Escola de Redes

R1: Aprendizagem doble loop de Chris Argiris.

Exibições: 135

Respostas a este tópico

R2: Formando uma rede e um ambiente virtual tipo este, onde os "rstros" são registrados para os que vem deppois?
"Registrar" seria a resposta, mas essa já sabemos desde muito tempo. O simples exercício de lembrar da teoria campos mórficos, sem nenhum compromisso em confirmar sua existência, supondo que exista algo invisível que preenche os espaços entre as pessoas e que poderia registrar de alguma forma experiências vivídas e aprendizado individual ou em grupo, nos leva a uma outra resposta: fomentar a relação entre pessoas, contribuir para que elas tomem a iniciativa de se relacionar e que desejem continuar conectadas.
Interessante Rodrigo...vamos em frente examinando. Porque algumas pessoas se esforçam para estarem juntas e outras não? O estar junto desenvolve a cultura, será a cultura a memória?

RODRIGO ANTONIO DE O. MOULIN disse:
"Registrar" seria a resposta, mas essa já sabemos desde muito tempo. O simples exercício de lembrar da teoria campos mórficos, sem nenhum compromisso em confirmar sua existência, supondo que exista algo invisível que preenche os espaços entre as pessoas e que poderia registrar de alguma forma experiências vivídas e aprendizado individual ou em grupo, nos leva a uma outra resposta: fomentar a relação entre pessoas, contribuir para que elas tomem a iniciativa de se relacionar e que desejem continuar conectadas.
o aprendizado começa com a percepção, ninguém começa a aprender sem antes ter visto algo de interesse no meio. Nós conseguimos enxergar aquilo que já experimentamos, por isso da importância da memória na aprendizagem. O planejamento é importante como memória de um futuro antecipado, pois só percebemos um sinal no mundo exterior se ele for pertinente a uma opção de um futuro que já tenhamos arquitetado em nossa imaginação Arie de Geus, 1998.

RSS

© 2020   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço