Escola de Redes

A TERCEIRA INVENÇÃO DA DEMOCRACIA

Informação

A TERCEIRA INVENÇÃO DA DEMOCRACIA

Grupo para escrever interativamente o livro A Terceira Invenção da Democracia. O livro está sendo escrito também em um grupo do Facebook 

Membros: 105
Última atividade: 4 Out

A TERCEIRA INVENÇÃO DA DEMOCRACIA

O livro está sendo escrito também no Facebook, no grupo http://www.facebook.com/groups/163556837146342/

 

 

A versão mais atual do texto está neste link. Ignore todas as outras contidas em outras páginas, fóruns e inclusive a que está no slideshare!

 

PARA CONTINUAR COCRIANDO CLIQUE NOS LINKS ABAIXO

 

I - DEMOCRACIA DISTRIBUÍDA

Que a organização de suas instituições espelhará mais um padrão de rede (estruturas mais distribuídas do que centralizadas) do que de hierarquia (estruturas mais centralizadas do que distribuídas).

Espaço para conversação cocriativa

 

II - DEMOCRACIA INTERATIVA

Que sua dinâmica será mais interativa do que participativa ou adesiva.

Espaço para conversação cocriativa

 

III - DEMOCRACIA DIRETA

Que ela adotará procedimentos diretos mais interativistas (abertos à interação fortuita, em tempo real) do que assembleístas-participacionistas (seguindo pautas previamente estabelecidas por alguma coordenação centralizada).

Espaço para conversação cocriativa

 

IV - DEMOCRACIA COM REVOCABILIDADE

Que ela combinará procedimentos diretos interativos com procedimentos representativos (porém transitórios, com representações revogáveis a qualquer momento).

Espaço para conversação cocriativa

 

V - DEMOCRACIA COM LÓGICA DA ABUNDÂNCIA

Que ela se guiará mais pela lógica da abundância do que pela lógica da escassez (ou seja, utilizará cada vez menos modos de regulação de conflitos que introduzam artificialmente escassez: como a votação, a construção administrada de consenso, o rodízio e o sorteio).

Espaço para conversação cocriativa

 

VI - DEMOCRACIA DE MULTIDÕES E COMUNIDADES

Que seus atores serão mais pessoas interagindo em multidões consteladas e em comunidades configuradas para a convivência do que indivíduos figurando em massas arrebanhadas ou sendo chamados periodicamente a influir na vida política como eleitores solitários.

Espaço para conversação cocriativa

 

VII - DEMOCRACIA COOPERATIVA

Que a formação democrática da vontade política terá mais como fonte originária a cooperação voluntária, com a convergência comunal de desejos pessoais para contender com um problema ou realizar um projeto, do que a liberdade individual de opinar protegida da interferência do Estado (segundo a visão liberal) ou do que o reino público constituído pela argumentação discursiva (segundo as visões do republicanismo político e do procedimentalismo democrático).

Espaço para conversação cocriativa

 

VIII - DEMOCRACIAS GLOCAIS

Que ela terá diversas "fórmulas" glocais e não mais uma única fórmula pretensamente global (ou internacional, como ocorreu com a segunda democracia).

Espaço para conversação cocriativa

 

IX - ZILHÕES DE SOCIOSFERAS DEMOCRÁTICAS

Que ela será realizada em miríades de sociosferas e não em apenas menos de duas centenas das unidades político-territoriais centralizadas (chamadas de países ou Estados-nações).

Espaço para conversação cocriativa

 

X - ILHAS DEMOCRÁTICAS NA REDE

Que ela coexistirá marginalmente e por tempo indeterminado com as democracias realmente existentes (incluindo as democracias plenas, as democracias parasitadas por regimes manipuladores e as democracias em processo de autocratização) e também com protoditaduras florescentes e ditaduras remanescentes.

Espaço para conversação cocriativa

Fórum de discussão

COCRIAÇÃO V - DEMOCRACIA COM LÓGICA DA ABUNDÂNCIA 1 resposta 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Marcio Hiroshi Okabe 6 Maio, 2016.

AINDA DÁ TEMPO

Iniciado por Augusto de Franco 21 Jun, 2014.

DEMOCRACIA E REDES SOCIAIS 5 respostas 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 12 Jun, 2014.

UMA CONVERSA SOBRE A NOVA POLÍTICA NA SOCIEDADE-EM-REDE 3 respostas 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 12 Jun, 2014.

FAQ | SAIBA TUDO SOBRE DEMOCRACIA E REDES SOCIAIS

Iniciado por Augusto de Franco 7 Jun, 2014.

UM NOVO CONCEITO DE REVOLUÇÃO 1 resposta 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Eliane Cristina de Castro 19 Abr, 2014.

A TERCEIRA INVENÇÃO DA DEMOCRACIA - VERSÃO COMPLETA DO TEXTO BASE 7 respostas 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 18 Dez, 2013.

CARTOGRAFIA DE ESPAÇOS HÍBRIDOS: AS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO DE 2013 1 resposta 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 14 Nov, 2013.

Black Blocs: A origem da tática que causa polêmica na esquerda 9 respostas 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Lúcio dos Santos Ferreira 16 Out, 2013.

REINVENTAR A DEMOCRACIA 1 resposta 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Raquel Melo 24 Set, 2013.

COCRIAÇÃO II - DEMOCRACIA INTERATIVA 2 respostas 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Rafa Almeida 23 Set, 2013.

COCRIAÇÃO VII - DEMOCRACIA COOPERATIVA 1 resposta 

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 9 Jul, 2013.

A liderança-cidadã germinando a democracia interativa

Iniciado por Ruy de Alencar Mattos 8 Jul, 2013.

COCRIAÇÃO X - ILHAS DEMOCRÁTICAS NA REDE

Iniciado por Augusto de Franco 8 Jul, 2013.

COCRIAÇÃO IX - ZILHÕES DE SOCIOSFERAS DEMOCRÁTICAS

Iniciado por Augusto de Franco 8 Jul, 2013.

COCRIAÇÃO VIII - DEMOCRACIAS GLOCAIS

Iniciado por Augusto de Franco 8 Jul, 2013.

COCRIAÇÃO VI - DEMOCRACIA DE MULTIDÕES E COMUNIDADES

Iniciado por Augusto de Franco 8 Jul, 2013.

COCRIAÇÃO IV - DEMOCRACIA COM REVOCABILIDADE

Iniciado por Augusto de Franco 8 Jul, 2013.

COCRIAÇÃO III - DEMOCRACIA DIRETA

Iniciado por Augusto de Franco 8 Jul, 2013.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de A TERCEIRA INVENÇÃO DA DEMOCRACIA para adicionar comentários!

Comentário de taciana carneiro lima assuncao em 29 junho 2013 às 8:05

O entendimento do clamor das ruas passa por uma visão histórica de nossa cultura. Temos um povo costumizado em vir á terra, enriquecer e voltar para a pátria de origem. Isto, no que tange aos nossos colonizadores. Um povo indígena que via na porfias nacionais dos colonizadores, um forma de ganho e de troca, sempre em constante mudanças. E nos oriundos da África, uma constante saudade de uma terra distante acoplada de um não possuir o que nunca foi seu de fato. Esta miscigenação criou uma cultura difícil de ser reparada, pois ainda se percebe tal atitude nos dias de hoje, mesmo com o imenso clamor , o das ruas, como aqui se denomina, e que denomino como marcha das emoções variadas, já que não existe informação das causas reais, unificada por todos estes manifestantes.

Comentário de taciana carneiro lima assuncao em 29 junho 2013 às 7:58

As ausências dos poderes legais diante das modificações sociais e históricas não eficazes, bem como, pela desestruturação econômica nas sociedades subdesenvolvidas em termos sociais e humanos tornam estes responsáveis por tal descumprimento dos artigos constitucionais tidos como cláusulas pétreas.. Em geral, as ações públicas voltadas ao combate da pobreza foram, e ainda o são implantadas, levando em conta o viés político das urnas, em detrimento da verdadeira mudança
social e da visão de uma justiça inexistente, repassada ao povo na figura ausente de seus juízes, que a meu ver, deveriam estar mais presentes junto ao povo, no concretizar do verdadeiro espírito da lei. A democracia, em qualquer tempo e não somente hoje, nada mais é do que a prática da justiça no meio de um povo.

Comentário de Augusto de Franco em 25 junho 2013 às 19:35
Comentário de Augusto de Franco em 25 junho 2013 às 19:35

Link para não perder http://vimeo.com/68870462

Comentário de Augusto de Franco em 23 junho 2013 às 19:53

7 TEXTOS SOBRE O JUNHO DE 2013 NO BRASIL

FRANCO, Augusto (2013): Guerra ou Paz?

FRANCO, Augusto (2013): Para entender as manifestações de junho de 2013

FRANCO, Augusto (2013): As multidões de junho diante da bifurcação

FRANCO, Augusto (2013): O embuste da conspiração da direita

FRANCO, Augusto (2013): Decifrando a velha política

FRANCO, Augusto (2013): Cola com nós, mano, que tu brilha

FRANCO, Augusto (2013): Só a paz é revolucionária

Comentário de Augusto de Franco em 17 junho 2013 às 10:38
Comentário de Augusto de Franco em 7 junho 2013 às 6:43

Outro link para não perder http://www.facebook.com/roarmag

Comentário de Augusto de Franco em 2 junho 2013 às 16:08

Mais links para não perder: http://www.democraciarealya.es/

Comentário de Claudio Estevam Próspero em 24 maio 2013 às 17:48

Também existe página no Facebook:

Internetocracia - Brasil | Facebook

Esta página é um espaço para discussão sobre "Internetocracia" , algo como Democracia intensificada pela WEB...

www.facebook.com/InternetocraciaBrasil

 

Comentário de Claudio Estevam Próspero em 24 maio 2013 às 17:48

Car@s, boa noite.

     Abaixo referências de postagens de blog relacionadas ao assunto.

      "Internetocracia”, algo como Democracia intensificada pela WEB...

 

Política 2.0 - Yes, WIKI CAN: A Era que está Nascendo: da Internetocracia (1ª. Parte)...

3 maio 2012 ... A Era que está Nascendo: da Internetocracia (1a. parte).
16 de maio de 2012... Um Internetocracia não pode existir em qualquer nação industrializada hoje porque suas constituições não vão apoiá-la. Isso porque a ...
Política 2.0 - Yes, WIKI CAN:A Era que está Nascendo: da Internetocracia (3a. parte) - Os argumentos contra e suas refutações
16 de outubro de 2012 A Era que está Nascendo: da Internetocracia (3a. parte).
 
 
 

© 2018   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço