Escola de Redes

Uma rede de pessoas dedicadas à investigação sobre redes sociais e à criação e transferência de tecnologias de netweaving.

Membros

ÍNDICE DAS PÁGINAS ESPECIAIS

Leia a mensagem enviada em 10/03/2011:

 
Se você entrou na Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - o texto Sobre a constituição da Escola-de-Redes.


1 => Arquivo das novidades (registro dos destaques na homepage da E=R a partir de 26/04/09)

2=> As 5 "tarefas" iniciais sugeridas aos membros da Escola-de-Redes

3=> Visões sobre o Simpósio 2009 na Escola-de-Redes | Vídeos do Simpósio | Fotos do Simpósio: aqui e aqui

4=> 1 ano do lançamento da Escola-de-Redes

5 => Impressões sobre a CIRS (2010) - Conferência Internacional sobre Redes Sociais

6 => Visões do Simpósio 2010 na Escola-de-Redes

7 => Escola-de-Redes 5000 Reloaded

 

8 => Impressões sobre a CIRS2 (2011) | Videos da CIRS2

 

9 => Notícias do Terceiro Simpósio 2011 na E=R

A ESCOLA-DE-REDES


A rede não é um instrumento para fazer a mudança. Ela já é a mudança!


ATENÇÃO | Antes de postar qualquer mensagem aqui leia até o fim o texto Sobre a Constituição da Escola-de-Redes.


AS 5 ATIVIDADES DAS PESSOAS CONECTADAS À ESCOLA-DE-REDES

Quando se lê abaixo Conectamos, Facilitamos, Organizamos, Promovemos, Estimulamos, deve-se entender que a E=R não faz nada disso: são as pessoas conectadas à E=R que fazem (ou não fazem) algumas dessas coisas (ou várias delas):

a) Conectamos pessoas interessadas em conhecer mais sobre redes sociais (seja pelo estudo, pela investigação teórica, pela experimentação ou, inclusive, pela vivência-em-rede) e em compartilhar tal conhecimento com outras pessoas interessadas em conhecer mais sobre redes sociais;

b) Facilitamos a livre interação horizontal entre as pessoas e estimulamos a criação de nodos (clusters territoriais ou temáticos) voltados aos objetivos da escola, os quais – em virtude do compartilhamento de agendas – podem vir a se tornar verdadeiras comunidades de aprendizagem (de vez que a rede geral composta por todos os seus conectados não conseguirá ter a densidade de interações suficiente para gerar comunidade);

c) Organizamos uma biblioteca on line que contém textos e vídeos de estudiosos das redes, itinerários pessoais ou coletivos de leitura e histórias de vida com depoimentos de nossas relações pessoais com as redes;

d) Promovemos cursos (inclusive on line) e atividades presenciais como encontros, simpósios e conferências sobre redes sociais e temas diretamente relacionados; e, por último,

e) Estimulamos a conexão de uma pequena multidão de pessoas de sorte a criar uma efervescência capaz de ensejar a eclosão de certos fenômenos próprios de redes altamente distribuídas (um desses fenômenos, por certo, é o clustering, mas há outros, como o swarming, o crunching, a autoregulação emergente e, quem sabe, a capacidade de multiplicação em cadeia de hubs, inovadores e netweavers) e, ainda, a criação de uma base potencial de crowdsourcing que consiga intensificar a criação de novas tecnologias de netweaving.

REGRAS DA ESCOLA-DE-REDES

Se você entrou na Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - os textos da página Sobre a constituição da Escola-de-Redes.


Regras da Escola-de-Redes são orientações baseadas em acordos de convivência considerados automaticamente aceitos por quem se conecta aqui. Quem não aceitar não deve se conectar. Quem violar as regras será suspenso do site (mas não da rede, posto que isso é impossível já que a Escola-de-Redes não tem nenhum mecanismo de representação, coordenação ou direção).


REGRAS

1 - Concordar com o propósito da escola (seu objetivo e escopo).

2 - Conectar pessoas ou redes de pessoas (nunca instituições hierárquicas) de modo distribuído – o que compreende estrutura (forma de organização distribuída) e dinâmica (modo de regulação pluriárquico). O modo de regulação pluriárquico, compatível com a topologia distribuída, não adota procedimentos e mecanismos que produzam artificialmente escassez, como a votação, o sorteio, o rodízio ou a construção administrada de consenso.

Para saber se você concorda com os objetivos e o escopo da Escola-de-Redes é necessário ler o texto Sobre a Constituição da Escola-de-Redes.

ACORDOS SUGERIDOS PELO "BOM-SENSO EM REDE"

A - Não fugir do assunto (publicando textos, fotos, vídeos ou eventos que não tenham a ver com o tema da escola).

B - Não fazer propaganda política, de produtos comerciais ou de instituições.

C - Não ficar abrindo indiscriminadamente fóruns (preferindo sempre usar o blog).

D - Não panfletar a rede (replicando a mesma mensagem para várias pessoas).

E - Não se comportar como troll e nem responder suas provocações:

Don't feed the trolls.

F - Não "pescar em aquário"


PRINCÍPIOS UNIVERSAIS DE UM ESPAÇO DE ARTICULAÇÃO NÃO-AUTOCRÁTICO

I - Valorizar a liberdade de opinião e respeitar a divergência de pontos de vista.

II - Travar o debate com urbanidade e gentileza. Não devem ser admitidos ataques pessoais e mensagens grosseiras e ofensivas.

III - Não usar os instrumentos de conexão e interação da escola (como este site no Ning) para difundir idéias que firam os direitos humanos ou que promovam exclusão, deslegitimação, intolerância, preconceito ou discriminação.

Topologias de rede

1 | Diagramas de Baran (redesenhados à maneira dos ilustradores botânicos)


2 | Rede centralizada


3 | Rede descentralizada


4 | Rede distribuída (rede propriamente dita)


5 | Mundo de 2 elementos: rede = hierarquia


6 | Mundo de 3 elementos: hierarquia (caminhos únicos) diferente de rede (múltiplos caminhos)


7 | Mundo de 5 elementos (idem)


8 | Mundo de 4 elementos: rede totalmente centralizada (0% de distribuição)


9 | Mundo de 4 elementos: rede com 25% de distribuição


10 | Mundo de 4 elementos: rede com 33% de distribuição


11 | Mundo de 4 elementos: rede com 67% de distribuição


12 | Mundo de 4 elementos: rede com 69% de distribuição


13 | Mundo de 4 elementos: rede com 100% de distribuição


Colocando os "óculos de ver redes"

1 | Imagem de rede (como espalhamento de partículas): os grafos são meras representações estáticas


2 | Redes: fluxos luminosos e intermitentes


3 | Como nuvens de insetos


4 | Swarming: cupins enxameando


5 | Redes neurais


6 | Uma cidade como rede


7 | Matrix: um programa de controle rodando


8 | Um zigurate: escadas, muros, andares, compartimentos estanques...


9 | A Agora ateniense (espaço horizontal de conversação) e a "Torre de Babel" (estrutura vertical para impedir a conversação)



Badge

Carregando...
 

QUARTO SIMPÓSIO DA ESCOLA-DE-REDES

Para ver uma versão pessoal do que foi o quarto simpósio clique aqui

PARA ENTRAR NA ESCOLA-DE-REDES

10.859 PESSOAS CONECTADAS

Atenção: o site da rede não é a rede!


Para se conectar aqui é necessário ler até o fim a página Sobre a constituição da Escola-de-Redes. Se você não estiver disposto(a) a ler todos os textos da página linkada até o fim, não se registre nesta plataforma. Leia também o texto (de 07/11/2011) Uma nova proposta para a Escola-de-Redes.

NÃO SE REGISTRE USANDO E-MAIL QUE VOCÊ NÃO USA REGULARMENTE

Identidade visual da E=R. Para acessar clique aqui.

 

Link para chamadas Ning

 

 

Últimas atividades

Jorge Marcos Barros entrou no grupo de André Silva
Miniatura

GLOSSÁRIO=REDE

Espaço destinado a reunir e traduzir vocabulários relacionados à ciência de Redes, ampliando a compreensão do assunto e servindo de estímulo ao "aprofundar" na temática motivando conversações e o aprendizado conjunto.Ver mais...
13 horas atrás
Ícone do perfilJorge Marcos Barros e Glauber Coutinho de Oliveira entraram no grupo de Augusto de Franco
Miniatura

BIBLIOTECA DA DEMOCRACIA

Textos fundamentais sobre democracia para download.Ver mais...
16 horas atrás
Glauber Coutinho de Oliveira entrou no grupo de Augusto de Franco
Miniatura

MULTIVERSIDADE

Grupo para conversar sobre o tema do artigo Multiversidade. Da Universidade dos anos 1000 à Multiversidade nos anos 2000 de Augusto de Franco em colaboração com Nilton Lessa. Versão preliminar de 1 de janeiro de 2012.Ver mais...
16 horas atrás
Glauber Coutinho de Oliveira entrou no grupo de Augusto de Franco
Miniatura

A TERCEIRA INVENÇÃO DA DEMOCRACIA

Grupo para escrever interativamente o livro A Terceira Invenção da Democracia. O livro está sendo escrito também em um grupo do Facebook Ver mais...
16 horas atrás
Glauber Coutinho de Oliveira entrou no grupo de Augusto de Franco
Miniatura

PENSANDO UMA PLATAFORMA DE NETWEAVING

Grupo para descrever as características de uma plataforma de articulação e animação de redes sociais mais adequada à Escola-de-Redes e a outras redes
16 horas atrás
Ícone do perfilRoberto Gilonna Júnior, Raquel da S. C. G. de Lima, Rafael Alexandre de Oliveira e mais 1 pessoas entraram em Escola de Redes
ontem
Ícone do perfilPaulo C S Peixoto, carla matos de araujo, Caterina Casaretti e mais 5 pessoas entraram em Escola de Redes
domingo
virgilio germano filho comentou o vídeo de Julio Carvalho
Miniatura

Inteligência é Sincronia

"realmente , com essa excelente explanação , so ampliamos e muito os conceitos sobre o assunto parabens   "
sexta-feira
Roberto Vitorio compartilhou o grupo de Ronaldo Richieri em Facebook
25 Mar
Ícone do perfilAndreia Souza, Luciana Andrade Ramos, Aila Magalhaes e mais 1 pessoas entraram em Escola de Redes
25 Mar
Ericsson Santana Marin comentou a foto de Ericsson Santana Marin
Miniatura

ASU

"Lógico Augusto!!! Obrigado por tudo, e vamos que vamos ... Para você ver como essa comunidade, e um Simpósio em Campos do Jordão direcionaram a minha pesquisa, e consequentemente a minha vida. Só espero poder…"
23 Mar
Augusto de Franco compartilhou a foto de Ericsson Santana Marin em Facebook
23 Mar
Augusto de Franco comentou a foto de Ericsson Santana Marin
Miniatura

ASU

"Parabéns Ericsson! Permanece em contato e mande notícias :)"
23 Mar
Ícone do perfilANDRE GARCIA MIRANDA, LEONARDO ARAUJO DE CARVALHO, Bernardo dos Santos Felix e mais 8 pessoas entraram em Escola de Redes
23 Mar
SUSIANNE GOMES DA CONCEICAO compartilhou a página de Augusto de Franco em Facebook
23 Mar
Ericsson Santana Marin comentou a foto de Ericsson Santana Marin
Miniatura

ASU

"Consegui!!! Fui aceito na Arizona State University. Agora um dos mundos Fluzz, o desenvolvido no meu Projeto de Mestrado, se tornará um Projeto de PhD na Terra do Tio Sam! Obrigado a todos dessa maravilhosa comunidade. Tenho muito orgulho de…"
21 Mar
Ericsson Santana Marin postou uma foto
21 Mar
Mariane Castro Bauer entrou no grupo de Augusto de Franco
Miniatura

BIBLIOTECA FRITJOF CAPRA

Grupo para reunir, comentar e estudar a obra de Fritjof Capra
21 Mar
LEIDE LENE SANTOS SILVA postou um status
"Estou terminando um trabalho da disciplina de ética e democracia"
18 Mar
Ícone do perfilGessica Justino, Karina S., Priscila Veiga e mais 13 pessoas entraram em Escola de Redes
18 Mar

NOVIDADES DE HOJE

ATENÇÃO: Para se conectar aqui é necessário ler até o fim a página Sobre a constituição da Escola-de-Redes. Se você não estiver disposto(a) a ler os textos da página linkada, não se registre nesta plataforma.

BIBLIOTECAS AUTORAIS E TEMÁTICAS DA BIBLI.E=R

Atenção: os links só estão funcionando nas bibliotecas que foram reorganizadas

 

BIBLIOTECA ALBERT BARABÁSI Reorganizada

 

BIBLIOTECA ALEXIS DE TOCQUEVILLE Reorganizada

 

BIBLIOTECA ARS

 

BIBLIOTECA AUGUSTO DE FRANCO Reorganizada

 

BIBLIOTECA BÁSICA DA DEMOCRACIA => Substituída por BIBLIOTECA DA DEMOCRACIA

 

BIBLIOTECA CLAY SHIRKY Reorganizada

 

BIBLIOTECA DANIEL QUINN Reorganizada

 

BIBLIOTECA DAVID DE UGARTE Reorganizada

 

BIBLIOTECA DO CONECTIVISMO Reorganizada

 

BIBLIOTECA DUNCAN WATTS Reorganizada

 

BIBLIOTECA EDGAR MORIN Reorganizada

 

BIBLIOTECA FRITJOF CAPRA Reorganizada

 

BIBLIOTECA HAKIM BEY Reorganizada

 

BIBLIOTECA HANNAH ARENDT Parcialmente reorganizada

 

BIBLIOTECA HUMBERTO MATURANA Reorganizada

 

BIBLIOTECA IVAN ILLICH Reorganizada

 

BIBLIOTECA JACOB MORENO

 

BIBLIOTECA JANE JACOBS

 

BIBLIOTECA JOHN DEWEY Reorganizada

 

BIBLIOTECA JURE LESKOVEC Reorganizada

 

BIBLIOTECA LYNN MARGULIS

 

BIBLIOTECA MANUEL CASTELLS Reorganizada

 

BIBLIOTECA MANUEL DELANDA Reorganizada

 

BIBLIOTECA PIERRE LEVY Reorganizada

 

BIBLIOTECA RALPH ABRAHAM Reorganizada

 

BIBLIOTECA STEVEN STROGATZ Reorganizada

 

BIBLIOTECA TRANSIÇÃO ORGANIZACIONAL

 

BIBLIOTECA VEGA-REDONDO Reorganizada

 

BIBLIOTECA WILLIAM IRWIN THOMPSON Reorganizada

 

AS 5 TAREFAS INICIAIS SUGERIDAS AOS MEMBROS DA ESCOLA-DE-REDES: CLIQUE AQUI

AVISO IMPORTANTE O Ning Team recomendou que ativássemos, pelo menos temporariamente, a aprovação prévia de associados como meio de evitar os ataques freqüentes de programas maliciosos. Quando o problema estiver resolvido, voltaremos a abrir a rede, removendo esse filtro.

 

O QUE HÁ POR AQUI?

Para saber se você está no lugar certo e se concorda com as regras da Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - os textos da página Sobre a constituição da Escola-de-Redes.

PARA CANCELAR SEU REGISTRO: 1) Clique em Configurações (no menu que está no topo superior direito desta página) + 2) Role a página até o final + 3) Clique em Sair de Escola de Redes.




BEM-VINDO(A) À ESCOLA-DE-REDES

Atingimos na manhã de 23 de fevereiro de 2009 a marca de 1 mil conectados. E na noite de 19 de julho de 2009, a marca de 2 mil conectados. E na tarde de 04 de janeiro de 2010, a marca de 3 mil conectados. E na manhã de 04 de março de 2010, a marca de 4 mil conectados. E ao meio dia de 22 de julho de 2010 a marca de 5 mil conectados. E na manhã de 10 de março de 2011 a E=R atingiu 6 mil pessoas conectadas. E ao meio dia de 28 de setembro de 2011, 7 mil pessoas conectadas. E às 15h00 de 28 de agosto de 2012 a E=R alcançou 8 mil pessoas conectadas. E às 07h00 de 15 de julho de 2013 a E=R completou 9 mil pessoas conectadas. E completou 10 mil pessoas conectadas às 20h00 de 08 de abril de 2014.

CONECTE-SE VOCÊ TAMBÉM, MAS VEJA BEM ONDE ESTÁ ENTRANDO:

Para saber se você está no lugar certo e se concorda com as regras da Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - os textos da página Sobre a constituição da Escola-de-Redes.

A Escola-de-Redes é uma rede distribuída de investigação e experimentação sobre redes sociais. Por favor, não publique aqui propaganda política ou de produtos comerciais, mensagens de auto-ajuda e outros textos, vídeos, fotos e eventos que não tenham relação com os objetivos da escola.

É recomendável colocar uma foto. Não deixe de ler As 5 tarefas iniciais sugeridas aos membros da Escola-de-Redes.

Por favor, nunca abra aqui fóruns de discussão ou grupos que não tenham a ver com os objetivos da Escola-de-Redes. Leia com atenção as orientações para abertura de fóruns e grupos.


Por favor, evite usar este site para fazer propaganda de suas instituições ou projetos e tente resistir à tentação de usar a Escola-de-Redes para "pescar em aquário".

Veja algumas coisas que fizemos nos últimos 6 meses: clique

Se você fizer seu registro no Twitter, vai facilitar muito nossa interação#E_R

Mensagens de blog

From the Human Brain to the Global Brain

~> @ http://hplusmagazine.com/2015/…/10/human-brain-global-brain

Figure 1. Computer-generated image of internet connections world-wide (Global Brain). The conceptual similarities with the human brain…

Continuar

Postado por Julio Carvalho em 28 fevereiro 2015 às 13:00

Avaliando narrativas de participação

Tradução livre do livro Toward Psychologies of Liberation de Mary Watkins e Helene Shulman, na p. 148, explorando narrativas de participação (no sentido de participar de um certo grupo ou mesmo nação):

Depois do governo indiano explodir uma bomba nuclear em 1998, perguntaram à escritora Arundhati Roy sobre uma certa aceitação geral na Índia da ideia de que assim estariam mais seguros, vejam a resposta:

"Se protestar contra a ter uma bomba nuclear…

Continuar

Postado por Ezequiel Nogueira Braga em 25 fevereiro 2015 às 12:30

Amadurecimento do uso das redes sociais no Brasil

A sociedade brasileira precisa amadurecer e se profissionalizar em relação ao uso das redes sociais. Atualmente usarmos apenas para diversão.

Postado por Fabricio Campos em 9 fevereiro 2015 às 17:06

Freud, Morin e a organização social

Publicado no Caderno PrOA de Zero Hora - Porto Alegre -RS, em 08/02/15

Freud e os moldes do poder

Textos sociais de Freud, defende professor, dizem respeito à sociedade de sua época, mas não explicam a realidade de hoje

A doutora em medicina e psicanalista Marion Minerbo, em entrevista concedida a este caderno PrOA em 25 de janeiro passado, apoiada especialmente nos escritos sociais de Sigmund Freud, apresenta uma explicação para a crise de confiança nos líderes políticos…

Continuar

Postado por nedio antonio seminotti em 9 fevereiro 2015 às 15:09

Construindo uma Rede

Inspirados pela Escola de Redes estamos construindo a Rede  A.G.U.I.A voltada para Sustentabilidade e Desenvolvimento de regiões . Para promover o desenvolvimento da REDE, fundamos a EVA - Escola Virtual do AGUIA que pode ser acessada em www.mobileville.org  e clique Universidade e depois EVA. É uma unidade ensino gratuita com a partilha aqui na Escola de Redes

A seguir respondemos em vídeo duas perguntas centrais:

 O que é o A.G.U.I.A…

Continuar

Postado por Roberto Flavio de Carvalho e Sil em 24 janeiro 2015 às 13:46

Modelos de agremiações políticas do ponto de vista da rede social e não-modelos

Busca-se nesse breve texto identificar padrões de organização em grupos políticos do ponto de vista da rede social, passando pelo modelo centralizado da agremiação jacobina na Revolução Francesa, pela forma descentralizada surgida com o telégrafo e pelo ambiente distribuído que foi potencializado com o advento da internet.

Um modelo político centralizador

“Os Jacobinos não são a Revolução, mas o olho da Revolução, o olho para vigiar, a voz para acusar, o braço para golpear” –…

Continuar

Postado por Rafa Almeida em 7 janeiro 2015 às 11:46

Dia 16/dez/2014, repassando, postei em http://www.renascebrasil.com/394606448 o artigo "Nunca dantes neste espoliado país." da Juiza Dra. Eliana Calmon - Ex-Presidente do Conselho Nacional de Justica…

Dia 16/dez/2014, repassando, postei em http://www.renascebrasil.com/394606448 o artigo "Nunca dantes neste espoliado país." da Juiza Dra. Eliana Calmon - Ex-Presidente do Conselho Nacional de Justica.

Convido todos a conhecerem seu pronunciamento na aba "Confie".

Em http://www.renascebrasil.com/394606452, autorizado pela amiga Viviane, o video da E=R "Cocriação no Museu da…

Continuar

Postado por Nilton Mendes de Lima em 17 dezembro 2014 às 8:16

Imperio - de José Antonio Moreyra



EL IMPERIO


Desde el año 2.728 antes de Cristo se sabe que existía un pueblo que vivía aislado gracias a inexpugnables montañas del Asia. Verdad era entonces todo lo que se decía. Lo que se prometía se cumplía y el hombre estaba al…
Continuar

Postado por Carlos Boyle em 23 novembro 2014 às 12:18 — 4 Comentários

Albert-Laszlo Barabasi fará curso de Introdução à Ciência de Redes no NetSci-x2015

O Congresso Internacional NetSci-x2015 será realizado no Rio de Janeiro, de 14 a 16 de janeiro de 2015. Além do curso de Introdução à Ciência de Redes com Albert-Laszlo Barabási, o evento terá diversos palestrantes convidados:

Albert-László Barabási Northeastern University / Harvard Univ.

Ernesto Estrada University of Strathclyde

Duncan J. Watts Microsoft Research

Guido Caldarelli IMT Lucca

Alessandro…

Continuar

Postado por Alexandre Evsukoff em 17 novembro 2014 às 19:46

NOSSAS HISTÓRIAS NAS REDES

ATENÇÃO: Para se conectar aqui é necessário ler até o fim o texto Sobre a constituição da Escola-de-Redes

AS 5 TAREFAS INICIAIS SUGERIDAS AOS MEMBROS DA ESCOLA-DE-REDES: CLIQUE AQUI

Alguns depoimentos de membros da Escola-de-Redes contando a história de como chegaram até aqui, ou seja, de como começaram a se interessar por redes sociais.

Célia Schlithler | HÁ DEZ ANOS TRABALHO COM REDES SOCIAIS DE DESENVOLVIMENTO COMUNITÁRIO (SCHLITHLER: 2008).
Augusto de Franco | MEU CAMINHO PARA AS REDES SOCIAIS: 10 ANOS DEPOIS... (FRANCO: 2008)
Jandira Feijó | E ASSIM EU CAÍ NA REDE (FEIJÓ: 2009)
Clara Alvarez | VOU CONTAR UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA... (ALVAREZ: 2009)
Cristiano Lafetá | MEU INTERESSE POR REDES... (LAFETÁ: 2009)
Wiliame Jansen | COMO CHEGUEI À ESCOLA DE REDES (JANSEN: 2009)
Silvio Belbute | UM RESUMO MESCLADO COM UM POUCO DE BIOGRAFIA (BELBUTE: 2009)
Maria Barreto | O QUE TENHO FEITO (BARRETO: 2009)
Cynthia Fior | MEU CAMINHO PELAS REDES (FIOR: 2009)
Lia Diskin | MINHA HISTÓRIA COM AS REDES (DISKIN: 2009)
Fernando Dolabela | MINHA RELAÇÃO COM REDES (DOLABELA: 2009)
Ailton Teixeira | MINHA HISTÓRIA (TEIXEIRA: 2009)
Luiz de Campos Jr | UM POUCO SOBRE MIM E COMO ME ENREDEI... (CAMPOS: 2009)
Cinthia Sento Sé | CAÍ NA REDE... (SÉ: 2009)
Nilton Lessa | PORQUE INGRESSEI NA ESCOLA DE REDES (LESSA: 2009)
João de Paula Monteiro | REDES EM MINHA VIDA (MONTEIRO: 2009)
Marcelo Estraviz | COMO EU VIM PARAR AQUI? (ESTRAVIZ: 2009)
Cintia Alves | MINHA HISTÓRIA COM REDES (ALVES: 2009)
Sergio Storch | ME APRESENTO (STORCH: 2009)
Elisabete Ferrarezi | COMO E POR QUE AQUI CHEGUEI (FERRAREZI: 2009)
Fernando Viana | MINHAS VIAGENS PELAS REDES (VIANA: 2009)
Dalberto Adulis | MINHA TRAJETÓRIA (ADULIS: 2009)
Mario Salimon | MINHA RELAÇÃO COM O TEMA DAS REDES (SALIMON: 2009)
Fabiano Morais | MINHA HISTÓRIA NA REDE (MORAIS: 2009)
Camila Santo | O QUE ME TROUXE ÀS REDES (SANTO: 2009)
João Paulo | EU - APRENDENDO SOBRE REDE (PAULO: 2009)

Confira aqui outros depoimentos (e não se esqueça de deixar o seu).

Esta seção está sendo permanentemente atualizada. Se você contou sua história mas ela ainda não foi publicada aqui, mande uma mensagem com o link.

ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS

Indicações de livros, artigos e vídeos que constituiram caminhos peculiares de leituras e referências importantes de pessoas e grupos criativos que participaram ou participam da investigação ou da experimentação sobre redes sociais:

David de Ugarte | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 1: UGARTE (2008)
Carlos Boyle | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 2: BOYLE (2009)
Carlos Lopes | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 3: LOPES (2009)
Clara Alvarez | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 4: ALVAREZ (2008)
Marcelo Estraviz | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 5: ESTRAVIZ (2009)
Augusto de Franco | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 6: FRANCO (2006-2009)
 
 
 

BIBLIOTECA E=R

TEXTOS PARA DOWNLOAD

Download? Uma borboleta "salvadora" (Dali) voando do repositório E=R diretamente para você (Aqui).

PARA ACESSAR TODOS OS LIVROS DA BIBLIOTECA CLIQUE AQUI

Clique nos títulos para fazer o download em PDF, PPT ou WORD:

 

CONNECTED Livro de Nicholas Christakis e James Fowler (2009)

 

 

PARA ACESSAR TODOS OS LIVROS DA BIBLIOTECA CLIQUE AQUI

© 2015   Criado por Augusto de Franco.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço