Escola de Redes

Uma rede de pessoas dedicadas à investigação sobre redes sociais e à criação e transferência de tecnologias de netweaving.

Membros

ÍNDICE DAS PÁGINAS ESPECIAIS

Leia a mensagem enviada em 10/03/2011:

 
Se você entrou na Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - o texto Sobre a constituição da Escola-de-Redes.


1 => Arquivo das novidades (registro dos destaques na homepage da E=R a partir de 26/04/09)

2=> As 5 "tarefas" iniciais sugeridas aos membros da Escola-de-Redes

3=> Visões sobre o Simpósio 2009 na Escola-de-Redes | Vídeos do Simpósio | Fotos do Simpósio: aqui e aqui

4=> 1 ano do lançamento da Escola-de-Redes

5 => Impressões sobre a CIRS (2010) - Conferência Internacional sobre Redes Sociais

6 => Visões do Simpósio 2010 na Escola-de-Redes

7 => Escola-de-Redes 5000 Reloaded

 

8 => Impressões sobre a CIRS2 (2011) | Videos da CIRS2

 

9 => Notícias do Terceiro Simpósio 2011 na E=R

A ESCOLA-DE-REDES


A rede não é um instrumento para fazer a mudança. Ela já é a mudança!


ATENÇÃO | Antes de postar qualquer mensagem aqui leia até o fim o texto Sobre a Constituição da Escola-de-Redes.


AS 5 ATIVIDADES DAS PESSOAS CONECTADAS À ESCOLA-DE-REDES

Quando se lê abaixo Conectamos, Facilitamos, Organizamos, Promovemos, Estimulamos, deve-se entender que a E=R não faz nada disso: são as pessoas conectadas à E=R que fazem (ou não fazem) algumas dessas coisas (ou várias delas):

a) Conectamos pessoas interessadas em conhecer mais sobre redes sociais (seja pelo estudo, pela investigação teórica, pela experimentação ou, inclusive, pela vivência-em-rede) e em compartilhar tal conhecimento com outras pessoas interessadas em conhecer mais sobre redes sociais;

b) Facilitamos a livre interação horizontal entre as pessoas e estimulamos a criação de nodos (clusters territoriais ou temáticos) voltados aos objetivos da escola, os quais – em virtude do compartilhamento de agendas – podem vir a se tornar verdadeiras comunidades de aprendizagem (de vez que a rede geral composta por todos os seus conectados não conseguirá ter a densidade de interações suficiente para gerar comunidade);

c) Organizamos uma biblioteca on line que contém textos e vídeos de estudiosos das redes, itinerários pessoais ou coletivos de leitura e histórias de vida com depoimentos de nossas relações pessoais com as redes;

d) Promovemos cursos (inclusive on line) e atividades presenciais como encontros, simpósios e conferências sobre redes sociais e temas diretamente relacionados; e, por último,

e) Estimulamos a conexão de uma pequena multidão de pessoas de sorte a criar uma efervescência capaz de ensejar a eclosão de certos fenômenos próprios de redes altamente distribuídas (um desses fenômenos, por certo, é o clustering, mas há outros, como o swarming, o crunching, a autoregulação emergente e, quem sabe, a capacidade de multiplicação em cadeia de hubs, inovadores e netweavers) e, ainda, a criação de uma base potencial de crowdsourcing que consiga intensificar a criação de novas tecnologias de netweaving.

REGRAS DA ESCOLA-DE-REDES

Se você entrou na Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - os textos da página Sobre a constituição da Escola-de-Redes.


Regras da Escola-de-Redes são orientações baseadas em acordos de convivência considerados automaticamente aceitos por quem se conecta aqui. Quem não aceitar não deve se conectar. Quem violar as regras será suspenso do site (mas não da rede, posto que isso é impossível já que a Escola-de-Redes não tem nenhum mecanismo de representação, coordenação ou direção).


REGRAS

1 - Concordar com o propósito da escola (seu objetivo e escopo).

2 - Conectar pessoas ou redes de pessoas (nunca instituições hierárquicas) de modo distribuído – o que compreende estrutura (forma de organização distribuída) e dinâmica (modo de regulação pluriárquico). O modo de regulação pluriárquico, compatível com a topologia distribuída, não adota procedimentos e mecanismos que produzam artificialmente escassez, como a votação, o sorteio, o rodízio ou a construção administrada de consenso.

Para saber se você concorda com os objetivos e o escopo da Escola-de-Redes é necessário ler o texto Sobre a Constituição da Escola-de-Redes.

ACORDOS SUGERIDOS PELO "BOM-SENSO EM REDE"

A - Não fugir do assunto (publicando textos, fotos, vídeos ou eventos que não tenham a ver com o tema da escola).

B - Não fazer propaganda política, de produtos comerciais ou de instituições.

C - Não ficar abrindo indiscriminadamente fóruns (preferindo sempre usar o blog).

D - Não panfletar a rede (replicando a mesma mensagem para várias pessoas).

E - Não se comportar como troll e nem responder suas provocações:

Don't feed the trolls.

F - Não "pescar em aquário"


PRINCÍPIOS UNIVERSAIS DE UM ESPAÇO DE ARTICULAÇÃO NÃO-AUTOCRÁTICO

I - Valorizar a liberdade de opinião e respeitar a divergência de pontos de vista.

II - Travar o debate com urbanidade e gentileza. Não devem ser admitidos ataques pessoais e mensagens grosseiras e ofensivas.

III - Não usar os instrumentos de conexão e interação da escola (como este site no Ning) para difundir idéias que firam os direitos humanos ou que promovam exclusão, deslegitimação, intolerância, preconceito ou discriminação.

Topologias de rede

1 | Diagramas de Baran (redesenhados à maneira dos ilustradores botânicos)


2 | Rede centralizada


3 | Rede descentralizada


4 | Rede distribuída (rede propriamente dita)


5 | Mundo de 2 elementos: rede = hierarquia


6 | Mundo de 3 elementos: hierarquia (caminhos únicos) diferente de rede (múltiplos caminhos)


7 | Mundo de 5 elementos (idem)


8 | Mundo de 4 elementos: rede totalmente centralizada (0% de distribuição)


9 | Mundo de 4 elementos: rede com 25% de distribuição


10 | Mundo de 4 elementos: rede com 33% de distribuição


11 | Mundo de 4 elementos: rede com 67% de distribuição


12 | Mundo de 4 elementos: rede com 69% de distribuição


13 | Mundo de 4 elementos: rede com 100% de distribuição


Colocando os "óculos de ver redes"

1 | Imagem de rede (como espalhamento de partículas): os grafos são meras representações estáticas


2 | Redes: fluxos luminosos e intermitentes


3 | Como nuvens de insetos


4 | Swarming: cupins enxameando


5 | Redes neurais


6 | Uma cidade como rede


7 | Matrix: um programa de controle rodando


8 | Um zigurate: escadas, muros, andares, compartimentos estanques...


9 | A Agora ateniense (espaço horizontal de conversação) e a "Torre de Babel" (estrutura vertical para impedir a conversação)



Badge

Carregando...
 

PARA ENTRAR NA ESCOLA-DE-REDES

11.584 PESSOAS CONECTADAS

Atenção: o site da rede não é a rede!


Para se conectar aqui é necessário ler até o fim a página Sobre a constituição da Escola-de-Redes. Se você não estiver disposto(a) a ler todos os textos da página linkada até o fim, não se registre nesta plataforma. Leia também o texto (de 07/11/2011) Uma nova proposta para a Escola-de-Redes.

NÃO SE REGISTRE USANDO E-MAIL QUE VOCÊ NÃO USA REGULARMENTE

Identidade visual da E=R. Para acessar clique aqui.

Para ver uma versão pessoal do que foi o quarto simpósio clique aqui

 

Link para chamadas Ning

 

PLATAFORMAS CONECTADAS

A partir do LABE=R (Laboratório da Escola-de-Redes) um conjunto de pessoas conectadas à E=R está empreendendo em rede na plataforma  http://www.redes.org.br

Outra plataforma conectada é a Plataforma de Livre Aprendizagem, onde podemos encontrar vários programas, alguns gratuitos.

UMA BOA INTRODUÇÃO À NOVA CIÊNCIA DAS REDES

Quem clicar em todos os links, ler e entender, terá feito uma boa introdução (nível básico) à nova ciência das redes: 

http://barabasi.com/networksciencebook/

Últimas atividades

Marcelo Ferreira é agora um membro de Escola de Redes
1 hora atrás
Adriana Vazzoler Mendonça compartilhou a discussão de Augusto de Franco em Facebook
4 horas atrás
Augusto de Franco postou uma discussão

QUINTO SIMPÓSIO DA ESCOLA-DE-REDES

O Quinto Simpósio da Escola-de-Redes em Campos do Jordão será nos dias 18,…Ver mais...
4 horas atrás
Erika iagallo entrou no grupo de Augusto de Franco
Miniatura

CO-CRIAÇÃO

Grupo para discutir o draft de Augusto de Franco (29/01/2012): CO-CRIAÇÃO: REINVENTANDO O CONCEITOVer mais...
ontem
Ícone do perfilMarcos Vieira, SILVIA JANAINA DE OLIVERA PIMENT, GILCEMAR BARBOSA DOS SANTOS e mais 4 pessoas entraram em Escola de Redes
ontem
Augusto de Franco compartilhou a página deles em Facebook
quinta-feira
Ícone do perfilDIEGO FARIA FERNNDES, Vivian e Angela Maria de Oliveira Lignan entraram em Escola de Redes
quarta-feira
Elizabeth de Lima Venâncio postou um status
"Just signed up to this #freeonlinecourse"
quarta-feira
Augusto de Franco respondeu à discussão AJUDA PARA A MIGRAÇÃO DE UM AMIGO de Augusto de Franco
"Até agora (03/02) já atingimos 68% da meta. Faltam apenas 32 números, pessoal."
quarta-feira
Gilberto Fugimoto respondeu à discussão AJUDA PARA A MIGRAÇÃO DE UM AMIGO de Augusto de Franco
"Ok Augusto, Por uma boa causa, vale a pena a contribuição! Feito! abraços"
quarta-feira
Augusto de Franco respondeu à discussão AJUDA PARA A MIGRAÇÃO DE UM AMIGO de Augusto de Franco
"Agora já temos 68% da meta alcançada. Falta pouco, pessoal!"
quarta-feira
Ícone do perfilNivaldo José Dalvi, Martim Garcia, Juliana Simões Souto Mayor e mais 3 pessoas entraram em Escola de Redes
terça-feira
Augusto de Franco comentou o grupo LABE=R de Augusto de Franco
"QUINTO SIMPÓSIO DA ESCOLA-DE-REDES Campos do Jordão, 18 a 20 de março de 2016 https://www.facebook.com/events/573952766092311/"
1 Fev
Augusto de Franco respondeu à discussão AJUDA PARA A MIGRAÇÃO DE UM AMIGO de Augusto de Franco
"Agora já temos 41 no site e 4 por depósito! 45 então! Hoje chegamos na metade."
1 Fev
Ícone do perfilMárcia Dantas e Monique Batista de Oliveira entraram em Escola de Redes
31 Jan
Solange das Graças Seno comentou a postagem no blog A MIGRAÇÃO PARA A AMIZADE de Augusto de Franco
"Olá Augusto!! Muito bom seu texto. Tive que pesquisar sobre a palavra clusterização, que para mim é um termo novo. Amei seu significado e fiquei pensando na maravilha desse processo de clusterização…"
31 Jan
Augusto de Franco respondeu à discussão AJUDA PARA A MIGRAÇÃO DE UM AMIGO de Augusto de Franco
"Em menos de 2 dias já vendemos 1/4 dos números, pessoal! Faltam 13 dias. Quem puder ajudar compre e/ou divulgue para seus amigos."
31 Jan
Rosa Morceli entrou no grupo de Augusto de Franco
Miniatura

BIBLIOTECA JACOB MORENO

Grupo para reunir, comentar e estudar a obra de Jacob Levy Moreno, sobretudo a parte diretamente relacionada às redes sociais
31 Jan
Luiz de Campos Jr respondeu à discussão AJUDA PARA A MIGRAÇÃO DE UM AMIGO de Augusto de Franco
"Também já contribui com alguns números, quero o Maceo em Campos! :))"
30 Jan
Erik ramalho von behr postou um status
"olá, testando, 1 2"
30 Jan

NOVIDADES DE HOJE

ATENÇÃO: Para se conectar aqui é necessário ler até o fim a página Sobre a constituição da Escola-de-Redes. Se você não estiver disposto(a) a ler os textos da página linkada, não se registre nesta plataforma.

BIBLIOTECAS AUTORAIS E TEMÁTICAS DA BIBLI.E=R

Atenção: os links só estão funcionando nas bibliotecas que foram reorganizadas

 

BIBLIOTECA ALBERT BARABÁSI Reorganizada

 

BIBLIOTECA ALEXIS DE TOCQUEVILLE Reorganizada

 

BIBLIOTECA ARS

 

BIBLIOTECA AUGUSTO DE FRANCO Reorganizada

 

BIBLIOTECA BÁSICA DA DEMOCRACIA => Substituída por BIBLIOTECA DA DEMOCRACIA

 

BIBLIOTECA CLAY SHIRKY Reorganizada

 

BIBLIOTECA DANIEL QUINN Reorganizada

 

BIBLIOTECA DAVID DE UGARTE Reorganizada

 

BIBLIOTECA DO CONECTIVISMO Reorganizada

 

BIBLIOTECA DUNCAN WATTS Reorganizada

 

BIBLIOTECA EDGAR MORIN Reorganizada

 

BIBLIOTECA FRITJOF CAPRA Reorganizada

 

BIBLIOTECA HAKIM BEY Reorganizada

 

BIBLIOTECA HANNAH ARENDT Parcialmente reorganizada

 

BIBLIOTECA HUMBERTO MATURANA Reorganizada

 

BIBLIOTECA IVAN ILLICH Reorganizada

 

BIBLIOTECA JACOB MORENO

 

BIBLIOTECA JANE JACOBS

 

BIBLIOTECA JOHN DEWEY Reorganizada

 

BIBLIOTECA JURE LESKOVEC Reorganizada

 

BIBLIOTECA LYNN MARGULIS

 

BIBLIOTECA MANUEL CASTELLS Reorganizada

 

BIBLIOTECA MANUEL DELANDA Reorganizada

 

BIBLIOTECA PIERRE LEVY Reorganizada

 

BIBLIOTECA RALPH ABRAHAM Reorganizada

 

BIBLIOTECA STEVEN STROGATZ Reorganizada

 

BIBLIOTECA TRANSIÇÃO ORGANIZACIONAL

 

BIBLIOTECA VEGA-REDONDO Reorganizada

 

BIBLIOTECA WILLIAM IRWIN THOMPSON Reorganizada

 

AS 5 TAREFAS INICIAIS SUGERIDAS AOS MEMBROS DA ESCOLA-DE-REDES: CLIQUE AQUI

AVISO IMPORTANTE O Ning Team recomendou que ativássemos, pelo menos temporariamente, a aprovação prévia de associados como meio de evitar os ataques freqüentes de programas maliciosos. Quando o problema estiver resolvido, voltaremos a abrir a rede, removendo esse filtro.

 

O QUE HÁ POR AQUI?

Para saber se você está no lugar certo e se concorda com as regras da Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - os textos da página Sobre a constituição da Escola-de-Redes.

PARA CANCELAR SEU REGISTRO: 1) Clique em Configurações (no menu que está no topo superior direito desta página) + 2) Role a página até o final + 3) Clique em Sair de Escola de Redes.




BEM-VINDO(A) À ESCOLA-DE-REDES

Atingimos na manhã de 23 de fevereiro de 2009 a marca de 1 mil conectados. E na noite de 19 de julho de 2009, a marca de 2 mil conectados. E na tarde de 04 de janeiro de 2010, a marca de 3 mil conectados. E na manhã de 04 de março de 2010, a marca de 4 mil conectados. E ao meio dia de 22 de julho de 2010 a marca de 5 mil conectados. E na manhã de 10 de março de 2011 a E=R atingiu 6 mil pessoas conectadas. E ao meio dia de 28 de setembro de 2011, 7 mil pessoas conectadas. E às 15h00 de 28 de agosto de 2012 a E=R alcançou 8 mil pessoas conectadas. E às 07h00 de 15 de julho de 2013 a E=R completou 9 mil pessoas conectadas. E completou 10 mil pessoas conectadas às 20h00 de 08 de abril de 2014. E na madrugada de 19 de maio de 2015, chegou à 11 mil pessoas conectadas.

CONECTE-SE VOCÊ TAMBÉM, MAS VEJA BEM ONDE ESTÁ ENTRANDO:

Para saber se você está no lugar certo e se concorda com as regras da Escola-de-Redes, por favor, leia até o fim - antes de fazer qualquer coisa aqui - os textos da página Sobre a constituição da Escola-de-Redes.

A Escola-de-Redes é uma rede distribuída de investigação e experimentação sobre redes sociais. Por favor, não publique aqui propaganda política ou de produtos comerciais, mensagens de auto-ajuda e outros textos, vídeos, fotos e eventos que não tenham relação com os objetivos da escola.

É recomendável colocar uma foto. Não deixe de ler As 5 tarefas iniciais sugeridas aos membros da Escola-de-Redes.

Por favor, nunca abra aqui fóruns de discussão ou grupos que não tenham a ver com os objetivos da Escola-de-Redes. Leia com atenção as orientações para abertura de fóruns e grupos.


Por favor, evite usar este site para fazer propaganda de suas instituições ou projetos e tente resistir à tentação de usar a Escola-de-Redes para "pescar em aquário".

Veja algumas coisas que fizemos nos últimos 6 meses: clique

Se você fizer seu registro no Twitter, vai facilitar muito nossa interação#E_R

Mensagens de blog

Ensinar é um exercício de imortalidade

Ao pensar nos diferentes mestres que passam em nossas vidas, sejam aqueles da educação formal ou aqueles seres especiais que na informalidade, ensinam lições que nunca serão esquecidas, vemos como é importante nos disciplinarmos para que possamos devolver ao universo aquilo que recebemos.
 …
Continuar

Postado por Solange das Graças Seno em 31 janeiro 2016 às 9:16

pagina

Postado por Osiel nascimento teixeira em 23 janeiro 2016 às 14:31

frpromotora

Postado por Osiel nascimento teixeira em 13 janeiro 2016 às 19:00

A BURRICE É CONTAGIOSA O TALENTO NÃO!

  • A BURRICE É CONTAGIOSA O TALENTO NÃO!
  • A pior “burrice” é a ausência de conhecimento!
  • A melhor recomendação é ser humilde continuamente e estar aberto a novos conceitos...
  • Não há mal nenhum em admitir que você errou, mas não faça disto um hábito.
  • Poucas coisas perturbam mais os que estão acima e abaixo de você quanto à inconsistência.
  • A maioria das crises do dia-a-dia pede por julgamentos sólidos em vez de criatividade e…
Continuar

Postado por Moacir Zanini em 5 janeiro 2016 às 8:30

Para quem ainda não conhece

Wikinomics – Como a Colaboração em Massa Pode Mudar o Seu Negócio, de Don Tapscott e Anthony D. Williams,  é, sem dúvida alguma, um marco na história de transformação e inovação  do mundo dos negócios. Aproveitando-se da crescente disseminação de ferramentas que facilitam o acesso à tecnologia da informação, as empresas, através do processo de colaboração em massa, conseguem obter soluções inovadoras e mais rápidas, agregam valor ao seu produto ou serviço e reduzem custos,…
Continuar

Postado por João Timponi de Moura em 29 novembro 2015 às 7:45

Estética enquanto caminho para a rede

Texto de Glen Slater da Pacifica Graduate Institute - California - EUA. O texto trata de ideias de psicologia arquetípica usando a metáfora dos deuses (virtudes que se encontram nos detalhes, por isso dependente de uma visão estética) e os titãs (coletivos, grandiosos, que só crescem). Vale a pena fazer uma transposição entre o que é desenvolvimento em rede e o desenvolvimento estatal, por exemplo.

Vejam o link:…

Continuar

Postado por Ezequiel Nogueira Braga em 5 outubro 2015 às 9:34

Perguntas

Olá,
Tenho algumas perguntas sobre redes, se alguém puder me auxiliar eu agradeço.

Se você fosse contratado para ser o gerente de uma rede, o que faria? Qual seria seu plano básico? Quais seriam suas tarefas rotineiras? Em outras palavras, o que define o desenvolvimento, equilíbrio e eficácia de uma rede?

Meu e-mail é jeane.cead@gmail.com

Agradeço desde já.

Jeane.

Postado por Jeane Aparecida Menegueli em 23 setembro 2015 às 9:09 — 1 Comentário

Juliano Dornelles .'. Vídeos .'.

Postado por Juliano Paz Dornelles em 21 setembro 2015 às 20:19

Scrum, metodologia que pode ser colaborativa para gestão de projetos

Este video trata do scrum e explica como funciona esta metodologia. Tem aplicação mais frequente em projetos de TI, porém você pode usar a base do método e outras ferramentas associadas para tratar outros projetos. Visite o canal do autor e conheça mais.…

Continuar

Postado por Hainner Azevedo em 8 setembro 2015 às 15:02

NOSSAS HISTÓRIAS NAS REDES

ATENÇÃO: Para se conectar aqui é necessário ler até o fim o texto Sobre a constituição da Escola-de-Redes

AS 5 TAREFAS INICIAIS SUGERIDAS AOS MEMBROS DA ESCOLA-DE-REDES: CLIQUE AQUI

Alguns depoimentos de membros da Escola-de-Redes contando a história de como chegaram até aqui, ou seja, de como começaram a se interessar por redes sociais.

Célia Schlithler | HÁ DEZ ANOS TRABALHO COM REDES SOCIAIS DE DESENVOLVIMENTO COMUNITÁRIO (SCHLITHLER: 2008).
Augusto de Franco | MEU CAMINHO PARA AS REDES SOCIAIS: 10 ANOS DEPOIS... (FRANCO: 2008)
Jandira Feijó | E ASSIM EU CAÍ NA REDE (FEIJÓ: 2009)
Clara Alvarez | VOU CONTAR UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA... (ALVAREZ: 2009)
Cristiano Lafetá | MEU INTERESSE POR REDES... (LAFETÁ: 2009)
Wiliame Jansen | COMO CHEGUEI À ESCOLA DE REDES (JANSEN: 2009)
Silvio Belbute | UM RESUMO MESCLADO COM UM POUCO DE BIOGRAFIA (BELBUTE: 2009)
Maria Barreto | O QUE TENHO FEITO (BARRETO: 2009)
Cynthia Fior | MEU CAMINHO PELAS REDES (FIOR: 2009)
Lia Diskin | MINHA HISTÓRIA COM AS REDES (DISKIN: 2009)
Fernando Dolabela | MINHA RELAÇÃO COM REDES (DOLABELA: 2009)
Ailton Teixeira | MINHA HISTÓRIA (TEIXEIRA: 2009)
Luiz de Campos Jr | UM POUCO SOBRE MIM E COMO ME ENREDEI... (CAMPOS: 2009)
Cinthia Sento Sé | CAÍ NA REDE... (SÉ: 2009)
Nilton Lessa | PORQUE INGRESSEI NA ESCOLA DE REDES (LESSA: 2009)
João de Paula Monteiro | REDES EM MINHA VIDA (MONTEIRO: 2009)
Marcelo Estraviz | COMO EU VIM PARAR AQUI? (ESTRAVIZ: 2009)
Cintia Alves | MINHA HISTÓRIA COM REDES (ALVES: 2009)
Sergio Storch | ME APRESENTO (STORCH: 2009)
Elisabete Ferrarezi | COMO E POR QUE AQUI CHEGUEI (FERRAREZI: 2009)
Fernando Viana | MINHAS VIAGENS PELAS REDES (VIANA: 2009)
Dalberto Adulis | MINHA TRAJETÓRIA (ADULIS: 2009)
Mario Salimon | MINHA RELAÇÃO COM O TEMA DAS REDES (SALIMON: 2009)
Fabiano Morais | MINHA HISTÓRIA NA REDE (MORAIS: 2009)
Camila Santo | O QUE ME TROUXE ÀS REDES (SANTO: 2009)
João Paulo | EU - APRENDENDO SOBRE REDE (PAULO: 2009)

Confira aqui outros depoimentos (e não se esqueça de deixar o seu).

Esta seção está sendo permanentemente atualizada. Se você contou sua história mas ela ainda não foi publicada aqui, mande uma mensagem com o link.

ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS

Indicações de livros, artigos e vídeos que constituiram caminhos peculiares de leituras e referências importantes de pessoas e grupos criativos que participaram ou participam da investigação ou da experimentação sobre redes sociais:

David de Ugarte | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 1: UGARTE (2008)
Carlos Boyle | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 2: BOYLE (2009)
Carlos Lopes | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 3: LOPES (2009)
Clara Alvarez | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 4: ALVAREZ (2008)
Marcelo Estraviz | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 5: ESTRAVIZ (2009)
Augusto de Franco | ITINERÁRIOS DE LEITURAS FUNDAMENTAIS 6: FRANCO (2006-2009)
 
 
 

BIBLIOTECA E=R

TEXTOS PARA DOWNLOAD

Download? Uma borboleta "salvadora" (Dali) voando do repositório E=R diretamente para você (Aqui).

PARA ACESSAR TODOS OS LIVROS DA BIBLIOTECA CLIQUE AQUI

Clique nos títulos para fazer o download em PDF, PPT ou WORD:

 

CONNECTED Livro de Nicholas Christakis e James Fowler (2009)

 

 

PARA ACESSAR TODOS OS LIVROS DA BIBLIOTECA CLIQUE AQUI

© 2016   Criado por Augusto de Franco.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço