Escola de Redes

PENSANDO UMA PLATAFORMA DE NETWEAVING

Informação

PENSANDO UMA PLATAFORMA DE NETWEAVING

Grupo para descrever as características de uma plataforma de articulação e animação de redes sociais mais adequada à Escola-de-Redes e a outras redes

Membros: 190
Última atividade: 13 Dez, 2018

O QUE FARÁ ESTE GRUPO

Este grupo nasceu dos comentários ao blogpost NING PASSARÁ A SER COBRADO.

Começamos a colecionar indicações sobre alternativas ao Ning (ver abaixo). Mas, talvez, não para escolher uma nova plataforma neste momento para a Escola-de-Redes e sim para examinar as características das alternativas apresentadas. Um de nossos objetivos (da E=R) é criar tecnologias de netweaving. Então estamos diante de um desafio: pelo menos descrever o que deveria conter uma ferramenta virtual de articulação de redes sociais.

UMA LISTA NÃO-ORGANIZADA DE PLATAFORMAS MAIS OU MENOS INTERATIVAS

 

Plataforma FLUZZ (em discussão aqui na E=R)

 

https://lorea.org/index.html.es e https://n-1.cc/pg/expages/read/About/

 

http://sneer.me/

 

Sua rede


Ning

Elgg

BuddyPress

Noosfero

Drupal

Diaspora (em construção) => Foi desenvolvido http://diasporafoundation.org/

Boonex

A.m.i.g.o.s

Meezoog

Wackwall

Bubbl.us

Socialwok

Yuku

Grouply

Sugarlabs

Groupsite

CubeTree

Jabbster

ShoutEm

Edmodo

Kunigo

People Movers

Confluence ((wiki, que pode ter plugins: um deles é "Community Bubbles")

Junto (em projeto)

Lovd By Less

SocialGO

Spruz

Stoa

Grou.ps

Wikimedia Brasil

ColaboraCom

Posterous

Google Docs

Google Groups

Google Sites

Linked In

Facebook

MySpace

Orkut

Fórum de discussão

A PRÁTICA DO NETWEAVING 1 resposta 

Hoje cedo tive um problema com a plataforma Ning da Escola-de-Redes. Deu um pau…Continuar

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de José Gilberto Formanski 27 Jan, 2014.

INDICADORES DE INTERATIVIDADE 38 respostas 

Resolvi abrir mais este tópico motivado por uma pergunta do Dirceu Melo em uma conversa que mantivemos no tópico…Continuar

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Flavia Amaral Rezende 2 Jun, 2012.

PLATAFORMA JUMO - ABRE O CÓDIGO - Co-fundador do Facebook cria rede social exclusiva para quem quer mudar o mundo.

Co-fundador do Facebook cria rede social exclusiva para quem quer mudar o mundo.WWW.JUMO.COM Abra JumoAs coisas aqui no Jumo estão se movendo rapidamente…Continuar

Iniciado por João Paulo Brandão Barboza 4 Jan, 2012.

HYPOTHES.IS

Hypothes.is - Taking peer review to the Internet.An Open…Continuar

Iniciado por Augusto de Franco 2 Jan, 2012.

Evgeny Morozov: o Facebook está contra a alegria

evgeny morozov28/11/2011 - 07h00Fonte: …Continuar

Iniciado por Augusto de Franco 28 Nov, 2011.

MEDINDO A INTERATIVIDADE NO TWITTER 4 respostas 

Isto aqui, pessoal, é apenas um exercício de provocação.Muita gente anda construindo indicadores para o Twitter. Todos são muito ruins, tentam, via de regra, captar o que chamam de 'influência' a partir de dados como: número de seguidores, número de…Continuar

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 4 Set, 2011.

Projeto Google+, a nova "rede social" do Google 13 respostas 

InícioLabsLiveFórum…Continuar

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 4 Set, 2011.

MULTRIBUIÇÃO 18 respostas 

RECIIS – R. Eletr. de Com. Inf. Inov. Saúde. Rio de Janeiro, v5, n.1, Mar., 2011[www.reciis.cict.fiocruz.br] e-ISSN 1981-6278* Artigo originalMultribuição: interação e colaboração em pesquisas em…Continuar

Iniciado por Augusto de Franco. Última resposta de Augusto de Franco 24 Ago, 2011.

SOBRE A QUESTÃO DA TELA

Apple Reveals Big Plans to Integrate Projectors into iOS Devices +…Continuar

Iniciado por Augusto de Franco 13 Ago, 2011.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de PENSANDO UMA PLATAFORMA DE NETWEAVING para adicionar comentários!

Comentário de Vera Maria dos Santos Moreira em 19 abril 2010 às 10:19
Concordo que devemos nos tornar mais leves para podermos ser nômades. O Fabiano resumiu o conteúdo: pessoas,publicações,discussões. As publicações podem continuar num sharing. As pessoas terão que se mudar, mas isso é uma oportunidade para ver quem realmente está ativo. Quanto às discussões, creio que quem inicia uma ou o grupo, deveria ao final fazer um resumo se houver alguma coisa que valha a pena registrar, senão esquece, é apenas uma conversa que pode dar frutos mais adiante.
Não entendo p.n. de informática, mas vou dar uma olhada nas plataformas sugeridas.
bjk
Vera
Comentário de Nilton Lessa em 19 abril 2010 às 10:08
Posto aqui dois comentários que havia feito aqui na ER relacionados ao tema.
------------
Comentário no blog NING PASSARÁ A SER COBRADO: MEUS 7 TWEETS DE ONT... >

Comentário no grupo Wiki Way.


Abs,
Comentário de Catherine Henry em 19 abril 2010 às 10:03
Quanto custa para manter a rede como e onde está? de repente algumas pessoas podem se interessar em doar $ para manter a Escola de Redes no Ning mesmo...
Comentário de bdieu em 19 abril 2010 às 9:55
Buddy Press é muito legal. Além de ser free é tb open source e vc pode tê-lo no seu servidor com seu próprio domain: escoladeredes.org por exemplo.
Comentário de Fabiano Morais em 19 abril 2010 às 9:52
o ponto de vista técnico deriva para uma pesquisa de plataformas. já temos um começo por aqui. conheço pessoas com perfil de desenvolvimento que já manifestaram interesse em contribuir de maneira viável.. vou traze-los à discussão.

já no pto de vista conceitual, percebo que existe uma sensação de 'muito'. o conteúdo se sobrepõe e as discussões saturam, ou seja, é um pouco difícil filtrar o que interessa e o resultado prático é de 'espantar o fregues'. dois exemplos: 1. o experimento de SNA. a principio me inscrevi, mas gastou-se uma energia tão grande em 'combinar' que perdi o T antes da coisa começar pra valer. outro exemplo, publiquei o post sobre amadorismo e redes .. depois de um tempo as respostas ficaram tão cumpridas que mesmo eu, que curto o assunto e provoquei o inicio da discussão deixei de acompanha-la.

penso num ambiente mais enxuto, com uma hierarquia de informações (palavrinha perigosa de se usar aqui :) mais bem definida. recursos limitados e alta porosidade para outros ambientes (ex. twitter)

basicamente temos: a) pessoas, b) discussões e c) publicações (a biblioteca) [artigos, livros, slides].

sobre b (discussões) estou super-interessando na experiencia #junto, proposta pela Venessa Miemis. já tem inclusive um prototipo no ar http://dave.parsons.edu/junto/ - o resumo da ópera é de um site em que duas pessoas inteligentes conversem ao vivo (com webcam) acompanhadas de uma caixa para texto (para referencias, links etc) e numa terceira coluna mostra-se o filtro de uma hash-tag do twitter (neste caso convencionou-se #junto, poderiamos usar #E_R.

minha forma de pensar é bem visual e acho q vou me fazer entender melhor com alguns rascunhos de arquitetura de informação (publicarei aqui nos prx dias)
Comentário de Vera Maria dos Santos Moreira em 19 abril 2010 às 9:49
O problema para mim não é o custo, é o princípio. Acho que devemos mesmo discutir outras plataformas e ,se acharmos outras alternativas boas, mudar e divulgar para todo lado. Desistência como ativismo. A mudança é uma oportunidade.
Comentário de Maria Thereza do Amaral em 19 abril 2010 às 9:23
.
Augusto, interessante a criação deste grupo.

Desde que li sobre o NING passar a ser pago ontem em um outro grupo, fiquei pensando em quais comunidades eu ajudaria a manter pelo que me dá em retorno, pela qualidade de comentários, material, aprendizado, prazer de ler e comentar, etc.

A Escola de Redes estrou na minha lista.
.
Comentário de Vera Maria dos Santos Moreira em 19 abril 2010 às 8:40
Creio que a Bebel tem alguma coisa a esse respeito.
 

Membros (190)

 
 
 

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço