Escola de Redes

Tenho interesse em trocar experiências com outras pessoas leigas como eu, que administram redes sociais. Criei duas delas no ning, e tenho enfrentado dificuldades para que os participantes sejam mais ativos e participativos na inclusão de conteúdos e participação nos debates. Creio que ainda prevalece a mentalidade de "espectador passivo', que adquirimos ao longo de décadas de rádio e TV. As pessoas em geral não estão acostumadas ou não se sentem à vontade para criar, escrever, participar: esperam conteúdo pronto, só querem digerir a informação já mastigada. Mas a ideia dessas redes não é exatamente dar ao participante o "assento no volante"? Empoderar cada um da capacidade de ser criador e manifestar sua obra, a partir da sua experiência? Só que não sei como fazer para mobilizar mais gente... alguém tem experiência semelhante? Gostaria de compartilhar aqui?
Minhas duas redes são
- para crescermos juntos (http://myownlear.ning.com) - dedicada a assuntos de consciência, evolução, espiritualidade e meditação;
- http://unipaz.ning.com - dedicada a apoiar a Unipaz-df.

Exibições: 89

Respostas a este tópico

Oi Everton,
eu sou facilitadora na RUEMA, também aqui no ning.
uma estrategia q tem dado razoavelmente certo sao encontros presenciais. nao tem jeito, se ficarmos so no virtual as pessoas nao se envolvem e deixam tudo pros pontos focais...
tente grupo de estudos, encontros tematicos...etc...
abraços val
Everton,

Abri um espaço no Ning para um projeto do MEC, chamado Coenxões de Saberes. Na prática nossos encontros são presenciais, na universidade envolvendo estudantes de graduação eos professores coordenadores do projeto. A idéia do NING era congregar aqueles que são parceiros na comunidades, nas atividades que o programa desenvolve, potencializnado o fluxo de informação e a criação novas ações descentralizadas...Talvez eu não seja uma boa animadora...rsrsrsrs...não tem funcionado como gostaria... O problema todo reside nessa disposição do sujeito individual e coletivo (a rede em si) para a AUTO-CAPACITAÇÃO...(o seu empoderamento...).
O endereço da rede é:
www.conexoesabertas.ning.com

Abraços!!!
Valeria Viana Labrea disse:
Oi Everton,
eu sou facilitadora na RUEMA, também aqui no ning.
uma estrategia q tem dado razoavelmente certo sao encontros presenciais. nao tem jeito, se ficarmos so no virtual as pessoas nao se envolvem e deixam tudo pros pontos focais...
tente grupo de estudos, encontros tematicos...etc...
abraços val

pois é, encontros presenciais no meu caso ficam mais difíceis, porque atualmente moro fora do país.
quando estive em Brasília, há alguns meses, chamei os participantes da rede para um encontro desses, e até que foi bem legal, mas creio que a motivação das pessoas em comparecer estava mais ligada a um vínculo pessoal comigo do que à sua participação na rede...
Fátima,
Acho que as redes sociais funcionam melhor quando em apoio a iniciativas concretas, que reúnem pessoas por algum motivo específico. Mesmo assim, ainda há um longo caminho até que haja um bom nível de participação - normalmente, as pessoas tendem a esperar soluções, em vez de criar e contribuir. Além disso, tem a dificuldade de expressão escrita, que deriva de um sistema de ensino deficiente.
As redes sociais parecem ser uma ótima oportunidade para a participação ativa na construção de algo novo, coletivo, ampliado. Mas exige um mínimo de engajamento, e a motivação para essa atitude ainda é um mistério para mim...

Fátima disse:
Everton,

Abri um espaço no Ning para um projeto do MEC, chamado Coenxões de Saberes. Na prática nossos encontros são presenciais, na universidade envolvendo estudantes de graduação eos professores coordenadores do projeto. A idéia do NING era congregar aqueles que são parceiros na comunidades, nas atividades que o programa desenvolve, potencializnado o fluxo de informação e a criação novas ações descentralizadas...Talvez eu não seja uma boa animadora...rsrsrsrs...não tem funcionado como gostaria... O problema todo reside nessa disposição do sujeito individual e coletivo (a rede em si) para a AUTO-CAPACITAÇÃO...(o seu empoderamento...).
O endereço da rede é:
www.conexoesabertas.ning.com

Abraços!!!
A Valéria tem um ponto. Presencialmente é mais fácil. Mas o objetivo deste espaço era exatamente fomentar experiências as mais variadas de análise de redes. Abraços.
Everton,

Estou em vias de criação de uma rede social de nome "Brasiliense" com o slogan de "eternos candangos" Queremos reunir brasilienses com o interesse em promoção da cidadania, projetos sociais, desenvolvimento sustentável, etc. A idéia é captação de voluntários e atração de patrocinadores para tais iniciativas. Juntamente com o "brasiliense" teremos a revista eletrônica "Brasilia" com os temas de cidadania e qualidade de vida que irá reunir conteúdo de temas relacionados e que almeja se tornar um diretório intuitivo de Brasília. Tenho grande interesse em discutir tais assuntos. Inclusive, imagino que podemos contar com sua contribuição enquanto colunista sobre espiritualidade e meditação!
abraços

RSS

© 2017   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço