Escola de Redes

Coempreendedores, cocriadores de ideias e correalizadores de projetos em empreendimentos compartilhados.

PRIMEIRA ESCOLHA  

Manoel Belém (1a Opção)

Rosângela Correa (1a Opção)

Oswaldo Oliveira (1a Opção)

Fernando Baptista (1a Opção)

Fernando Domingues (1a Opção)

Ana Caner (1a Opção)

Ana Cláudia Haddad (1a Opção)

Dalvaci Porto (1a Opção)

Giovanni Bianco (1a Opção)

Leando Pinheiro (1a Opção)

Leila Bomfim (1a Opção)

Ariolino Azevedo (1a Opção)

Ana Paula Peron (1a Opção)

Arthur Steiner (1a Opção)

Lúcio Ferreira (2a Opção)

Rafael Pires (2a Opção)

FLUXOS

Sobrevivendo no Jurídico de um sindicato, (Lúcio Ferreira) 

Organizações em rede, Ecoformação de jovens para ecomercado, Ecoempreendimentos (Giovanni Bianco)

Desenvolvimento e implantação de tecnologias de netweaving, Grupo de empreendedores que buscam soluções compartilhadas, Consultoria em inteligência e estratégia (Fernando Domingues)

Estruturação Jurídica de negócios em rede (Márcia Golfieri)  

Madalena 80, Desapego coletivo  (Leandro Pinheiro)

Cérebro coletivo da Economia Social e Solidária: espaço interativo multilinguistico  para a OIT, ONU, RPROJS: Cocriação de uma rede de trabalho ao redor do tema projetos em rede, APP P2P Rede de Ideias: ferramenta P2P de percepção mútua e co-ordenação, Ambiente cibernético de co-criação (Fernando Baptista)

Empreender uma rede através da complementação de recursos exponenciais, Responder às angústias dos empreendedores e empreendimentos em rede, Aplicar os conhecimentos de rede distribuída em um empreendimento prático, Desocultar o processo de subjetivação e objetivação do empreendimento em rede (Oswaldo Oliveira) 

Networking de negócios, Rodadas de negócios, marketing de serviços,  (Raquel Marques)

Redes, formas de fazer empresas em rede (horizontais, distribuídas, mais eficientes) mudanças de cultura, e hábitos patriarcais (Anna Haddad)

Processos de formação em rede, Criar bolhas fluzz em rede (Fernando Domingues)

Todos os dias consultor, ong Caminho das Águas, emprresa Cria Corpo (Carlos Diego) 

Empreendendo uma administração de condomínios ( (Rafael Pires)

Desenvolvimento de tecnologias de conversação e metodologias colaborativas em empresas (Ana Paula Peron)

Psicoterapeuta Junguiana -consultório, Massoterapia, Imasqui,-Quick massage in company, Adm Imasqui, Grupo de estudos e pesquisa junguiano, Programa Next ( Rosangela Correia)

Atuo como consultor em processos de transação organizacional focando matricialidade organizacional, Fomentar a mudança comando-controle para confiança-compromisso (Ariolino Azevedo)

Ateliê Azu (em loading) Espaço de múltiplas vocações (Teo Petri Branco)

Transformação organizacional da hierarquia para redes auto-organizadas e auto-geridas(Arthur Steiner)

Articulação de redes de pesquisadores, Cooperação acadêmica internacional

DESEJOS

Fomentar a mudança comando/controle para confiança/compromisso, Aprofundar os processos de novas formas de organizações empresariais, Fortalecimento da comunicação e confiança entre os participes de organizações empresariais (Ariolino Azevedo)

Construir e participar de negócios em rede (Leandro Pinheiro)

Aprofundar estudos e práticas no budismo, Pesquisa e trabalho com memória - Narrativas de vida (Dalvaci Porto)

Crowdfund para experimentos espaciais para escolas de ensino médio e iniciativa privada (Manoel Belem)

Finanças, Financiamento, Dinheiro, Poupança - Como repensar o dinheiro (Camila Haddad)

Empreender uma rede através da complementação de recursos exponenciais, Responder às angústias dos empreendedores e empreendimentos em rede, Aplicar os conhecimentos de rede distribuída em um empreendimento prático, Desocultar o processo de subjetivação e objetivação do empreendimento em rede (Oswaldo Oliveira)

Atuar em mais projetos relacionados a África (Fernando Baptista) 

Desenvolvimento e experimentação de arranjos produtivos em redes rentáveis, inclusive financeiramente e e serviços também (Luiz Campos)

Advogar em rede (Lucio Ferreira) 

Projetos reais distribuídos, Permatecnologia, Tô dentro ( Carlos Diego) 

Criar bolhas de fluzz em empresas, Processos de inovação em Rede, Desenvolver empreendimentos em rede, (Fernando Domingues) 

Redes, formas de fazer empresas em rede (horizontais, distribuídas, mais eficientes) mudanças de cultura, e hábitos patriarcais (Anna Haddad)

Netweaving remunerado, Aprender usar ferramentas interativas, programação,RPROJS (Carla Ferro)

Cocriar formas e caminhos de transição em empresas de hierarquia para rede (Ana Paula Peron)

Hotel/couchsurf na ZL [Zona Leste] (Teo Petri Branco)

Empreendedorismo e negócios em rede ( Giovanni Bianco) 

Cocriar/Participar de experiências de trabalho em rede (Leila Bomfim)

Viver no e do fluxo (Fernando Domingues) 

Agricultura urbana/negócios, alimentos (Valéria Farhat) 

Consultoria - desenvolvimento e implantação de recursos de inovação em rede (Ana Paula Peron)

Ter uma experiência de remuneração por moeda alternativa, Ter uma experiência em remuneração por crowdfunding, Atuar no desenvolvimento de ferramentas, de co-ordenação, Atuar no desenvolvimento de ferramentas de co-criação e co-produção, Atuar em mais projetos internacionais e multilinguísticos (Fernando Baptista)

Sem identificação nome 

Não uso do dinheiro, Não dependência de um ou poucos recursos

Sem identificação fluxo ou desejo

Rede de serviços de saúde (Ana Paula Peron)

Grupo de estudos Junguiano, Sociedade e Ampliação do Emp., Programa Next, Kabbala (Rosangela Correa) 

Em dúvida:

(verificar/confirmar um dos registros do Oswaldo Oliveira: Apontar (?) empreendedores e empreendimentos em rede) 

Exibições: 206

Respostas a este tópico

Fluxos

Sobrevivendo no Jurídico de um sindicato, (Lúcio Ferreira) 

Organizações em rede, Ecoformação de jovens para ecomercado, Ecoempreendimentos (Giovanni Bianco)

Desenvolvimento e implantação de tecnologias de netweaving, Grupo de empreendedores que buscam soluções compartilhadas, Consultoria em inteligência e estratégia (Fernando Domingues)

Estruturação Jurídica de negócios em rede (Márcia Golfieri)  

Madalena 80, Desapego coletivo  (Leandro Pinheiro)

Cérebro coletivo da Economia Social e Solidária: espaço interativo multilinguistico  para a OIT, ONU, RPROJS: Cocriação de uma rede de trabalho ao redor do tema projetos em rede, APP P2P Rede de Ideias: ferramenta P2P de percepção mútua e co-ordenação, Ambiente cibernético de co-criação (Fernando Baptista)

Empreender uma rede através da complementação de recursos exponenciais, Responder às angústias dos empreendedores e empreendimentos em rede, Aplicar os conhecimentos de rede distribuída em um empreendimento prático, Desocultar o processo de subjetivação e objetivação do empreendimento em rede (Oswaldo Oliveira) 

Networking de negócios, Rodadas de negócios, marketing de serviços,  (Raquel Marques)

Redes, formas de fazer empresas em rede (horizontais, distribuídas, mais eficientes) mudanças de cultura, e hábitos patriarcais (Anna Haddad)

Processos de formação em rede, Criar bolhas fluzz em rede (Fernando Domingues)

Todos os dias consultor, ong Caminho das Águas, emprresa Cria Corpo (Carlos Diego) 

Empreendendo uma administração de condomínios ( (Rafael Pires)

Desenvolvimento de tecnologias de conversação e metodologias colaborativas em empresas (Ana Paula Peron)

Psicoterapeuta Junguiana -consultório, Massoterapia, Imasqui,-Quick massage in company, Adm Imasqui, Grupo de estudos e pesquisa junguiano, Programa Next ( Rosangela Correia)

Atuo como consultor em processos de transação organizacional focando matricialidade organizacional, Fomentar a mudança comando-controle para confiança-compromisso (Ariolino Azevedo)

Ateliê Azu (em loading) Espaço de múltiplas vocações (Teo Petri Branco)

Transformação organizacional da hierarquia para redes auto-organizadas e auto-geridas(Arthur Steiner)

Articulação de redes de pesquisadores, Cooperação acadêmica internacional

Desejos

Fomentar a mudança comando/controle para confiança/compromisso, Aprofundar os processos de novas formas de organizações empresariais, Fortalecimento da comunicação e confiança entre os participes de organizações empresariais (Ariolino Azevedo)

Construir e participar de negócios em rede (Leandro Pinheiro)

Aprofundar estudos e práticas no budismo, Pesquisa e trabalho com memória - Narrativas de vida (Dalvaci Porto)

Crowdfund para experimentos espaciais para escolas de ensino médio e iniciativa privada (Manoel Belem)

Finanças, Financiamento, Dinheiro, Poupança - Como repensar o dinheiro (Camila Haddad)

Empreender uma rede através da complementação de recursos exponenciais, Responder às angústias dos empreendedores e empreendimentos em rede, Aplicar os conhecimentos de rede distribuída em um empreendimento prático, Desocultar o processo de subjetivação e objetivação do empreendimento em rede (Oswaldo Oliveira)

Atuar em mais projetos relacionados a África (Fernando Baptista) 

Desenvolvimento e experimentação de arranjos produtivos em redes rentáveis, inclusive financeiramente e e serviços também (Luiz Campos)

Advogar em rede (Lucio Ferreira) 

Projetos reais distribuídos, Permatecnologia, Tô dentro ( Carlos Diego) 

Criar bolhas de fluzz em empresas, Processos de inovação em Rede, Desenvolver empreendimentos em rede, (Fernando Domingues) 

Redes, formas de fazer empresas em rede (horizontais, distribuídas, mais eficientes) mudanças de cultura, e hábitos patriarcais (Anna Haddad)

Netweaving remunerado, Aprender usar ferramentas interativas, programação,RPROJS (Carla Ferro)

Cocriar formas e caminhos de transição em empresas de hierarquia para rede (Ana Paula Peron)

Hotel/couchsurf na ZL [Zona Leste] (Teo Petri Branco)

Empreendedorismo e negócios em rede ( Giovanni Bianco) 

Cocriar/Participar de experiências de trabalho em rede (Leila Bomfim)

Viver no e do fluxo (Fernando Domingues) 

Agricultura urbana/negócios, alimentos (Valéria Farhat) 

Consultoria - desenvolvimento e implantação de recursos de inovação em rede (Ana Paula Peron)

Ter uma experiência de remuneração por moeda alternativa, Ter uma experiência em remuneração por crowdfunding, Atuar no desenvolvimento de ferramentas, de co-ordenação, Atuar no desenvolvimento de ferramentas de co-criação e co-produção, Atuar em mais projetos internacionais e multilinguísticos (Fernando Baptista)

Sem identificação nome 

Não uso do dinheiro, Não dependência de um ou poucos recursos

Sem identificação fluxo ou desejo

Rede de serviços de saúde (Ana Paula Peron)

Grupo de estudos Junguiano, Sociedade e Ampliação do Emp., Programa Next, Kabbala (Rosangela Correa) 

Em dúvida:

(verificar/confirmar um dos registros do Oswaldo Oliveira: Apontar (?) empreendedores e empreendimentos em rede) 

Pessoal,

Estou postando aqui o link para o mural/documento colaborativo do tópico Empreendimentos em Rede...

... nele podemos começar a escrever as perguntas que estão nos incomodando/intrigando sobre o empreender/trabalhar/negociar em rede (para orientar nossas futuras investigações, etc.), além de outras coisas que acharmos relevante. Notem somente que essa ferramenta não é muito propícia para conversas, ela é boa mesmo pra escrever e editar textos e listas de maneira coletiva... para conversas e debates existem outras ferramentas mais adequadas, como esse fórum, eventuais grupos que podemos criar no facebook, etc. Esse mural também está linkado aqui no grupo NEXT, na Página Agregadora de Fluxos (http://escoladeredes.net/group/fluxonet/page/agregador-de-fluxos-next).

Abraços!!

Pessoal, a partir de uma dica da Vivianne Amaral fui conhecer este fim de semana o Sitio Rosa dos Ventos. Fica no sul de Minas,cravado na montanha em meio a serra da Mantiqueira, município de Caldas, 30 km antes de Poços de Caldas, 4h de viagem de São Paulo.Veja em http://sitiodarosadosventos.com.br/rosa/index.php?option=com_conten...
Penso que é um lugar para combinarmos uma expedição de conhecimento de uma experiência de organização em rede. Que tipo de rede? Como funciona? Como tem se dado sua sustentabilidade? Como se co-ordena?, são perguntas em parte respondidas no site. Todavia, baseada no que vivenciei estes três dias,  vejo que as mesmas perguntas podem ser objeto de conversas em entrevistas com seus empreendedores, moradores e visitantes. O lugar foi criado pelo antropólogo Carlos Brandão há 20 anos, e ele assim a define: É uma casa de acolhida, de encontros e re-encontros, de vivências de oficinas, cursos e celebrações propostas e criadas por nós, ou por pessoas ou grupos que venham até aqui. A cada momento somos nós os que fazemos o que a ROSA DOS VENTOS é.
Faz parte da Rede de Socioeconomia Solidária e  Rede da Paz 
(Tentei colar uma foto aqui mas não fixou)
Alguém do grupo gostaria de conhecer localmente a experiência? Poderíamos tentar marcar visita e entrevista com seu iniciador e conviventes. A questão é que o Carlos Brandão está com uma agenda carregada este semestre e com poucos dias lá no Sitio. Mas podemos ver possibilidades. Aguardo os nomes dos interessados para a gente montar uma agenda e estruturar um roteiro de entrevista evisita.  Vejam as fotos lá do site.

 

Link para o case da CECOSESOLA: http://goo.gl/GL4XCr

Após o termino do vídeo e exposições de Augusto, Fernando e Luiz, nos organizamos nos respectivos grupos.

 

Alguns relatos, sob uma das perspectivas do II Encontro – Programa Next – 12/08/2013.

 

Fluxonext - Empreendimentos em Rede - #trabalho

Trata-se de um grupo com muitos integrantes e até por questão física tivemos dificuldade de nos ouvir... E num primeiro momento optamos por fica em pé, lançando mão de um flip-chart para elencarmos algumas questões para investigação:

 

1 – Como o trabalho em rede pode ser sustentável;

2 – Há possibilidade de transição em uma empresa hierárquica?

3 – É possível viver do Fluxo?

4 – É possível sustentar/manter um empreendimento em rede ao longo do tempo?

5 – É possível criar em rede em uma empresa hierárquica?

6 – Como é feita a remuneração em rede?

7 – Como se trabalha em rede?

8 – Como se comercializa(transação, não só $) em rede?

9 – Como trabalhar em rede em um mundo(institucional) essencialmente hierárquico?

10 – Como disseminar(“treinar/capacitar”) o conceito de rede para novos integrantes?

 

Durante as indagações e elaboração da nona questão, surgiu um relato curioso... A questão 9, que aborda Trabalho em Rede X Mundo Institucional.

Um dos participantes – (moço desculpe! não lembro seu nome) – contou uma experiência, em que ele visitou uma empresa multinacional, e como é de costume na portaria/recepção...

O segurança perguntou: “De qual empresa?”.

E o nosso parceiro de grupo respondeu: “Não tem empresa.”.

Segurança: “Para o senhor entra aqui, precisa ter uma empresa!”.

--- Ficaram ali naquele impasse até que ele respondeu...

“Eu sou do ficar lá em casa.”

rsss.... nós rimos, ele explicou que ele tem um site com este nome ficarlaemcasa... rss

E o segurança disse: “Não pode inventar, também!!!”...rssssss

... então ele sacou o cartão de visita e entregou para o segurança, que finalmente, o deixou entra na empresa.

 

É um breve relato, engraçado, mas que sintetiza algumas dificuldades perante as instituições..., nos ditos padrões hierárquicos.

 

...Relacionamos 10 questões, inicialmente... e começamos a conversar a respeito, ampliando os 10 temas... Naturalmente, nosso grupo se desmembrou em dois núcleos...

 

Resumidamente, o núcleo em que eu estava abordou questões pragmáticas de como empreender em rede... Falamos sobre algumas empresas que já empreendem em rede, como a CVV, Vesa, Madalena80, Projeto Cooperação...

A Ana Paula falou sobre a experiência do Projeto Cooperação e já surgiu possibilidade de agendarmos uma visita, que entre outros, tem interesse de investigar/obter respostas às perguntas que relacionamos, conforme vivencia dos membros do Projeto Cooperação.

 

O Fernando contou um pouco de suas experiências..., Acho que este link ilustra um pouco do ele disse: http://www.rprojs.net/

 

E aqui surgiu outra questão:

11 – É possível trabalha em rede em todos os níveis?

...... levando em consideração as disposições e habilidades dos participantes..., o exemplo mencionado durante as argumentações trazia como duvida a fluidez em rede dos setores de produção(fábrica) X escritório(adm)...

 

Falamos muito mais que isto..., companheiro, enjoy!!! Compartilhem também suas percepções...

RSS

© 2018   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço