Escola de Redes

Conforme combinamos em nosso encontro presencial de 12/09/2009, fica criado esse espaço, para que cada um, a seu tempo e critério próprio, possa inserir comentários, impressões, sentimentos, críticas, sugestões, relatos, depoimentos, propostas...etc... etc etc... oriundos a partir do encontro.
Penso que, dependendo do que possa surgir aqui, num futuro próximo possamos fazer um resumo e/ou síntese e apresentar a todos os membros do Nodo SP e da Escola de Redes como um todo

Exibições: 221

Respostas a este tópico

Olá pessoal do Nodo Sampa,

sinto-me privilegiado de ter a oportunidade de conhecer pessoas e experiências tão distintas. Fica sim um enorme sentimento de quero mais!
Agradeço ao Carlos, à Célia e à Lourdes pela organização do evento. Me disponibilizo com prazer para ajudar nos próximos.
Minhas impressões da nossa reunião:
1. Ganhamos com as apresentações individuais. Isso é fundamental para criarmos vínculos. Mas concordo que precisamos policiar melhor nossa boca e abrir mais nossos ouvidos. Me incluo nisso, por exemplo, por não respeitar o "apontador".
2. Adorei os diálogos sem conclusões. A diversidade de experiências, crenças, saberes nesse grupo é imensa e deve ser muito valorizada e aproveitada.
3. Talvez não seja necessário o tal alinhamento de conceitos sobre o que é uma rede. Mas faz-se necessário conhecermos as diferenças entre os tipos de redes. Por isso apresentei a sugestão de olharmos para características e propriedades de uma rede. Com esse olhar vamos perceber que uma rede de terrorismo ou de tráfico não se assemelha a uma rede distribuída. Uma rede distribuída possui características como isonomia (horizontalidade), insubordinação (todos são iguais politicamente), desconcentração de poder, multiliderança. Vocês acham que uma rede de tráfico funciona assim?
4. Saio com um dúvida. Na minha experiência, uma rede precisa fazer a passagem de um processo onde seus membros possuem objetivos em comum para objetivos comuns a todos. Apesar de todos terem o grande objetivo em comum de gerar transformações sociais para o benefício público, não estaria esse objetivo muito amplo? No caso do Nodo São Paulo os objetivos comuns a todos de aprender com a ferramenta NING e aprofundar o conhecimento sobre rede seriam suficientes?

Sobre as propostas, gostei do encontro informal e de realizarmos uma ação colaborativa.

Acho que o próximo encontro deveria acontecer no prazo de dois meses.

Por enquanto é isso.

Abraços.

RSS

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço