Escola de Redes

Informação

Nodo-Porto-Alegre

Conectados ou conectandos na Região Metropolitana de Porto Alegre à Escola-de-Redes. Nodo-POA foi o 3o., lançado em 27/10/2008.

Site: http://escoladeredes.ning.com/group/nodoportoalegre
Local: Porto Alegre
Membros: 72
Última atividade: 24 Set, 2013

6o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre

Agendado inicialmente para ocorrer no Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo, foi transferido para o escritório do Cezar Busatto, por ter fechado mais cedo em função do feriado de Páscoa.

Também ocorreu falha de comunicação entre o grupo sobre a data o 6o. Encontro, causando ausência e diversos membros.

Segue abaixo um resumo das discussões deste encontro, capturadas por Cezar Busatto. Estiveram presentes: Lonise Gerstner, Milton Moreira, Angela Bachieri Duarte, Miriam Linera, Cezar Busatto e Silvio Belbute.

- Escola de Redes como uma fonte onde se busca conhecimento sobre redes, sua formação, funcionamento, sustentabilidade.
- Um lugar para buscar conhecimento, um lugar de aprendizagem, a partir da troca de experiências e conhecimentos sobre atuação em redes sociais.
- O celular, mais do que a internet, foi utilizada para fazer netweaving na experiência de ação em rede do quarto distrito de Porto Alegre.
- Objetivo da rede é resgatar a praça pública, a ágora, o encontro e relação entre as pessoas, com liberdade e informalidade.
- Todos acham que as redes tem necessariamente uma causa, um objetivo, para acontecerem. A rede não existe por ela mesma?
- A questão da rede-mãe, a vida como estrutura em rede, a sustentabilidade como estrutura em rede.
- Enquanto tivermos um mundo hierarquizado, o esforço para horizontalizado não exige redes com objetivos?
- É possível redes distribuídas num mundo hierárquico? O caminho concreto parece ser no sentido da menor hierarquização, da maior distribuição.
- Como conviver numa estrutura hierárquica, quando nossa convicção é por redes distribuídas? É cada vez mais difícil. A alternativa é ficar à margem?
- A prática comum de viver diferentes personagens nos diferentes ambientes e situações que se vivem. E a nossa essência? Nosso verdadeiro eu?
- Quanto mais horizontal e em rede as relações,parece que mais verdadeiras são as pessoas e suas relações. É isso?
- Estimular o intercambio entre as pessoas, as viagens, o conhecimento de diferenrtes linguas, como fator de aprendizagem.
- A democratização na área das grandes gravadoras de música é exemplo de que o mundo caminha para mais horizontalização.
- Se na música foi possível, não será possível também na política? A política talvez como uma das áreas da sociedade mais verticais.

5o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre
Fragmentos capiturados por Marilia Forster de Freitas Lima durante o 5o. Encontro do Nodo-POA, quando as discussões foram acaloradas.

- Cezar: Objetivo de hoje: compartilhamento de experiências que nos proporcio-naram chegar à Escola de Redes.
Temos um novo participante. Queres te apresentar?
- Eu sou o Edgar. Sou formado em Administração de Empresas, Mestre em......, Doutor em......Trabalho em .......Penso que....(muito rápido).
- Cezar: Como chegaste à Escola de Redes?
- Edgar explica.
- Rita retoma diálogos anteriores que evidenciam a necessidade de conversarmos sobre a história de cada um com as redes. “ A gente vive em redes”. No RS Rita começou o processo de aprofundamento de estudos sobre Redes com as Redes Colaborativas locais, a partir da Parceiros Voluntários.....Descreve o processo de surgimento e desenvolvimento de Rede na Parcei-ros Voluntários. Fala em crises levando a resultados que deformam e descarac-terizam Redes: o surgimento, o desenvolvimento e a deteriorização das Redes..... Redes têm períodos de altos e baixos..... Rede é um processo dinâmico, rico e flexível....Experiência da Economia Solidária: .... de parceiros a concorrentes....O que move as Redes são as pessoas que nelas estão....O que me encanta nas Redes é o relacionamento entre as pessoas.
- Edgar: Dentro do Programa de Redes de Cooperação da SEDAI quem sai não entra mais... No RS rede é um processo formalizado. As Redes são feitas somente entre empresas que estão quebrando...
- Cezar: Este tipo de rede tem objetivos econômicos.
- Edgar: Um APL é uma Rede.
- Cezar: Rede tem muitos significados. Nós queremos estimular Redes de Pessoas.
- Rita: As redes de conhecimento são virtuais.
- Cezar: Que diferença há entre as redes? O que queremos? Construir uma rede de pessoas? As concepções que não vão fechando com o que a gente quer? É o interesse e a necessidade que origina a nova rede? O que queremos estudando Redes? Na tua experiência, Rita, quais são os fatores essenciais que geram as redes?
- Rita:
• Necessidade
• Ir em busca de outros tão inquietos com nós ou que tenham o mesmo foco
• Inquietação e objetivos geram e desenvolvem a rede
• A rede se constitui através dos articuladores
• Tem que haver quem articule
• Necessidade, inquietude e articulador geram a rede.
• Inquietude = não conformidade.
• Para a rede se manter é necessária a generosidade.
• Generosidade de conseguir administrar as incoerências
• Generosidade = flexibilidade.
• O grande desafio é a manutenção da continuidade.
- Cezar: Rede, me parece que tem a ver com Desenvolvimento Local. Rede tem a ver com territorialidade. “ Em nenhum momento falas em território, Rita.
- Rita: Para mim não é uma questão de territorialidade.
- Miriam: Isso existe desde que o mundo é mundo. Me parece que estamos discutindo o sexo dos anjos. Observe-se que, aparentemente, Miriam não está vendo proveito na discussão que vem se travando. Ela tenta, às vezes, interferir no debate e não tem oportunidades. Miriam reclama.
- Rita: O óbvio não é tão óbvio assim.
- Cezar: Territorialidade tem a ver com Desenvolvimento Local. Nodo POA...Nodo São Paulo....Então, qual é o pressuposto? Talvez tivesse mais sentido constituir Redes por causas.
- Edgar: Em Administração se usa o termo conectividade e não territorialidade.
- Marília: a Rede COEP......
- Gustavo: Conheci Augusto de Franco há pouco tempo e discordo dele em muitas coisas.....
- O Fórum RS, sua experiência.....Da hierarquia para a Governança....
- Edgar: Estruturalmente a Rede....
- A Rede tem seus teóricos...
- Sociologia Estrutural.....
- Cezar: Na linguagem comum hierarquia tem relação com poder.
- Ângela: ....que se tivesse uma posição mais profunda para poder contestar. Por que não hierarquia? Contestar suposto dogma ou uma nova proposta? .... Até que ponto conheço uma nova proposta se eu não sei como funciona?
- Cezar: Estamos totalmente contaminados pelas estruturas atuais. Quanto menos hierarquia melhor.
- Edgar: .... Eu quero ser boi da manada. Maio, dia 20, evento em Florianópolis tratando de Sociologia Econômica. Um dos eixos será análise de Redes Sociais.

O próximo encontro foi agendado para o dia 07/04, mas será realizado no dia 09/04.

4o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre

O 4o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre ocorreu no último dia 16/02, tendo como agenda o aprofundamento e discussão dos temas tratados na Escola-de-Redes.
Duas questões foram levantadas:
- O que nos leva a participar?
- O que nos conecta?
Nas discussões surgiram opiniões sobre as visões essencialmente teóricas e filosóficas. Muitos participantes sentem falta de exemplos concretos e práticos, aplicáveis ao dia-a-dia.
Na discussão "o que nos leva a participar?" foram levantados temas como objetivos pessoais e coletivos na Escola ou nos Nodos, de forma a motivar maior participação, com foco em ações práticas.
A troca de experiência práticas em rede ou de redes foi levantada pelos participantes como ponto fundamental para seqüência dos Encontros, saindo dos aspectos puramente teóricos. Alguns participantes colocaram em dúvida o surgimento de modelos puramente horizontais de redes distribuidas, avaliando a possibilidade de ação em modelos híbridos.
Como síntese do encontro, foram definidos interesses focados na aplicação de modelos horizontais na política, no desenvolvimento local, em organizações do 3o. setor e no meio empresarial. Telmo Martins e Silvio Belbute referiram a experiência que estão realizando na constituição de rede no modelo horizontal entre 4 pequenas empresas.
Ao final foi definida a data de 17/03/2009 para o 5o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre, que iniciará o ciclo de apresentações e experiências individuais dos participantes.

3o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre
Ocorreu ontem, dia 19/01, o 3o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre com as presenças de: Telmo Martins, Paulo Miranda, Rita Patussi, Cezar Busatto, Miriam Linera, Gustavo Abadie e Silvio Belbute.
O tema do encontro foi a apresentação dos participantes, com breve biografia e seus objetivos na Escola-de-Redes. Apesar das biografias e experiências profissionais distintas e diversas, podemos resumir os objetivos de todos como de "aprendizes", buscando conhecer mais e melhor a fenomenologia e aplicablidade prática das teorias de rede.
Outro ponto comum, foi a consideração de muitas das teorias serem de padrão elevado, algumas em linguagem de dificil compreensão e assimiliação.
Ao final do encontro foi marcada a data e tema do próximo, a ser realizado em 16/02. A tarefa será selecionar temas abordados na Escola-de-Redes, inclusive entre os artigos e livros publicados e selecionar aqueles que serão aprofundados pelo Nodo-Porto-Alegre, visando apresentar novas idéias ou mesmo idéias complementares.
Para uma maior participação dos membros, foi alterado o horário dos encontros, que passará a iniciar após as 19h.

Oficina "Trabalhando com a plataforma NING"

O Nodo-Porto-Alegre realizou, no último dia 22/12, das 17h15 às 19h30, a 1a. Oficina entitulada "Trabalhando com a plataforma NING".
Um dos objetivo foi apresentar as ferramentas e suas funcionalidades, demonstrando, através de exemplos práticos, para que servem e como utilizá-las.
Outro objetivo foi explicar as diferenças entre a Escola-de-Redes, blogs pessoais e sites de relacionamento, reafirmando os princípios da Escola.
A oficina foi realizada no escritório do economista Cézar Busatto que, além de ter gentilmente cedido o espaço, equipou-o com infra-estrutura disponibilizando acesso sem fio à rede, mesa de reuniões, entre outros itens que garantiram o conforto dos participantes.
Participaram da Oficina: Ângela Bachieri Duarte, Cézar Busatto, Eduardo Sejanes Cezimbra, Marilia Forster de Freitas Lima, Rita Patussi, Silvio Belbute e a sempre instigante Miriam.
Ao final da oficina o grupo definiu novo encontro para o próximo dia 19 de janeiro, no mesmo horário e local, com pauta aberta. Por sugestão do Cézar Busatto, aceita por todos, cada um deverá redigir um pequeno texto de 15 linhas, explicando suas motivações para participar da Escola-de-Redes.

2o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre

Realizamos ontem o 2o. Encontro do Nodo-Porto-Alegre. Inicialmente agendado para a Galeria LaPhoto, em função de problemas de última hora de nossa anfitriã, nos reunimos num café próximo.
Os temas discutidos giraram em torno das estruturas verticais versus estruturas horizontais, com valiosas contribuições, principalmente a partir das indagações da Miriam, que participava pela primeira vez. Foram 2 horas de trocas importantes para todos.
Ao final do encontro agendamos uma Oficina "Trabalhando com a plataforma NING", que será realizada no próximo dia 22/12. Também nesta data será definida a agenda de atividades para o primeiro trimestre de 2009.

Fórum de discussão

Este grupo ainda não possui nenhum tópico.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Nodo-Porto-Alegre para adicionar comentários!

Comentário de Alexander Rodrigues Silva em 12 agosto 2013 às 14:42

Queria me apresentar a vocês primeiro de tudo! Meu nome é Alexander Rodrigues, todos me chamam de Alex e sou um membro recente dessa rede. Sou carioca, criado em Brasília, morei no Espírito Santo, de novo no Rio e agora estou em Porto (3 anos já...) tenho mulher e filha gaúchas.

Sou publicitário de formação, estudei comunicação e agora estou começando um processo (auto-gerenciado e planejado) de especialização em Gestão da Espécie e por isso entrei no Escola de Redes. Estou entrando no Nodo de Porto para poder conhecer as pessoas perto de mim, como sou de fora tenho poucos conhecidos aqui e a maioria dos meus contatos, conhecidos e amigos ficaram ou são online.

Estou muito disposto a aprender tudo sobre Redes com vocês e poder continuar forte na minha caminhada. Um abraço e vamos nos falando.

Comentário de Nilda Dos Santos Castro em 11 fevereiro 2013 às 17:45

Olá pessoal,aqui estou entrando em rede ,juntando-me a vcs,tendo a oportunidade de poder conhecer quem ainda não conheço, estamos nessas e outras.Sou pedagoga, funcionária Prefeitura Triunfo e novata ainda na formação de grupos. Já experienciei e achei interessantíssimo,um aprendizado.Se possível , espero encontrá-los.

Comentário de Sergio Spritzer em 18 março 2012 às 20:00

enfim entrando em rede com quem está por perto. Ufa! Não me foi tão fácil encontrá-los. Espero reencontrar com vcs em eventos locais em maior número ( com maior probalidade de encontros) quando poderemos interagir mais. Já sabemos o onus e o bonus dessa plataforma ning. Ela ainda não nos permite uma interação como se fosse um hipertexto relacional, nem mesmo chats com vários interagentes a um só tempo e espaço relacional.

Comentário de alejandro paredes em 28 novembro 2011 às 11:46

oi a todos! me chamo Alejandro Paredes sou argentino sou doutor em historia e trabalho com redes político-religiosas com ucinet e pajek. também trabalho com egonet em redes pessoais.

gostaria de me reunir con vocês. Eu ficarei em Porto Alegre desde o 15 de dezembro até o 29 de fevereiro. (descupem o meu português)

Alejandro

Comentário de Rafael trombetta em 7 novembro 2011 às 8:28

Bom dia pessoal do Nodo-Porto-Alegre!

Com relação a nova proposta do Augusto de Franco de se criar uma glocalização da E=R, tenho um local que já realiza atividades de co-worker, co-creation, que poderá ser um meio de dinamizar estes encontros, inclusive promovendo palestras, seminários, etc, com membros da E=R, ou mesmo novas dinâmicas.

Disponibilizo meus contatos:

51 - 3279 0860 - 8111 1415

Abraço!

Comentário de Maria do Rocio Fontoura Teixeira em 19 agosto 2010 às 13:11
Colegas, vamos nos encontrar!!!! qual a sugestão de data? e local?
Comentário de Carlos A. K. Hoffmann em 13 junho 2010 às 19:09
Quero compartilhar com todos o convite para o evento em que algumas pessoas do Nodo estarão presentes, que é o POLINTEC 2010 - Evento sobre Política e Tecnologia, que irá tratar, dentre outros, de redes sociais para aplicação nas eleições. É dia 21/06 na Unisinos. Acesse e se inscreva: www.polintec.com.br. Abs.
Comentário de Daniel Fernandes em 13 junho 2010 às 10:35
Queridos,

nos dias 22 e 23 de junho vai rolar aqui em Porto Alegre um encontro de redes sobre a prevenção da violência. Augusto de Franco será um dos palestrantes. Vejam, sensibilizem-se e compareçam! http://ppv.saude.rs.gov.br

O evento é gratuito, pessoal.
Comentário de Maria do Rocio Fontoura Teixeira em 25 janeiro 2010 às 14:15
Bayardo e colegas...eu já me inscrevi, inclusive estou "na fila" para o curso da Clara. Abraços a todos!
Comentário de Bayardo Morales em 24 janeiro 2010 às 18:45
Alô, amigos, colegas !
Alguem do Nodo-Porto Alegre vai participar da CIRS em Curitiba?
Se positivo, vamos nos organizar para comparecer em forma de delegação?
Grande abaraço a todos.
 

Membros (71)

 
 
 

© 2019   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço