvi escrever este post para poder falar um pouco de mim, de como vim parar aqui e o que espero nesse caminho.
Tenho 23 anos, sou graduado em Administração de Empresas, tendo concluído o curso no segundo semestre de 2008. Atualmente estou concluindo o curso de Especialização em Gestão Ambiental.
Sempre fui envolvido com protagonismo juvenil. Aos 14 anos ingressei numa Escola Agrotécnica Federal, sempre procurando me engajar no movimento estudantil. Foi nessa época que comecei a aprender a me virar sozinho, uma vez que, querendo ou não, tinha que sair da barra da saia da minha mãe. Quando fui expulso no terceiro e último ano de escola (não dá pra entrar em detalhes, mas posso dizer que quando você vai contra o sistema, não agrada muitos professores, mas mesmo assim tira ótimas notas, existe uma grande possibilidade do corpo docente não ter muita simpatia por você), voltei para a minha cidade.
Logo em seguida, aos 16 anos, por influência de alguns amigos, acabei conhecendo a metodologia DLIS, através do fórum de DLIS da minha cidade. No Tocantins, o DLIS teve muita força por um bom tempo, devido a um programa do Governo do Estado em parceria com o SEBRAE, que mantinha Agentes de Desenvolvimento nas regiões, atuando como facilitadores do programa nos municípios. Por coincidência, uma grande amiga, a Rosana Oliveira (@rosanateca), era Agente de Desenvolvimento, e a contaminação com o vírus do Desenvolvimento Local foi inevitável. Tanto que, mesmo muito jovem, cheguei a fazer parte da Equipe Gestora do Fórum na minha cidade.
No entanto, por diversos motivos, o fórum acabou por esvaziar-se, com o fim do apoio do Governo do Estado e do SEBRAE e, consequentemente, dos representantes do Poder Público Municipal. Sinal que ainda não estava pronto para caminhar por si só...
Continuei envolvido com o movimento estudantil, paralelo ao trabalho com o DLIS e após o esvaziamento do Fórum. Ajudei a organizar alguns eventos nesse sentido e participei de vários outros. Nesse meio tempo, foi incubado o projeto de uma ONG na cidade, mas as circunstâncias acabaram por afastar um pouco as pessoas da idéia.
Ingressei no curso de Administração de uma faculdade particular pelo PROUNI do Governo Federal, com a minha nota do ENEM, na primeira turma do programa.
Desde o segundo semestre do curso, havia decidido falar na minha monografia sobre alguma coisa relacionada ao Desenvolvimento Sustentável, assunto que me ainda me fascinava (e fascina até hj), sendo que estudei e escrevi sobre a Responsabilidade Social das Empresas.
Antes de terminar o curso de graduação, iniciei pós-graduação em nível de Especialização em Gestão Ambiental. Agora, na etapa final do curso, acabei conhecendo a E=R e me interessando sobre o assunto.
Apenas com algumas leituras prévias, já pude perceber a complexidade da temática e como o assunto é extremamente interessante. As possibilidades que as redes sociais permitem e os fenômenos que podem ocorrer são tantos e profundos, capazes de mudar o mundo como o conhecemos em muitos aspectos.
Pra finalizar, eu costumo dizer para os meus amigos que eu não quero ser mais um na multidão. Que eu vou fazer uma coisa tão grande, mas tão grande, mudar o mundo te tal forma que daqui a uns 200 anos (se o mundo agüentar até lá) ainda vão lembrar e falar de mim. Haverão escolas, hospitais, cidades com o meu nome. Meus bisnetos receberão homenagens e haverão filmes contando a minha história. Agora, só falta fazer. E acho que entendendo as redes e ajudando as pessoas a entendê-las, eu posso contribuir para um mundo melhor. Se não puderem ter escolas, hospitais ou cidades com o meu nome, tudo bem, se eu ajudar a contruir um mundo melhor, mais democrático (no sentido “forte” do termo) e cooperativo para o futuro.

Blog de Dirceu Melo

Sobre a fraqueza das organizações

Na recente ação policial nos principais redutos do tráfico de drogas no Rio de Janeiro, na Vila Cruzeiro e no Complexo do Alemão, chamou-me a atenção a fragilidade que essa organização criminosa, que tanto assustava a população e as autoridades locais, demonstrou frente ao poderio da polícia e das forças armadas.



Surgiu, então, um questionamento em especial que me chamou a atenção: aonde foi parar toda aquela FORÇA dessa organização que muitos temiam, mas TODOS… Continuar

Postado em 30 novembro 2010 às 23:27

Uma idéia de interface para uma plataforma de Netweaving

Olá!



Apesar de ainda estar engatinhando (quase sentado ainda) no estudo das redes sociais, tive alguns insights por estes dias (minha namorada achou que eu estava meio divagando, enfim) que eu gostaria de compartilhar (sob o risco de falar besteiras) sobre algumas possíveis características de uma plataforma de netweaving.



Na verdade, eu estava pensando num tweet do Augusto de Franco (… Continuar

Postado em 5 agosto 2010 às 12:18 — 2 Comentários

Quem sou eu...

Apesar de não estar conseguindo muito tempo para acessar a Escola-de-Redes, eu pude observar que várias pessoas estão reclamando que muitos se conectam à E=R e não se apresentam, não compartilham sua caminhada até aqui, seus propósitos, planos, etc. Em outras palavras, elas se conectam à E=R, mas não mostram o desejo de se conectar às pessoas. Eu, por exemplo, poderia me encaixar nesse grupo, pois já estou conectado há algum tempo e praticamente não realizei nenhuma atividade. Por este motivo,… Continuar

Postado em 14 abril 2010 às 11:30 — 1 Comentário

Fotos de Dirceu Melo

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Caixa de Recados (10 comentários)

Você precisa ser um membro de Escola de Redes para adicionar comentários!

Entrar em Escola de Redes

Às 22:24 em 14 junho 2011, Julio Carvalho disse...

Olá Dirceu!

Por acaso vc filmou o lançamento do Social Game O Melhor Lugar do Mundo?

Se por acaso vc souber de alguem que filmou , de alguma forma, vc poderia passar o link?

Vlw Dirceu! Obrigado!

Às 14:07 em 4 junho 2011, Julio Carvalho disse...
Então Dirceu! Acho q podemos começar linkar as coisas por aqui, q achas ? blz?
Às 8:47 em 3 junho 2011, Julio Carvalho disse...

Olá Dirceu!

Com certeza , podemos fazer, meu áudio ficou bom, só o lance de traduzir q não manjo nada..., filmei em 16:9 ...

Teriamos q falar com o Augusto , pois a Lilo.Tv tbm filmou para a E=R, provavelmente até captaram o áudio dos tradutores, acho q eles vão disponibilizar o material semana q vem, vc pergunta p/ ele?

Grande Abraço Dirceu!

Vamos nos falando ok!

Às 11:59 em 25 maio 2011, Maria Thereza do Amaral disse...

.

O rapaz que adora fotos !

.

 

Às 10:58 em 3 maio 2010, Ana Silva disse...
Bom dia Dirceu!
Obrigado pelo convite de amizade.
Desculpe-me no atraso da resposta, mas estava em viagem, só voltei neste fim de semana.
Bom se você tem interesse em saber porque fiz uma MBA de Gestão Ambiental,sendo médica, vou compartilhar com vc. Após anos e anos praticando incansavelmente a medicina, percebi que sem políticas eficientes em gestão ambiental, a gente fica meio que "andando sem sair do lugar", pois a saúde publica e populacional depende de importantes fatores ambientais. Bom, num primeiro tempo, foi isso que me motivou a voltar a estudar, depois comecei a gostar tanto, que parti para outros tipos de cursos, para poder ter uma amplitude intelectual, pois a medicina é uma das profissões mais massificantes e bitolantes que eu conheço!! A partir do curso de gestão, iniciei outra faculdade, agora estou cursando faculdade de Engenharia de Software, e nem me pergunte porque..rsr!!
Grande abraço, e espero que possamos compartilhar ideias e sugestões na área ambiental e como amigos! ( Se precisar algo de computação, talvez possa ajudar, mas ainda estou no começo...rssr!)
Às 11:09 em 29 abril 2010, Augusto de Franco disse...
Pode publicar sim, Dirceu. Desde que seja um assunto compatível com o escopo da E=R e que seja entregue ao Domínio Público. Mas é bom avisar antes. Abraços.
Às 11:32 em 28 abril 2010, Luiz de Campos Jr disse...

Legal Dirceu!

Só não divide que eu somo: nada de experto, exlonge, peão, bispo, torre...

:-) Abs, Luiz CJr.

Às 15:27 em 22 abril 2010, José Celso Carbonar disse...
Dirceu. Como você sabe vim ao Tocantins completar a resistência do Araguaia. Agora com tecnologias, com articulações, com planejamento e muita partipaçao popular. Claro, estou falando de Desenvolvimento Sustentável Solidário (solidário: leia-se humanamente mais correto). Estive em Augustinópolis no último dia 06 onde um fórum regional de desenvolvimento (mais humano, mais solidário) foi implantado. Não recordo de você, mas, sei de sua luta. Continuo nessa revoluçao humana na busca de um desenvolvimento que traga paz, felicidade e mais equílíbrio às pessoas, mas, o processo é muito questão (também) individual. Não devemos nos esmorecer porque o planeta e as gerações futuras precisam de bons legados. Um abraço a você e muito sucesso na luta diária por uma vida mai elevada, humana, para si, para os seus e para todos do planeta. Com uma humanidade nova (mais evoluida ou evolucionando continuamente) haverá o tão sonhado mundo novo.
Às 6:41 em 16 abril 2010, Sergio Storch disse...
Dirceu, obrigado pelo feedback. Me encorajou a propor uma campanha estruturada no sentido de motivar todos a que se apresentem. É uma prática de netweaving que eu acredito ser fundamental para que as redes intensifiquem a sua fluição.
Podemos fazer aqui uma ponte entre a teoria e a prática do netweaving.

Um abraço
Sérgio
Às 13:39 em 14 abril 2010, Sergio Storch disse...
Olá Dirceu
Sua apresentação está muito bacana. Uma sugestão: se você transcrevê-la para a Caixa de Texto que tem na sua Minha Página, ela terá visibilidade a qualquer momento que alguém clicar no seu nome. No blog ela vai descendo sob o peso dos posts mais recentes.

Um abraço e boa trilha aqui na E=R

Informações do Perfil

Você está disposto(a) a ler até o fim o texto Sobre a constituição da Escola-de-Redes?
Sim
Este não é um site de relacionamentos. Você está ciente dos objetivos da Escola-de-Redes?
Sim
 
 
 

© 2018   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço